Por Em Em 28 junho, 2017

Netflix ultrapassa a TV a cabo americana – o crescimento do mercado over the top

Você com certeza conhece a Netflix, mas já parou para pensar no tamanho e na força que a empresa tem no cenário atual? No primeiro trimestre de 2017 a companhia de streaming conseguiu bater uma marca e, hoje, com 50 milhões de usuários, a Netflix ultrapassa a TV a cabo dos Estados Unidos – que conta com pouco mais de 48 milhões – em números de assinaturas.

A verdade é que a Netflix mudou o modo do consumidor se relacionar com  a TV e, por isso, conseguiu, no intervalo de curtos 5 anos, aumentar em 27 milhões seu número de usuários – dobrando sua base de audiência. Ainda em comparação, nesse mesmo período de tempo, a TV a cabo perdeu cerca de 4 milhões de assinaturas.

Se antes o público se sentia confortável no troca-troca de canais até aceitar assistir ao que alguma das redes de TV estivesse oferecendo, agora o cenário é outro: com um serviço de streaming como o proposto pela Netflix, estamos cada vez mais nos acostumamos a escolher o que queremos ver, quando queremos ver e onde queremos ver.

Assim, o mercado de OTT vem crescendo, devido à predileção cada vez mais enfática de pessoas e empresas pelo serviço video-on-demand.

Quer saber de outras tendências a partir de especialistas do mercado de vídeos? É só clicar para conferir nosso material! 😉

tendencias de videos online 2017

Mas afinal: o que é OTT?

OTT é a sigla utilizada para a tendência Over The Top. Basicamente, OTT se refere ao serviço de distribuição de vídeo e áudio na internet – como a Netflix e o Spotify.

Exatamente por essa vinculação à rede, o OTT se consolida como a opção perfeita para esse público cada vez mais exigente em questão de versatilidade, qualidade e comodidade na hora de consumir conteúdo: em troca de uma assinatura, a audiência tem direito ao serviço on-demand, que a deixa em total controle sobre o que, onde e quando assistir ou escutar seu conteúdo.

Outro ponto que faz com que o OTT aumente sua base de assinantes é o baixo custo do serviço: a maioria das empresas que investem no modelo over the top em vídeo, por exemplo, vendem seu conteúdo a um preço mais baixo do que o ofertado pela TV a cabo.

Junte os fatores e chegue ao resultado: o serviço de OTT é sinônimo de economia de dinheiro e poder sobre o conteúdo – e é exatamente por ter apostado nisso que, hoje, a Netflix ultrapassa a TV a cabo.

O mercado de videos-on-demand

No mundo

Com cada vez mais pessoas atraídas pelo consumo de conteúdo em formato audiovisual, o mercado de vídeos OTT está em crescente ascensão. Uma das maneiras de perceber isso facilmente é pela arrecadação gerada pelo modelo on-demand: em 2016, o serviço de streaming bateu a marca de USD 30.29 bilhões e a previsão é que, até 2021, esse valor chegue aos USD 70.05 bilhões, segundo a pesquisa do MarketsandMarkets!

Além disso, grandes empresas, como a HBO, a Fox, a Amazon e a Globo já conseguiram perceber a importância que o mercado do video streaming vem ganhando e apostaram seus próprios modelos on-demand.

No Brasil

Tudo bem, talvez você já tenha se convencido da força e consolidação do OTT, mas esteja se perguntando: mas onde é que o Brasil entra na jogada? Bom, para ser bem exato, o Brasil entra como o 8º mercado de OTT no mundo! Em números isso quer dizer que, em um intervalo de três anos, entre 2015 e 2018, a estimativa é que o serviço, no país, deve dobrar suas arrecadações, passando de USD 180 milhões para USD 460 milhões, segundo a pesquisa da MTM.

Por aqui o número de assinaturas da TV paga também vem caindo e a receita da Netflix ultrapassa a tv aberta de Silvio Santos, já contando com uma receita 30% maior que a do SBT. Além disso, com cerca de 57,8% de casas com acesso à internet, os brasileiros já somam mais de 100 milhões de usuários na rede e, portanto, o país se caracteriza como um cenário positivo para implementar serviços OTT e criar seu próprio Netflix de Nicho!

Para saber tudo sobre como criar seu Netflix de Nicho e aproveitar o mercado, dá uma olhada no nosso Guia completo!

como criar meu proprio netflix

Crie seu Netflix de Nicho

Se você chegou até aqui ainda acreditando que somente grandes empresas conseguem criar um canal de vídeos lucrativo, é aí que você se engana!

Estudando os nichos de mercado que seu conteúdo pode atender, você tem a oportunidade de criar um canal de vídeos OTT como o Netflix e ganhar dinheiro com suas produções. Tome como a exemplo a Fish TV: o canal é completamente voltado para conteúdo sobre pesca esportiva e preservação ambiental e, hoje, já é um sucesso não apenas no Brasil, mas no mundo.

Além disso, com o seu canal, você não precisa se preocupar em depender de anúncios para conseguir lucrar com seu conteúdo, pois pode vender assinaturas ou pacotes a um público específico e disposto a pagar pela qualidade que você oferece.

Colocar um canal de vídeos no ar pode soar complicado, mas, na verdade, você só precisa seguir os 4 passos que a gente te ensina neste guia aqui!

como ganhar dinheito com seus vídeos netflix ultrapassa a tv


E foi exatamente visando facilitar e aprimorar a criação de um canal de vídeos que a Samba Tech lançou sua plataforma de vídeos online: o Samba Play!

Com ele você pode criar seu canal sem se preocupar com a parte jurídica ou em ter que contratar designers para o seu projeto, por exemplo – a nossa equipe cuida de todos os detalhes e, você, foca no conteúdo. Para conhecer melhor os recursos do Samba Play, você pode fazer um tour pela plataforma clicando aqui ou na imagem abaixo!

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.