Por Em Em 6 janeiro, 2017

A importância do tempo de permanência na página para SEO

“Entenda qual a importância de manter as pessoas em seu conteúdo e técnicas para aumentar o tempo de permanência na página.”

tempo de permanência na página

Talvez você nunca tenha dado a devida importância ao tempo que visitantes passam em sua página. Então saiba agora: você estava perdendo tempo ao deixar isso passar despercebido (mas antes ter descoberto tarde do que nunca).

Isso podia estar afetando bastante a sua estratégia de marketing digital.

Para o Google, um dos fatores de rankeamento que mais importa é justamente esse.

Por conta disso, se alguém realmente quer que qualquer site ou blog tenha sucesso, investir nesse tempo de permanência é uma das principais coisas que você deve fazer.

Para ajudá-lo, e consequentemente ajudar a “alegrar o Google” – o que vai render um bom rankeamento para o seu blog ou seu site – vamos esclarecer agora por que o tempo de permanência na página é tão importante para SEO, e dar dicas fundamentais para aumentá-lo!

Vamos lá?

Afinal, por que o tempo de permanência na página importa tanto para SEO?

Para começar, cabe dizer que ter a atenção voltada a esse tempo de permanência é essencial até mesmo para que, não somente o Google, mas você se certifique de que sua página é agradável a quem a visita.

Do contrário, você deveria mudar algumas estratégias — ou talvez começar a ter uma (aproveite e confira como indexar sua página no google, para começar a estratégia de SEO).

Afinal, se visitantes entram em sua página e pouquíssimo tempo depois saem, pode ser sinal de uma página sem informações relevantes ou que simplesmente não renda uma experiência prazerosa ao leitor.

Ou, pior ainda, um blog ou site não responsivo, que faz com que o visitante desista de esperar para carregar o conteúdo, e vá buscar o que desejava no concorrente — daí a importância de se investir em um web design responsivo, que já abordamos bastante.

E o Google já é inteligente o suficiente para perceber exatamente isso: se a maioria das pessoas passa pouco tempo em sua página, tem algo de errado aí.

Como o Google interpreta o tempo de permanência na página?

Como dito, o Google percebe que se visitantes passam pouco tempo em sua página, algo nela deve estar errado.

E o Google costuma estar correto nessa interpretação.

Esse “algo” pode ser, talvez, conteúdo irrelevante, uma palavra-chave enganosa, uma página que não carregou bem no celular, click-baits usados de forma muito explícita e sem moderação, ou qualquer outro fator que induz visitantes a saírem correndo do seu site ou do seu blog.

O que importa é que o Google saberá que o tempo de permanência na página é curto, e irá penalizá-la por conta disso.

E você definitivamente não quer isso, não é?

Perder a posição para a concorrência é realmente um dos principais pesadelos de qualquer profissional de marketing (e talvez de qualquer pessoa).

Da mesma forma, aqueles que conseguem aumentar o tempo de permanência do leitor na página, recebem “prêmios” do Google, subindo significativamente no ranking e podendo alcançar a primeira página do buscador.

O Google interpreta um bom tempo de permanência como sinal de bom conteúdo e boa experiência para os visitantes, e dessa forma, seu posicionamento é elevado nas buscas.

Afinal, o objetivo do buscador é entregar o melhor resultado possível para os seus usuários.

E se seu site é bem rankeado nos motores de busca, isso gerará muito mais tráfego orgânico, e consequentemente muito mais resultados.

É isso que você quer.

Mas como fazer o visitante permanecer por mais tempo na minha página?

Claro que se o leitor não encontrar nada que ele deseja em seu site ou blog, vai ser difícil segurá-lo.

Mas se ele realmente não encontrou nada que o interesse, você, na verdade, deveria se perguntar:

Como esse visitante chegou à minha página, se ela não oferece absolutamente nada que ele buscava?

A resposta é provavelmente a seguinte:

Às vezes quando se faz uso de palavras-chave que não se identificam de verdade com seu conteúdo, isso pode acabar te atrapalhando.

E por quê?

Bom, para começar, a pessoa chegará em sua página buscando pela “falsa” palavra-chave, e não vai encontrar o que realmente buscava.

Dessa forma, todo visitante “enganado” por keywords não muito precisas, sairá muito rápido (e decepcionado, o que ainda pode fazer com que nem queira voltar algum dia), fazendo com que a média do tempo de permanência em sua página seja reduzida drásticamente.

E fazer mau uso de palavras-chave é apenas uma das razões que levam a um curto tempo de permanência. Há muitas outras, como não responsividade, conteúdo irrelevante, experiência não muito agradável ao visitante, textos difíceis de ler, entre tantos outros fatores que podem afastar os leitores.

Algumas técnicas, no entanto, podem ajudá-lo muito a aumentar o tempo de permanência, e uma das principais, além de obviamente usar as palavras-chave corretas, é investir em vídeos para sua página.

E se você ainda tem alguma dúvida sobre a importância de começar a produzir conteúdo em vídeos atualmente, vamos eliminá-las agora.

A eficiência de vídeos para aumentar o tempo de permanência

Já falamos sobre as 7 razões para usar vídeos em sua estratégia de inbound marketing, e como vídeos (muito provavelmente) serão a mídia mais usada — e mais consumida — daqui a alguns (poucos) anos.

A propensão de pessoas a preferem vídeos em vez de textos já é bem notável hoje mesmo, mas uma das maiores tendências do comportamento do consumidor é que essa preferência por vídeos seja ainda mais expressiva em 2017.

Sendo assim, além de investir em vídeos para sua página ser uma boa forma de se atualizar e estar em conformidade com as expectativas e padrões de consumo de conteúdo hoje, você ainda aumenta o tempo de permanência dos visitantes.

E por que vídeos colaboram significativamente no aumento do tempo de permanência na página?

O primeiro ponto, e mais óbvio deles, é que vídeos levam um tempo para serem assistidos (mas lembre-se que não é recomendável fazer vídeos tão longos, já que alguns leitores, só de verem a duração, podem desistir de assistir).

E esse tempo, em média, já costuma ser mais longo que o tempo de leitura.

Já podemos concluir aí que se o leitor clicou no vídeo em sua página e esse vídeo prendeu sua atenção, aumentamos a média do tempo de permanência.

E é bem provável que ele fique até o fim, já que vídeos são conteúdos mais dinâmicos, mais rápidos e que geram um maior envolvimento do consumidor. E quando estão envolvidos, eles naturalmente passam mais tempo por ali.

Além disso, outro detalhe a ser considerado é que alguns visitantes simplesmente tem preguiça de ler o conteúdo.

É triste, mas é a realidade. E essa tem sido uma realidade cada vez mais recorrente, com a facilidade de consumir os mesmos conteúdos por vídeo ou áudio tomando o lugar do texto.

Investir na escaneabilidade de um texto definitivamente é importante para manter os leitores atentos, mas mesmo aplicando técnicas de escaneabilidade, alguns visitantes continuarão com certa preguiça (ou dificuldade) para a leitura e vão acabar desistindo do texto pela metade.

E ao desistir, eles saem da sua página.

Portanto, investir em vídeos vai aumentar a permanência também daqueles que não estão dispostos a ler, além dos que estão dispostos. Confira, portanto, o guia completo para produzir um vídeo, e comece o mais rápido possível a investir nesse item que faz falta em qualquer página.

Sintetizando: o que você precisa para aumentar o tempo de permanência na página

Recapitulando, para aumentar o tempo de permanência na página, você pode (e deve):

  • Investir em vídeos para sua página, que irão fazer com que os visitantes passem mais tempo nela;
  • Evitar usar palavras-chave que não se relacionem de verdade ao tema principal da página;
  • Usar técnicas de escaneabilidade em seus textos, para que os leitores não desistam dele pela metade;
  • Usar as palavras-chave corretas, que vão atrair o leitor que realmente tem interesse no conteúdo que você disponibiliza — para isso, vale muito a pena usar o Google Keyword Planner, sobre o qual já explicamos bastante sobre o funcionamento;
  • Evitar o uso de clickbaits de forma explícita e sem moderação, que irão afastar o leitor assim que perceber sua intenção, e que o que esperava encontrar ao clicar em seu link não está lá;
  • Ter apenas bons conteúdos em sua página. Nesse sentido é totalmente recomendável investir em um gerente de conteúdo, que irá ajudá-lo com boas estratégias de conteúdo para que sua página se torne ainda mais relevante para os visitantes;

E agora que você já sabe como o tempo de permanência na página é um dos fatores mais importantes para SEO, veja quais são os 7 profissionais essenciais para tocar uma estratégia de marketing de conteúdo, que podem ajudá-lo ainda mais a trazer o sucesso à sua página!

tempo de permanência na página e link building para SEO


rock content sobre engajamento no facebookArtigo produzido pela equipe de conteúdo da Rock Content.

Através de um excelente marketing de conteúdo, a Rock ajuda outros negócios a aumentarem seu faturamento e a fazerem sucesso no ambiente digital.

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.