Episódios de TV perdidos pelos usuários aumentam o consumo de vídeos online

Por Em , , Em novembro 1, 2012

Olá amigos,

Nos últimos anos percebemos claramente uma forte tendência de migração na audiência da televisão para outras mídias, em especial a internet.

A web certamente é uma das formas de entretenimento que mais cresceu na última década e tem atraído um grande número de seguidores. Muitas pessoas têm cancelado suas assinaturas de TV e aceitado de braços abertos estes novos tipos de mídia. Porém, o que parecia ser uma conclusão óbvia, se mostrou um pouco mais complexo. Segundo um novo estudo da TV Guide, este perfil de espectadores são minoria entre os consumidores de vídeos online.

O relatório sugere que o crescimento em vídeos online é impulsionado em grande parte por pessoas que perderam episódios na TV e buscam estes conteúdos disponíveis na web. Ou seja, ao contrário do que alguns consideram como a “morte lenta” dos programas de televisão incentivada pelos novos hábitos de consumo, o estudo mostra que o envolvimento dos consumidores com a programação de TV continua forte – mesmo que, cada vez mais, eles sejam assistidos de forma online e em dispositivos móveis.

Um bom exemplo para ajudar a esclarecer o caso citado acima pode ser observado com o sucesso da novela Avenida Brasil. Imagine que você, fã da Carminha, Nina e cia limitada, tenha perdido o capítulo final da novela. Certamente você iria buscar este conteúdo online, não é mesmo? E isso não quer dizer que você tenha migrado de vez para a internet, e sim que estas duas formas de consumo andam juntas e se dão muito bem.

Comprovado com os dados da pesquisa, cerca de 3/4 das pessoas que foram entrevistadas citaram isto como razão para o consumo do conteúdo online. Em contraste, apenas 8% disseram que assistiram à vídeos online porque haviam cancelado os seus serviços de TV por assinatura e, outros 10%, disseram que esse tipo de mídia seria a primeira opção para o consumo.

Outro insight interessante do estudo é que cerca de metade dos entrevistados disseram que o hábito de assistir um conteúdo de TV está altamente relacionado ao consumo simultâneo em outras telas, como smartphones e tablets. O que é uma notícia muito boa para as famílias em geral, que não precisam mais se desgastar em conflitos na escolha do programa de televisão.

Estamos combinados. Você assiste ao seu futebol na TV, sua mulher o portal de saúde no tablet e o filhão pode ficar à vontade com os jogos e desenhos no smartphone ;-)

[  ]`s

/Comentários