Por Em Em 30 novembro, 2017

12 fatos para entender os impactos da transformação digital no seu negócio

Um dos assuntos mais comentados do momento, inclusive aqui no blog, é o uso da tecnologia nos negócios e os impactos da transformação digital. No entanto, mesmo com todo esse “burburinho”, ainda é difícil para muitos empreendedores entenderem os conceitos e implementarem estratégias desse mundo digital que realmente façam a diferença no seus empreendimentos.

Uma das causas é que eles continuam associando a ideia de transformação digital como algo para o futuro. No entanto, talvez você ainda não tenha percebido, mas esse futuro já chegou. Nós já o estamos vivendo!

Transformação digital é um processo atual no qual a tecnologia e seus recursos estão mudando a forma com que as pessoas se relacionam, consomem e vivem de maneira geral. Na prática, os negócios que a utilizam conseguem causar impactos e ofertar serviços que antes eram impossíveis. Empresas como Netflix, Uber, Nubank, Amazon e Rock Content são alguns exemplos disto.

Além das novas possibilidades de fazer negócio, essas empresas também se tornam capazes de gerar mais inovação e melhorar os seus resultados. E este é só o primeiro passo de um longo caminho de possibilidades! Curioso para saber mais sobre o assunto? Então confira os 12 fatos mais importantes sobre a transformação digital!

E aproveite também para baixar nosso material sobre Como criar Negócios Digitais de sucesso 🙂

criar um negocio digital

1. Empresas que já a seguem são líderes na sua área

Não é possível falar nos impactos da transformação digital sem associá-la à tecnologia; ela é a protagonista de todas as mudanças possibilitadas pelos recursos digitais. Por essa razão as empresas precisam apostar em aparatos tecnológicos para melhorar os seus processos produtivos, a comunicação com o público e a colocação no mercado.

Um relatório divulgado, este ano, pelo Harvard Business Review Analytics Services (HBR-AS) com empresas de todo o mundo, revelou que as que têm investido amplamente em novas tecnologias são, não por coincidência, líderes nas suas áreas. 73% delas também perceberam um aumento visível nas vendas e 68% impulsionaram seus lucros.

2. A fidelização de clientes é o seu maior legado

O maior legado que a transformação digital vem trazendo é aproximar as empresas de seus clientes. Antigamente, as marcas que queriam conhecer seus consumidores só podiam contar com os cadastros feitos nas lojas, os formulários de satisfação, os telefonemas irritantes ou apenas em suposições. Hoje, já é possível:

  • segmentar o público, por meio de ferramentas de analytics;
  • falar diretamente com o cliente e monitorar suas opiniões sobre a marca nas redes sociais;
  • ampliar os canais de atendimento usando opções que vão além do telefone, como FAQS, suporte premium, email, aplicativos de mensagens e as próprias redes sociais, dependendo da identificação e do que for mais conveniente para o cliente;
  • melhorar a satisfação do consumidor e captar leads por meio de estratégias de marketing de conteúdo e marketing de precisão.

Em suma, é possível conhecer os hábitos, entender as expectativas e falar diretamente com o seu cliente. Esses fatores unidos criam o combo perfeito para a fidelização. Você ainda cria produtos exclusivos, que de fato agradem ao perfil do seu consumidor e, de quebra, reduz os gastos com ações e produtos que não irão gerar vendas.

3. Ela facilitará todos os processos operacionais

Os sistemas digitais vieram para facilitar vidas. Trabalhos burocráticos são automatizados dando mais produtividade à equipe; a comunicação se torna mais ágil e eficaz; arquivos podem ser guardados com segurança em nuvem; os setores ficam melhor integrados e as decisões passam a se basear em dados concretos, por meio do Business Intelligence.

Como se isso não fosse o bastante, os recursos trazidos pelo digital também criam mais possibilidades para os negócios: de treinar seus colaboradores, de se comunicar e conquistar possíveis clientes e se destacar em um mercado concorrido, mesmo diante das grandes marcas.

4. Suas possibilidades são ilimitadas

A verdade é que ainda não vimos nem 10% do potencial e dos impactos da transformação digital, já que a tecnologia e os seus recursos ainda estão engatinhando quando se trata de inovação. Se carros que se dirigem sozinhos, impressoras que imprimem objetos e robôs capazes de realizar tarefas humanas já existem, imagine o que virá daqui a 30 anos?

Do ponto de vista das mudanças na vida humana, essa evolução tecnológica pode parecer um pouco assustadora, mas do ponto de vista empresarial as possibilidades serão ilimitadas. Para suprir as demandas da sociedade e do consumidor as empresas terão diversos caminhos e encontrar o melhor para si dependerá de pesquisa, pensamento criativo e capacidade de se reinventar.

5. Nem todas as empresas a utilizam

Mesmo sendo um conceito amplamente divulgado, nem todas as empresas se aproveitam das vantagens de uma estrutura digital. Esse problema acontece muitas vezes pela ideia errada de que apenas empresas de tecnologia são beneficiadas nesse processo.

Mesmo sendo forte em negócios que já nascem no mundo tecnológica, como as startups e os e-commerces, por exemplo, os efeitos do digital não se restringem apenas a eles. Qualquer empresa, independentemente do seu segmento, pode desenvolver uma estrutura e uma cultura que se beneficie dos seus impactos.

6. O dinheiro nem sempre dita as regras

Diferente do que muitas pessoas pensam, a transformação tecnológica não é algo que pode ser aproveitado apenas pelas grandes empresas. Pelo contrário, pequenos negócios com capital reduzido se beneficiam bastante dos seus impactos.

Estratégias como o uso de marketing digital, Design Thinking, social media e Business Intelligence, por exemplo, demandam pouquíssimos gastos, mas, se bem utilizadas, podem trazer uma alta lucratividade.

7. Ela envolve muito mais do que a tecnologia

A tecnologia por si só não faz nada pelas empresas. Imagine, por exemplo, se a internet fosse um espaço em branco? Não contasse com o conteúdo exclusivo que as pessoas compartilham? Não oferecessem nenhuma informação ou vantagens para os seus usuários? É bem provável que ninguém a utilizasse, não é mesmo?

Implementar estratégias de transformação digital não significa utilizar computadores de última geração, marcar presença nas redes sociais ou comprar softwares de gestão famosos no mercado. Esta estratégia vai além da tecnologia, ela envolve também uma mudança de pensamento e de comportamento das empresas e dos seus profissionais.

Na prática, toda a estrutura da organização e sua forma de gestão empresarial precisam seguir um estilo de vida digital: com o setor de TI em destaque, e não apenas responsável por reparos tecnológicos; com profissionais treinados para se comunicar online e utilizar recursos tecnológicos; com uma linguagem adequada; e assim por diante.

8. Ela ajuda a criar oportunidades em tempos de incerteza

Períodos de recessão econômica e aumento da concorrência são fatores que assustam e dificultam a vida dos negócios, especialmente dos pequenos ou que ainda estão engatinhando no mercado. Diante desse cenário, gerenciá-los na base da tentativa e do erro já não é uma opção.

Trazer a tecnologia e o digital para o seu negócio é criar oportunidades diante das incertezas. Fenômenos como Big Data, Business Intelligence, Internet das Coisas e Analytics são oportunidades de lidar com indicadores –  financeiros, de vendas, produtividade e de qualidade –  em tempo real, e transformar essas informações em decisões fundamentadas e assertivas.

9. Seu aproveitamento depende de profissionais qualificados

A falta de uma equipe qualificada pode comprometer ou impedir o uso de ferramentas digitais nas empresas. Por isso, antes de implementar qualquer estratégia será preciso capacitar os seus profissionais. Além da eficiência na parte operacional, será deles que virão as ideias e as iniciativas inovadoras para criar uma organização realmente digital.

10. Sua ideia de inovação é diferente do que se pensa

Uma palavra que é frequentemente ouvida quando se fala em transformação digital é “inovação”. No entanto, muitas empresas se apoiam em uma ideia errada sobre o que é inovar e acabam criando mais do mesmo.

E o consumidor não é bobo. Pelo contrário, ele percebe, contesta e se satura daquilo que não tem um propósito genuíno. Hoje, não são raros os casos de campanhas que se utilizam do artifício da inovação, mas que geram uma repercussão negativa.

Empresas que desejam realmente inovar precisam apostar nos seus próprios recursos e no potencial criativo da sua equipe, em vez de apenas seguir tendências de mercado. Em outras palavras: pensarem por si mesmas.

11. Os seus impactos afetarão toda a sociedade

Os efeitos da transformação digital não se restringem apenas ao ambiente interno das empresas, mas afetam a sociedade como um todo e refletem as suas mudanças estruturais. Ideias como economia digital, consumo colaborativo e educação à distância, por exemplo, só ganharam força por conta dessa transformação.

Assim como as consequência positivas, ela também tem trazido problemas nunca antes vistos, como crimes virtuais, aumento do sedentarismo e até vício em internet. E não podemos esquecer das alterações de comportamento. Condutas antissociais, falta de foco, senso de imediatismo e até mesmo a depressão já são associados ao uso da tecnologia.

As empresas terão um papel importante para minimizar esses impactos, trazendo mais facilidade e segurança, oferecendo informação e conhecimento e trazendo qualidade de vida para as pessoas. Ou seja, participando dessa revolução digital de maneira positiva.  

12. Ela não pode esperar

Depois de ler este post, se você ainda pretende esperar mais algum tempo para ingressar no mundo digital, temos uma notícia ruim: a revolução que ela está criando não vai esperar. Seus efeitos já estão sendo sentidos em todos os setores econômicos e afetando toda a vida  humana em si. Os negócios que ficarem apenas observando as consequências disso tudo se tornarão obsoletos.

A tecnologia e os impactos que a transformação digital prometem moldar toda a organização social do planeta. Isso mesmo, do planeta! Para as empresas, se aproveitar delas não é apenas mais uma opção. É uma obrigação. Mas uma obrigação positiva, que só trará benefícios para quem estiver disposto a se reinventar.

E então, pronto para a revolução do digital? Não deixe de conferir também as nossas dicas para atrair clientes usando a tecnologia

Acesse também nosso e-book sobre como utilizar a tecnologia para o desenvolvimento de líderes.

desenvolvimento de lideres


Artigo produzido pela equipe do Saia do Lugar.

O Saia do Lugar é um blog focado em ajudar as pessoas a empreender e ter sucesso com seus negócios.

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.