Por Em , Em 26 dezembro, 2016

5 dicas para seu negócio dar certo em um home office

“Descubra 05 dicas infalíveis para ter mais sucesso com seu negócio em home office.”

dicas-para-trabalhar-em-home-office-topo-real

Quando alguém falava em ser empresário, há 20 anos, você pensava em uma pessoa investindo milhões de dólares, montando uma fábrica, assumindo riscos altos e contratando 100 colaboradores de partida. Hoje a situação é bem distinta e tem muito empreendedor tirando as ideias do papel de maneira mais simples, rápida e ‘barata’. Outro ponto interessante de compreender é que esses profissionais muitas vezes tocam negócios altamente rentáveis sem sequer sair de casa e sem ter 100 funcionários.

Segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2015, 4 em cada 10 brasileiros estão envolvidos na criação de uma nova empresa. E muitos desses negócios respeitam a estrutura de um home office, ou seja, um trabalho que é feito dentro de casa (num escritório dentro de casa, na concepção da palavra).

E isso muda tudo, claro. Os negócios digitais trouxeram uma nova percepção sobre empreendedorismo no país e tem muita gente se dedicando completamente a essa ‘rotina’.

Alguns dos principais canais globais do YouTube, em volume de faturamento, são feitos por pessoas que nem sequer saem do quarto para produzir os conteúdos (dá uma olhadinha na lista do Social Blade).

Aí você pensa? Tudo bom, tudo bem. Mas e eu com isso? OK, seu papel nessa história começa aqui. Cair na conversa de que trabalhar em casa é sempre fácil e prazeroso pode ser uma grande cilada. Existem desafios como qualquer outro ambiente de trabalho e você precisa estar preparado para isso.

A ideia deste post é separar alguns cuidados que você deve tomar na hora de tocar seu negócio no aconchego do lar. Vale para qualquer tipo de empreendimento e não apenas para aqueles focados em produção de vídeo.

Espero que seja útil.

1 – Tenha um espaço reservado para trabalhar em home office

Então, vamos começar do começo. Nada de fazer um bico no quarto, outro job na sala, um planejamento no banheiro. Se você for altamente produtivo e relaxado pode até dar certo, mas para a maioria das pessoas isso é um dos maiores perigos da jornada. Separe um ambiente na casa que sirva de escritório e seja sagrado para o ato de trabalhar.

Não precisa ser um ambiente absurdamente preparado, mas tem que passar a sensação de estação de trabalho.

Dá uma olhadinha neste post do Assuntos Criativo com 70 ideias para inspirar seu home office. Às vezes algum insight bom sai daí.

2 – Estabeleça limites ou aprenda a viver com o caos

Não é tão simples ficar focadão com as inúmeras distrações, limpando pratos na cozinha, trabalhando, dando uma ajeitada no banheiro, assistindo os gols da rodada do Brasileirão e voltando para terminar a entrega para o cliente às 17h. Isso tende a dar errado, avisamos logo de cara (a não ser que você seja aqueles malucos ou malucas que gostam disso. Aí é super legal e você pode parar de ler este post).

Vamos supor que você seja um produtor de conteúdo, que realize 5 novos materiais por semana, com etapas de roteirização, produção, gravação, edição e finalização. Além disso, todo dia você busca sua filha na escola, no mesmo horário. Já pensou se deixasse tudo isso ao acaso, sem separar horários e etapas perfeitas? Provavelmente as coisas iriam por água abaixo.

Por isso, tenha um pequeno ‘schedule’ diário e semanal para realização de tarefas, além de metas bem estabelecidas. E o mais importante de tudo isso é compartilhar os horários com sua família. Assim a rotina fica organizada e você consegue entregar resultados reais e cumprir os objetivos programas.

Algumas ferramentas básicas podem ser úteis nesta jornada. Ou os bons e velhos post its, claro.  

Google Calendar

Trello

Todoist

Olha só este post sobre 15 metodologias de gestão do tempo.

3 –  Aprenda a se levar a sério. “Aqui é trabalho, meu filho!”

Você pode ou não conhecer o Muricy Ramalho e seus inúmeros títulos brasileiros, mas a expressão “Aqui é trabalho, meu filho” com certeza já passou pelo seu radar.

Pois bem, sem este mindset, dificilmente seus negócios vão prosperar num home office. Você e as pessoas ao seu redor precisam respeitar seu ofício e sua opção por trabalhar em casa. Sem isso, nada sairá do lugar, de verdade.

Portanto, deixe claro para amigos, família e conhecidos que sua rotina é estabelecida, que seu ambiente de trabalho é sagrado e que é daí que você tira seu sustento.

4- Pense nos horários e no balanço da vida

A gente já começou a falar sobre rotina no meio do post. Mas aqui mora outro segredo. Não se esqueça de balancear sua rotina com pausas periódicas e pequenos exercícios físicos (ou mentais). Trabalhar sozinho durante muito tempo e sem interrupções pode subir seu nível de estresse e fadiga ao longo do dia.

Por isso, coloque limites de horários da jornada e até pequenos dias de folga ao longo de um mês.

Exemplo: tirar toda quinta-feira à tarde para passear no parque, parar de trabalhar às 18h30, fazer pausas de almoço todos os dias e por aí vai.

Dê uma olhada também nessas dicas de exercícios para fazer sentado em sua mesa e nesse artigo sobre meditação no trabalho.

5- Utilize os ambientes próximos para fazer networking

Por fim e não menos importante, fica a pergunta: como fazer rede de contato se estou trabalhando em casa? OK, ok, bom questionamento. Mas existem maneiras perfeitas de fazer isso acontecer.

  • Frequente eventos periódicos na sua área de interesse, seja na sua cidade ou em outras, caso haja orçamento para isso
  • Trabalhe pelo menos uma vez por mês de um coworking. As ofertas de espaços e estações de trabalho crescem a cada dia e é fácil encontrar um que se encontre com você.
  • Ofereça seu ambiente de casa para amigos trabalharem, alguns dias no trimestre. Isso movimenta seu dia e pode ser útil para sair da sensação de estar ‘preso’.
  • Participe constantemente de fóruns, webinars e debates virtuais.

Qualquer coisa, conta aí pra gente qual sua técnica infalível para tirar o máximo proveito do seu Home Office.

Um abraço e até a próxima.

fernando

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.