Por Em Em 11 junho, 2017

Iluminação para vídeo: como acertar em suas produções

Quem produz ou quer começar a produzir conteúdos audiovisuais precisa ter bastante cuidado com um ponto em específico: a iluminação para vídeo.

Uma cena mal iluminada, além de passar a impressão de falta de conhecimento e cuidado técnico com a gravação, pode estragar a experiência de visualização de seus usuários e impactar muito negativamente sua estratégia de comunicação.

Afinal, assim como falhas no áudio, uma iluminação precária pode comprometer a compreensão de seus conteúdos e fazer com que a audiência perca o interesse por aquilo que está assistindo – ou que no caso, não está conseguindo assistir.

Assim como a câmera, o roteiro e o planejamento, a iluminação para vídeo é essencial e com certeza um grande diferencial entre uma produção de qualidade e algo mediano. Portanto, é importante que você saiba as melhores formas de iluminar sua cena e invista nesse ponto.

Com baixo investimento hoje é possível montar um esquema básico de iluminação – já que você pode improvisar muitas coisas – e não existem mais desculpas para seus vídeos ficarem com a luz errada.

Nesse artigo, nós vamos lhe contar mais sobre os principais equipamentos utilizados na iluminação de uma cena, ensinar o esquema da iluminação de três pontos – uma das mais simples e populares – e ainda dar dicas valiosas sobre o assunto.

Preparado? Então, ação! Navegue à vontade e descubra aqui tudo que vamos abordar:

– Importância de uma boa iluminação para vídeos

– Luz externa x Luz interna

– Luz dura e Luz difusa

– Como fazer uma boa iluminação em seu vídeo?

– Alguns tipos de luzes para gravar vídeos

– A iluminação de três pontos

– O rebatedor

– O difusor

– Conclusão

E antes de começar, talvez você também queira conferir nosso guia para montar seu próprio estúdio de vídeos – mesmo com baixo orçamento! Faça o download do e-book aqui.


Importância de uma boa iluminação para vídeo

Como já ressaltamos, de nada adianta você ter um super roteiro e investir na melhor câmera de todas, se as pessoas não conseguirem ver o que acontece nas cenas do seu vídeo, seja por falta de luz, ou excesso dela. Portanto, investir em uma boa iluminação é essencial.

E não apenas por questões estéticas e visuais, mas também por pontos como compreensão do conteúdo, retenção da audiência e autoridade.

Um conteúdo em vídeo mal iluminado, principalmente se utiliza elementos dentro da própria cena ou possui um ator falando, pode ficar bem mais difícil de compreender e colocar em risco toda a sua estratégia de comunicação. Uma das grandes vantagens que os vídeos trazem é a fusão entre áudio e visão e, se você não preza por esses dois pontos, está fazendo conteúdos de forma errada.

E se você agora ficou preocupado também com a qualidade de áudio de seus materiais, pode ler este artigo aqui para aprender a gravar áudio com qualidade profissional.

Além do mais, vídeos com iluminação errada são mais difíceis e chatos de assistir, uma vez que exigem mais esforço visual e concentração. Portanto, você pode acabar perdendo grande parte da sua audiência ainda no início do vídeo – isso se elas começarem a assistí-lo – e isso vai comprometer bastante as taxas de retenção no conteúdo, e, consequentemente, a eficácia da sua estratégia, as taxas de conversão e etc.

Por fim, publicar um vídeo sem a iluminação correta é feio. Mostra falta de cuidado do produtor em relação ao conteúdo e transmite a sensação de inexperiência e falta de credibilidade. E você não quer isso, né?

Mas fique tranquilo! É só continuar lendo para entender direitinho como garantir uma iluminação profissional para seus vídeos.  

Luz externa x Luz interna

Antes de começar, vamos passar por um ponto que pode ser muito importante, principalmente se você está começando a produzir conteúdos agora e não entende muito sobre iluminação para vídeo. Essa dica é em relação a luz externa e interna.

Poder contar com a iluminação externa, do sol, em seus vídeos é um privilégio que poucas pessoas conseguem garantir. Portanto, quase sempre você precisará de iluminação interna para conseguir um bom resultado em seus vídeos.

A luz externa, apesar de natural e bastante bonita, pode ser bem difícil de trabalhar, uma vez que não oferece muito controle a quem filma a cena e pode sofrer oscilações bruscas dependendo da posição do sol, quantidade de nuvens no dia, horário e etc. Portanto, não é muito indicado que você fique contando com essa iluminação. Afinal, ela pode te dar muito trabalho na hora da edição final e acabar atrapalhando seus planos de filmagem, caso você esteja em um período chuvoso, por exemplo, que oferece pouca luz.

E falando de edição, você conhece bons aplicativos para editar vídeos no celular? Baixe nosso Guia de Apps e conheça os melhores.

Já a iluminação interna, apesar de totalmente artificial, pode ser facilmente controlável com os equipamentos certos e oferecer maiores garantias em termos de uniformidade e qualidade. Com ela, você não corre o risco do sol entrar em uma nuvem na hora H ou de uma grande quantidade de luz inesperada deixar a cena “estourada”, clara demais. Você prepara tudo antes e não precisa se preocupar com oscilações. Isso é excelente, principalmente se você não quer ter que fazer muitos ajustes de luz na edição final. E é sobre esse tipo de luz que vamos falar aqui nesse artigo.

Mas antes de continuar, vale pontuar algo muito importante em relação a esses tipos de luz: tente não misturar as duas se você não tem tanta experiência ou verba para investir nos equipamentos adequados.

As câmeras além de captarem a intensidade da luz na cena também captam sua temperatura e, como você pode imaginar, a iluminação externa tem uma temperatura diferente da iluminação interna. Essa diferença pode provocar efeitos ruins na cena, deixá-la sem uniformidade e exigir um trabalho chato de correção e uniformização na hora de editar o material.

temperatura-de-cor

Portanto, tente sempre contar apenas com um tipo de luz em cada cena. Se for gravar em um espaço fechado, limite a entrada de luz ambiente o máximo possível e ilumine o espaço de forma adequada com luz artificial. E se for fazer uma tomada externa, tente utilizar apenas a luz do dia, use equipamentos para te auxiliar, como refletores, e, caso necessite muito, use uma luz adequada para esse tipo de filmagem.    

Luz dura e Luz difusa

O modo como diferentes tipos e tamanhos de luz incidem em um objeto também é diferente e vale aqui distinguir o que é uma luz dura e uma luz difusa, já que esses termos são bem comuns quando se trata de iluminação.

Uma luz dura é aquela que incide de forma mais direta sobre um ponto e dá a impressão de ser mais forte. As luzes duras precisam ser utilizadas com cuidado, uma vez que produzem sombras muito fortes e marcadas e destacam imperfeições na cena, como na pele dos atores. E isso em um vídeo não é o ideal.

Já a luz difusa é aquela que incide de forma mais suave, espalhada e difusa realmente, sobre o objeto e o ilumina de maneira mais leve e uniforme, sem gerar sombras muito fortes ou deixar a cena com um aspecto muito artificial.  

Como fazer uma boa iluminação para vídeo?

Agora que já falamos da importância de uma boa iluminação e das diferenças entre luz interna e externa, vamos ao que realmente importa: como fazer uma boa iluminação para vídeo? Como deixar sua produção com iluminação profissional?

Fique atento, pois vamos listar os principais tipos de luz, os equipamentos usados em uma produção e te contar mais sobre como fazer a iluminação de três pontos.

Alguns tipos de luzes para gravar vídeos

Quando você vai investir em luzes para gravar seus vídeos, vai encontrar principalmente esses tipos de equipamento:

Softbox

O softbox é uma das principais luzes utilizadas para a gravação de vídeos, uma vez que ele gera uma luz difusa e muito suave, e é um equipamento leve e fácil de montar. Só é necessário ficar atento ao tamanho deste equipamento em relação a seu estúdio ou espaço para gravação, pois ele ocupa bastante espaço na maioria das vezes.

Uma das melhores coisas do softbox é que se você tiver um pouco de paciência e conhecimento de elétrica e artesanato, pode montar o seu com pouquíssimo dinheiro. Se procurar no Google por DIY softbox, você irá encontrar diversos tutoriais e vai ver como é bem simples montar o seu. A gente separou um que gostou bastante e você pode vê-lo clicando aqui.

softbox para iluminação para vídeo

Sun Gun

Essa luz é bastante intensa e ideal para fornecer uma iluminação mais uniforme para todo o set, deixando suas cenas com uma leve luz amarelada. Essa luz possui um valor mais alto, mas pode ser usada como uma excelente opção de luz de preenchimento.

sun gun para iluminação para vídeo

Ring Light

A ring light é uma luz fluorescente circular, que é posicionada em volta da câmera, e é bastante usada quando se quer destacar o ator ou objeto em uma cena. Ela oferece uma luz bem uniforme e difusa e é indicada principalmente quando se quer destacar a face de um ator em cena – como nos vídeos de tutoriais de maquiagem.

ring light para iluminação para vídeo

Painéis de Led

Esse tipo de iluminação possui pequenas lâmpadas (60, 90, 100… depende da sua necessidade) e emite uma luz bem forte. Esses painéis não permitem um controle muito grande de temperatura e podem apresentar grandes variações entre um e outro, sendo importante ficar atento a isso. A maioria desses painéis funciona com bateria ou pilha então é preciso ter sempre essas fontes de energia a mão.

paineis de led para iluminação para vídeo

A iluminação de três pontos

Antes de gravar qualquer cena, é importante tentar fazer um esquema de como as luzes ficarão posicionadas e como elas irão iluminar os objetos na cena. Ou seja, montar um mapa de luz.

E um dos esquemas mais comuns quando se trata de gravar vídeos, é o da iluminação de três pontos. Ele é simples, rápido de montar, não exige tanto em termos de equipamento e vai deixar seu vídeo com uma iluminação profissional.

Veja o que você precisa para montar essa iluminação:

Luz principal

Essa luz é a que é utilizada para dar destaque ao ator ou objeto principais na cena. Ela é sempre posicionada de forma lateral em relação à câmera, entre 15º e 45º. Para essa posição, você pode trabalhar com um softbox ou qualquer outra luz que seja mais difusa e suave. Ela é a principal luz da cena – como o nome diz – e é a partir dela que as outras serão posicionadas e criadas.   

Luz de preenchimento

Quando posicionar a luz principal, você irá notar que surgiram sombras bem marcadas no objeto em destaque na cena e ao redor dele. É então que entra a luz de preenchimento. A fim de suavizar essas sombras, você deve posicionar uma outra luz ao lado da principal: a luz de preenchimento. Essa luz não pode ser tão intensa quanto a primeira para não eliminar totalmente as sombras – que são importantes para dar profundidade à cena – e deve ser posicionada em um ângulo parecido, nunca igual, um pouco acima da luz principal. Dependendo da intensidade da outra luz que você tem, ela pode ser rebatida com um espelho ou refletor também para ficar mais suave. Você pode usar para essa luz um outro softbox ou, como fizemos no vídeo ali em cima, um sun gun com um rebatedor.

Luz de fundo

A luz de fundo é a última necessária nesse esquema de três pontos. Ela é essencial para que seja criado um contraste entre o ator e o fundo da cena e para que não haja uma impressão de bidimensionalidade no vídeo. Essa luz deve ser móvel e fácil de posicionar, e você deve colocá-la no fundo, atrás do ator. Ela pode ficar tanto no chão, virada para cima, quanto acima do objeto da cena. Ela deve ficar sempre oposta às outras duas luzes.

Depois de tudo posicionado, seu set deve ficar mais ou menos assim:

esquema-de-iluminac%cc%a7a%cc%83o

O rebatedor

Investir em um refletor é uma ótima decisão se você quer ter menos problemas com a sua iluminação para vídeo. Esse equipamento vai ajudar tanto em tomadas externas, quanto internas e deixar a luz de suas cenas mais direcionada, suave e natural.

E o melhor é que você pode tanto comprar seus espelhos, placas ou sombrinha, quanto improvisar esse equipamento. Dê uma olhada nas coisas que comumente são usadas como rebatedor:

  • Placa de papelão coberta com papel alumínio
  • Refletores de parabrisa de carro
  • Placas de alumínio
  • Papel laminado – prateado ou dourado – sobre papelão

O mesmo vale para outras cores, como o branco e o preto. Basta achar um papel ou material que seja capaz de refletir a luz e pronto!

rebatedor-improviso

O difusor

Por fim, mas não menos importante, a dica é: sempre que possível, use um difusor de luz. Ele vai ajudar a evitar as luzes duras e os problemas que citamos lá em cima em relação às sombras e imperfeições.

Um difusor pode ser comprado, mas também dá para improvisar. Você pode usar as sombrinhas difusoras, comprar placas prontas para cada tipo de luz, ou fazer seu próprio difusor usando tecido (normalmente TNT) ou papel manteiga – tome cuidado apenas, pois algumas luzes esquentam muito e se você usar papel, pode correr o risco de provocar um incêndio.

difusor de luz para iluminação para vídeo


E então? Já está pensando em quais luzes adquirir? Lembre-se de que cada set possui uma necessidade específica e que as luzes podem variar de acordo com o efeito desejado, o tamanho do set, ou o destaque que você planeja dar para cada objeto na cena. Um bom planejamento de vídeos como um todo, será essencial para que você ilumine suas tomadas com qualidade máxima.

E agora que você já sabe como obter uma boa iluminação, pode gostar de ler outros materiais em nosso blog, como:

E se você quer realmente fazer dos seus vídeos um negócio e ganhar dinheiro de verdade com venda de conteúdo, temos outra sugestão: crie seu próprio site e venda seus conteúdos de forma pontual ou por assinatura. Essa é a forma mais eficiente de começar a lucrar com vídeos.

O Samba Play, por exemplo, é uma excelente forma de ter seu próprio canal de vídeos personalizado, sem precisar de investir milhares de reais no desenvolvimento de um site ou de ter outros investimentos iniciais elevados no projeto. E o melhor, com rápido retorno. Conheça a plataforma clicando aqui! Vale a pena 😉

E agora que você já entende tudo sobre iluminação, já pode começar a pensar em ganhar dinheiro com seus conteúdos em vídeo. Clique aqui ou no banner abaixo para baixar nosso guia e descobrir as melhores formas de fazer isso.

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.