Por Em , , , Em 20 maio, 2015

[Infográfico] Como distribuir o seu vídeo em multi-devices

multidevisse banner2

Olá, tudo joia?

Vídeos estão sendo vistos de todos os lugares. Certifique que o seu conteúdo também.

Ano passado divulgamos uma pesquisa sobre consumo de vídeo em relação a TV e como a publicidade online ultrapassou a TV graças ao mobile e vídeos online e, esse ano, estamos confirmando a tendência desse mercado.

A industria de TV’s está no meio de uma transformação digital. Hoje, as pessoas estão abraçando a ideia de consumir vídeos quando, onde e da plataforma que elas quiserem.

O número de espectadores assistindo vídeos e transmissões ao vivo pela internet está crescendo rápido, e já dobrou em relação ao ano passado (infográfico abaixo). Uma das explicações para isso são os multi-devices que fornecem diversas opções para consumo de conteúdo tanto online como offline. Consoles de vídeo game, desktops, notebooks, tablets e smarthphones são algumas das possibilidades.

A frequência que pessoas têm assistido conteúdo online também aumentou e a indústria tem percebido esse movimento. A prova disso foram os eventos recentes como a Copa do Mundo e as Olimpíadas de Inverno, que trouxeram toda a sua transmissão ao vivo tanto para TV quando para o mundo digital.

O online vem mudando a forma como nós consumimos conteúdo. É possível ver da sala da sua casa indo para o escritório com um celular. É importante ter uma estratégia para melhorar a experiência dos espectadores com cross devices e estar sempre atento em como atingi-los da melhor forma, cruzando cada meio de consumo.

Antes de irmos para a forma de como entregar um vídeo online em vários meios, vamos ver a sua importância?

Como o vídeo multidevices cresceu

O aumento de consumo de conteúdos por diferentes meios é tão impactante que o chamado “Ano do Mobile”  é visto em 2015. A prova disto é que neste ano, as buscas no Google ultrapassaram pela primeira vez na história as buscas por meio do desktop. Por isso, em Abril o gigante das buscas atualizou seu algoritmo para priorizar sites otimizados para dispositivos móveis.

Para ilustrar o crescimento nós preparamos um infográfico – com dados fornecidos pela Adobe em 2014 – que comprovam o quanto as pessoas estão conectadas:

Cross devices: o seu vídeo multiplataformas [Infográfico]

Você mesmo já pode perceber como os vídeos e dispositivos móveis são parte da nossa rotina, inclusive ao mesmo tempo. Muitas empresas já estão observando essa tendência e incorporando vídeos em seus estratégias. Mas como entregar e transformar vídeos para celulares, computadores, notebooks e tablets?

Como distribuir vídeos em multi-devices

Bem, para distribuir um vídeo em vários devices não é necessário um esforço muito grande. Na verdade, você não precisa fazer muita coisa para transformá-lo para vários formatos.

As plataformas onlines para hospedagem de vídeos realizam essa transformação automaticamente através do processo de encoding ou transcoding. Basicamente, ele permite que as mídias sejam convertidas em formatos próprios para tocar na web.

Quando o vídeo é gravado, ele sai da câmera em um formato bruto, incompatível com todos os dispositivos ou plataformas que precisam recebê-lo. Num cenário como o atual como mostrado acima, em que dezenas de aparelhos estão conectados à internet, um vídeo tem que ser transformado para dezenas de formatos e isso pode ser algo demorado e complexo.

Dessa forma o vídeo pode ser assistido independente de devices, de onde está sendo requisitado ou quantas pessoas estão acessando simultaneamente. Um exemplo perfeito para isso é CASE do SBT, em que eles possuem um aplicativo para mobile que integra tanto tecnologias de Live Streamign e Web TV.

Isso acontece devido as múltiplas tecnologias por trás da plataforma e do seu fluxo ou logística digital. Na plataforma da Samba, o Samba Vídeos, o fluxo de distribuição acontece diferente e na seguinte ordem:

WhitepaperManualSambaVideos

Você pode curtir – Proteção e segurança digital: como evitar que você perca dinheiro.

A parte onde a transformação do vídeo acontece é logo na 2ª etapa. Assim que você realiza o upload do vídeo em sua plataforma de vídeos, ele já é transformado e preparado para diversos aparelhos. Fácil, né?

Se você quiser saber mais sobre o processo de logística digital e tudo o que acontece por trás do “play”, você pode baixar o Manual do Samba Vídeos que explica tudo o que acontece numa plataforma profissional.

Até a próxima.

cta samba videos-01

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.