Por Em Em 25 setembro, 2017

Plataforma EAD: qual o futuro dessa tecnologia?

O ensino a distância é uma das modalidades do meio educacional que mais cresce atualmente. Segundo dados do MEC, em março de 2016 o número de estudantes matriculados em algum curso EAD já ultrapassava 3,8 milhões. Com dados tão impressionantes, é de se esperar um crescimento da procura por uma Plataforma EAD que atenda o empreendedor digital hoje. Mas qual o futuro dessa tecnologia? Será que plataformas EAD clássicas são apropriadas para atender as demandas não só dos produtores dos cursos, mas também dos alunos? É isso que vamos ver neste artigo. Entenda um pouco mais sobre o mercado das Plataformas EAD e veja porque essa tecnologia pode não ser a ideal para você e o seu negócio.

E se você já tem conteúdo em vídeo gravado e está pronto para ganhar dinheiro com ele, baixe agora – e grátis! – nosso guia definitivo para ganhar dinheiro com seu conteúdo em vídeo e comece agora mesmo!

guia para ganhar dinheiro com plataforma ead

Por que EAD?

Para entendermos melhor sobre a Plataforma EAD, primeiro precisamos pensar no que faz as pessoas escolherem fazer um curso a distância.
Um estudo realizado pela Sagah estima que em 2023 a modalidade de ensino a distância irá representar mais da metade do ensino no Brasil. A expectativa é de que 51% dos estudantes estejam matriculados em cursos de EAD. Esse crescimento não é coincidência. Cada dia mais as pessoas estão procurando cursos e certificações online. Mas quais são os motivos deste crescimento tão significativo?

  • Um dos fatores de destaque é o financeiro: A Educação a Distância se apresenta aos alunos como uma opção mais viável financeiramente. Em média, o preço de cursos a distância é 60% mais barata do que dos cursos presenciais. Além de mensalidades mais baratas, o aluno não precisa se preocupar com custos de deslocamento, alimentação e demais gastos eventuais da educação presencial – xerox, cadernos etc.
  • Flexibilidade de horário é outra vantagem. Quem está no dia a dia corrido, trabalhando em tempo integral, dificilmente vai ter disponibilidade – ou até mesmo ânimo – para comprometer mais um período do seu dia para a educação formal. Por isso a flexibilidade de horário atrai tanto. No EAD o aluno tem liberdade para assistir as aulas e fazer as atividades no momento em que achar melhor.
  • Ensino inovador. A plataforma de EAD é diretamente ligada à tecnologia, por isso, há maior costume de utilizar ao máximo o que ela tem para oferecer. Muitos materiais extras são disponibilizados para os alunos, entre eles vídeos, músicas e até exercícios em forma de jogos. Este tipo de conteúdo extra nem sempre é utilizado em espaços formais de educação.

Considerando esse enorme mercado em expansão, o produtor de conteúdo em vídeo pode finalmente tirar a ideia do papel e começar a lucrar com isso. Para colocar seu curso oficialmente no ar, é preciso escolher se, para seu curso, é melhor utilizar uma Plataforma EAD clássica ou uma plataforma de cursos livres online.

Plataforma EAD clássica

Como funciona?

Chamadas de SGA (sistema de gestão acadêmica) – ou no inglês LMS (Learning Management System) -, as Plataformas EAD clássicas você talvez já conhece – como o Moodle, por exemplo. Elas são pensadas e desenvolvidas para proporcionar um ambiente online de aprendizado completo para os estudantes da modalidade a distância. Muitos cursos, mesmo que presenciais, acabam usando esse tipo de plataforma como apoio acadêmico. Dentro delas, normalmente, é possível anexar arquivos e criar discussões por meio de fóruns para facilitar a interação entre os professores e alunos.

As plataformas EAD são responsáveis por gerir toda parte que cabe ao ensino e ao aprendizado e, também, a comunicação entre professores, tutores e alunos.

Pontos fracos

Uma das falhas das Plataformas EAD tradicionais é que, em sua maioria esmagadora, tentam emular no ambiente online o estilo de ensino das salas de aula. Falta inovação! Por que montar um curso online, escolher a plataforma para hospedá-lo e cometer os mesmos erros da educação formal, não é?

Por exemplo, muitas vezes os alunos precisam realizar exercícios e provas em um determinado prazo ou até mesmo as aulas ficam disponíveis apenas por tempo limitado. Se o aluno busca um curso online pela flexibilidade e encontra cronogramas rígidos a serem cumpridos, pode acabar se decepcionando com o formato do curso. Além disso, tais prazos se tornam ainda mais estressantes quando a instabilidade dessas Plataformas atrapalha a realização das tarefas. Imagina precisar entregar uma prova e a plataforma sair do ar exatamente no horário limite?

Um outro ponto que pode impactar negativamente a utilização de uma plataforma EAD clássica é a necessidade de um professor ou tutor para gerir o curso, bolar avaliações, corrigir provas e postar notas, por exemplo. Isso pode aumentar o custo de gestão do seu curso, consequentemente, tornando-o mais caro para o futuro cliente.

Se você é produtor de conteúdo em vídeo e quer colocar o seu curso no ar, escolher uma Plataforma EAD clássica é ter que se adaptar à forma como elas funcionam. Para conseguir fugir disso, o ideal é investir em uma plataforma de curso livre.

Cursos livres

O que são?

Curso de inglês para viagens; curso de costura; curso de confeitaria; curso de adestramento para cães. Todos são exemplos de cursos livres. Eles fazem parte da modalidade de educação profissional e visam capacitar os alunos para alguma atividade específica. Estes cursos são previstos por lei, portanto, possuem validade, mas não são regulamentados pelo MEC. Exatamente por este motivo é que eles não precisam cumprir cronogramas, regras de carga horária ou exigir algum tipo de escolaridade prévia dos alunos. O produtor do conteúdo tem toda liberdade de criar e estruturar seu curso como desejar. A emissão de certificados também fica por conta do criador das aulas.

Em suma, cursos livres são cursos de capacitação e são muito valiosos para desenvolver ou aperfeiçoar habilidades. Por não seguirem uma legislação específica, os cursos livres são extremamente diversos em formatos e conteúdos, por isso são muito procurados. Quem nunca tentou buscar algum conhecimento na internet, não é? Se você tem uma ideia, possui bastante conhecimento em um assunto e quer investir nessa área, o mercado está em excelente momento para isso!

Como funcionam?

Os cursos livres podem vir nas mais diferentes formas, mas no geral são baseados em algumas características como eficiência, liberdade e inovação.

  • São eficientes pois trabalham com cargas horárias reduzidas. As vídeo aulas de um curso livre podem ser consumidas até mesmo em poucas horas ou poucos dias e o aluno aprende exatamente aquilo que estava procurando, sem precisarem assistir conteúdos que não interessam a ele. Esses cursos são focados no conhecimento prático e capacitação imediata do aluno.
  • Além disso, são livres não somente em nome. Ao se matricular em um curso livre online, o aluno não precisa seguir cronogramas rígidos e nem ter que se desdobrar para assistir aulas e realizar atividades dentro do prazo especificado. Por exemplo, se o curso for dividido em módulos, os alunos podem assistir às aulas na ordem que preferem, quantas vezes e onde quiserem. Muitas plataformas EAD livres são mobile friendly, ou seja, você pode assistir aulas em casa, no trabalho ou no ônibus via smartphones e tablets, por exemplo. Também não existe uma data de início e término do curso, não é preciso esperar o fechamento de turmas para iniciar. Os alunos podem iniciar imediatamente! Depois que você gravar seu conteúdo, escolher qual a forma ideal de monetização, e colocar seu curso no ar, é só começar a vender!
  • Muitos cursos online não são encontrados em modalidades presenciais. Nesse mercado, inovação é essencial! Além de assuntos diversificados e interessantes, o modelo das aulas também sempre busca inovar. Você já sabe que vídeos são excelentes ferramentas para se ensinar e que aulas online estão em alta no mercado, mas é sempre bom relembrar o quanto essas aulas podem ser criativas, engraçadas e cheias de ideias!

Se existe esse tanto de vantagens para os alunos, imagina para o produtor do conteúdo! Hoje em dia, é mais do que possível criar um curso EAD gastando pouco e começar a dar aulas online.

E se EAD ainda é um território completamente desconhecido para você, nada melhor do que receber um mapa do tesouro, certo? Você pode baixar aqui, gratuitamente, nosso infográfico Mapa do Tesouro do EAD e ter em mãos todas as coordenadas para montar um curso online de sucesso!

mapa do tesouro para plataforma ead

Por que investir?

Duas tendências no mercado explicam porque você deve investir em um curso EAD livre.

Primeiro, a internet é um terreno fértil para ganhar dinheiro se você souber explorar as melhores formas de fazê-lo. Segundo, as pessoas estão, cada vez mais, buscando se capacitar para destacarem-se no mercado de trabalho. Conhece o ditado “unir o útil ao agradável”? É exatamente isto!

Os cursos livres se mostram como uma excelente forma de lucrar com seu conhecimento, além de reunirem todas aquelas vantagens que fazem as pessoas procurarem um ensino a distância que discutimos lá em cima.

E o futuro do EAD?

Se você chegou até aqui na leitura, não há dúvidas que o ensino a distância está, cada vez mais, se mostrando como o futuro do ensino, certo? Então é a hora de pensar também no futuro do EAD. Infelizmente, os cursos EAD ainda estão muito atrelados à figura central do professor e está na hora de começar a colocar o aluno como protagonista! É esperado que o novo modelo da EAD seja mais dinâmico, inovador e mais focado no conhecimento aplicado à prática, e é exatamente por isso que os cursos livres estão se tornando tão valiosos.

Por apresentarem uma alternativa ágil para adquirir algum conhecimento ou aprender alguma nova técnica, se apresentam como um verdadeiro atalho para colocação no mercado de trabalho, inclusive para quem quer empreender e começar seu próprio negócio!

Uma excelente notícia é que, hoje em dia, existem soluções para quem quer gravar um curso livre EAD de baixo custo e colocá-lo no ar sem precisar ser um expert em tecnologia. Um exemplo de solução que trabalha exatamente com isso é o Samba Play. O Samba Play oferece todo suporte para você colocar seus vídeos no ar em uma plataforma personalizável sem que você precise contratar um desenvolvedor ou um designer. Além disso, oferece dois modelos de monetização para que você não só coloque seu curso no ar, mas comece a vendê-lo e ganhar dinheiro com isso!

Em um mercado digital tão dinâmico quanto o nosso, novas profissões surgem todos os dias, e saber aproveitar isso é uma forma de sair na frente da concorrência. Para te ajudar a entender melhor esses nichos de mercado em expansão, a Samba preparou esse infográfico com As profissões mais quentes para criar um curso online! Baixe agora gratuitamente.

Ensino a distância já está tão presente que não deve ser considerado o futuro da educação, mas sim o presente! Nos últimos anos, o número de pessoas matriculadas em cursos EAD quadruplicou – isso mesmo, aumentou em quatro vezes! E a tendência é que esse mercado cresça ainda mais. Por isso, se você tem uma mente empreendedora e quer começar a ganhar dinheiro com o seu conteúdo, é um excelente momento para investir em uma plataforma EAD, especialmente nos cursos livres.

Não é preciso ser um expert em tecnologia e muito menos gastar rios de dinheiro com a produção do seu curso. Basta ter uma ideia, um conhecimento que quer compartilhar e muita força e dedicação.

Pensando exatamente nisso, preparamos este e-book para te mostrar porque você deve apostar em cursos livres para o desenvolvimento profissional e pessoal. Compartilhe seu conhecimento, trabalhe com seu conteúdo e ajude muitas pessoas com ele! Você pode baixar nosso e-book gratuitamente aqui ou clicando na imagem abaixo. Bom empreendimento!

 plataforma ead para cursos livres

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.