Por Em Em 12 julho, 2017

Treinamento e desenvolvimento: como deixar sua equipe mais produtiva e eficiente!

Você já pensou em investir no treinamento e desenvolvimento dos colaboradores da sua empresa? Essa é uma das táticas mais eficazes e fundamentais quando pensamos em aumento de produtividade, engajamento e eficiência nas tarefas propostas pela corporação.

Mas, se você ainda não vê muito valor em ações desse porte, vamos a um exemplo prático. Suponhamos que você precise realizar um trabalho, mas que as habilidades necessárias estão além do seu domínio. É muito provável que você procure se capacitar de alguma forma – seja por vídeos na internet, seja por cursos presenciais – a fim de conseguir realizar aquela tarefa de forma satisfatória.

Dessa forma, em uma próxima tarefa, quando em frente a essa mesma dificuldade, você já vai ter o conhecimento necessário para superá-la com mais rapidez, eficiência e habilidade, fazendo um trabalho ainda melhor do que o anterior.

O que queremos mostrar é que o aperfeiçoamento de habilidades que tangem seu trabalho têm o poder de transformar e melhorar sua performance, bem como o resultado final que você entrega à equipe. E se a capacitação de uma única pessoa consegue melhorar o resultado de um projeto, imagine o que a capacitação de toda uma equipe pode fazer pelo rendimento final de uma empresa!

E é exatamente sobre treinamento e desenvolvimento que vamos tratar neste artigo – assim você vai poder criar uma equipe de talentos para o seu negócio!

Antes de dar início à leitura, seria interessante que você entendesse mais sobre comunicação empresarial e sua importância para um ambiente de trabalho alinhado e estratégico!

alinhe sua comunicação interna para treinamento e desenvolvimento de pessoas

Mas primeiramente: qual a diferença entre treinamento e desenvolvimento?

Antes de seguirmos em frente, é importante que você entenda que treinamento e desenvolvimento são duas ações diferentes, mas de igual importância.

Treinamento

Quando falamos em treinamento de colaboradores, queremos dizer sobre o processo de capacitação em torno de um cargo – isto é, quando um cargo é assumido por um novo colaborador, é preciso que ele seja treinado para as responsabilidades e dificuldades que o envolvem. Ele visa, principalmente, diminuir as chances da pessoa cometer erros, ensinar os pontos que demandam mais foco e promover segurança no trabalho.

Como o treinamento, basicamente, prepara uma pessoa (ou um grupo de pessoas) para as habilidades necessárias dentro de sua função na empresa, ele acontece de forma pontual, em um curto período de tempo – semanas, dias ou até mesmo em poucas horas já são o suficiente.

Esse processo deve acontecer de forma rápida, exatamente por sua característica pontual; urgente: enquanto ele não ocorre, a empresa pode estar produzindo menos do que deveria ou pode ser que o funcionário em questão esteja propenso a causar desperdício ou se envolver em acidentes de trabalho.

Desenvolvimento

Já o processo de desenvolvimento visa o crescimento do indivíduo dentro de habilidades profissionais que seu trabalho demanda. Enquanto o treinamento olha para a antecipação de problemas do presente, o desenvolvimento se foca em antecipar os do futuro – como tendências e oportunidades de mercado, novas metas, demandas do consumidor, imagem da empresa, produtividade e inovação.

Sua duração pode variar mais do que o tempo necessário para um treinamento – aqui, dependendo do aprofundamento das ações propostas, ele pode precisar de um período maior para surtir o efeito pretendido.

Se sua empresa conta com uma equipe de Design, por exemplo, você pode procurar sempre alimentá-la com palestras e até mesmo cursos que envolvem competências da área – essa é uma forma despertar ou criar novas habilidades, garantindo a melhora do desempenho, da expertise e dos resultados apresentados pela equipe, além de novos insights para o que pode ser produzido por eles.

Outro exemplo é o treinamento de líderes, que, visando uma melhor gerência dos outros colaboradores, reflete em equipes mais bem qualificadas e, portanto, em melhores resultados finais para a empresa.

Para saber tudo sobre como a tecnologia pode te ajudar no desenvolvimento de líderes da sua empresa, é só conferir nosso guia completo clicando aqui!

treinamento e desenvolvimento de novos líderes

Recapitulando…

O treinamento é um processo rápido e prático, que resolve problemas a curto prazo, visando o preparo de habilidades necessárias para a execução das tarefas referente a um cargo. Já o desenvolvimento envolve um âmbito mais conceitual e teórico, que revela resultados a longo prazo, pois é um investimento no crescimento das habilidades do colaborador, visando o retorno de uma melhor e mais eficiente produção do que já era feita por ele.

Ou seja, apesar de enfocar no indivíduo, os processos de treinamento e desenvolvimento propostos em uma corporação acabam refletindo no crescimento e na performance da própria empresa como um todo, deixando o ambiente organizacional mais ativo, alinhado e inovador!

Como preparar processos de treinamento e desenvolvimento

Tudo bem, então agora que já conseguimos diferenciar os conceitos de treinamento e desenvolvimento e entender a importância de cada um deles dentro do ambiente de trabalho, vamos a uma parte mais prática: como planejar as ações de cada um deles!

#1 Identificando necessidades

O primeiro passo é entender seu ambiente empresarial e como ele funciona. Esse processo é importante para que você tenha clareza sobre as necessidades que ele demanda e, assim conseguir elaborar atividades efetivas para supri-las.

A partir disso, vai ser preciso que você organize essas necessidades: o que deve ser priorizado? O que demanda um processo mais longo? Quais delas envolvem mais pessoas e, portanto, um maior investimento? Perguntas como essas vão te orientar no próximo passo, onde você vai estruturar as atividades.

#2 Elaboração e aplicação

De início, é preciso que você identifique pontos-chave para que você consiga elaborar as atividades de maneira eficiente e que traga os resultados desejados. Trace seu planejamento pensando

  • no objetivo final daquela ação
  • na metodologia que será utilizada
  • na duração do treinamento
  • na data, horário e local em que ele vai ser aplicado

Quando for estabelecer assinalar essas diretrizes, é importante que você entenda que treinamento e desenvolvimento de colaboradores, por apresentarem propósitos diferentes, devem ser ministrados, também, de maneiras distintas.

Pensando em ações de desenvolvimento da equipe, deixe de lado procedimentos tradicionais de ensino: a ideia aqui é promover diálogo e exercícios, onde os membros vão poder aprender (e até mesmo ensinar), juntos, o que é proposto ali. Ao falar de treinamento, no entanto, entenda que o processo é mais direto e, portanto, pode ser apresentado de maneira mais técnica e menos flexível do que o recomendado para o processo de desenvolvimento pessoal, uma vez que visa o aprendizado rápido.

#3 Monitorando resultados

Uma parte igualmente importante dos processos de treinamento e desenvolvimento da sua empresa é monitorar os resultados – assim, você consegue ter um panorama mais amplo das ações e é capaz de julgar sua efetividade.

Exatamente por sua característica mais urgente e prática, verificar a eficácia de treinamentos é mais simples – seu impacto praticamente imediato se faz ver de forma clara. Já em termos de desenvolvimento, sua percepção de efetividade acontece mais a longo prazo – até porque cada um dos colaboradores pode internalizar as atividades de maneiras diferentes e colocá-las em prática de formas igualmente diferentes.

Quer saber mais sobre como criar treinamentos de alto impacto? A gente te ajuda! É só clicar neste link para ter acesso ao material 😉

treinamento e desenvolvimento de alto impacto

Os impactos dessa estratégia no seu negócio

Equipe mais qualificada e motivada

Você já deve ter cansado de ler nesse artigo que investir em treinamento e desenvolvimento vai tornar sua equipe mais qualificada, mas mesmo assim é sempre bom reiterar esse aspecto. Com o aumento da expertise, mais motivados os colaboradores se sentirão para exercer suas atividades e, portanto, mais inovadoras as ideias podem surgir.

Vantagem competitiva

Além disso, estudos já mostram que empresas compostas por pessoas motivadas se destacam no mercado, pois apresentam um nível maior de produtividade, competência e inovação. Ou seja, ao aplicar treinamentos e processos de desenvolvimentos dos seus colaboradores, você alcança vantagem competitiva quando em frente seus concorrentes.

Retrenção de talentos

Em um cenário onde as empresas sofrem com problemas de retenção de funcionários, ministrar estas atividades de crescimento profissional e pessoal faz com que os colaboradores vejam um valor maior na corporação e criem laços mais fortes com ela. Dessa forma, o investimento em treinamento e desenvolvimento te permite não apenas ajudar na performance, mas manter pessoas talentosas em sua empresa!


As corporações estão valorizando cada vez mais os processos de treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores, exatamente por perceberem os impactos positivos que eles podem ter no desenvolvimento e nos resultados apresentados pela própria empresa no mercado. E, hoje, já é possível que os treinamentos da sua equipe sejam ainda mais efetivos e demandem um menor custo com o auxílio de vídeos na sua estratégia!

Para entender como incorporar vídeos online no seu planejamento de exercícios, criamos um guia completo para você! É só clicar aqui no link ou na imagem abaixo para ter acesso ao material.

treinamento e desenvolvimento por meio de vídeos

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.