Por Em Em 1 setembro, 2017

Como fazer um bom vídeo de tutorial

Os vídeos de tutorial – ou só tutoriais – são excelentes ferramentas audiovisuais para ensinar como fazer algo e, ao mesmo tempo, divulgar seu trabalho ou conteúdo. Com certeza você já conhece a facilidade de acesso a informações no mundo digital. Se as pessoas desejam tirar uma dúvida ou aprender como se faz algo, basta acessar a internet e ter acesso a uma ampla rede de sites ou pessoas que estão dispostas a compartilhar esse conhecimento. Por isso há tanto crescimento na busca por vídeos de tutorial.

Portanto, se você tem algum conhecimento e quer gravar vídeos de tutorial, ou já tem conteúdo e deseja melhorar, confira nossas dicas para fazer um bom vídeo de tutorial e começar a explorar esse mercado.

E para fazer bons tutoriais, você precisa saber fazer bons roteiros. Esse kit de materiais pode te ajudar a começar! Baixe antes de começar o artigo 🙂

Depois que você aprender como gravar excelentes vídeos tutoriais, é hora de ganhar dinheiro com ele! Confira esse nosso guia e comece a faturar com seu conteúdo em vídeo.

guia ganhar dinheiro com video tutorial

O que é tutorial?

Explicando em uma frase: Esse artigo é um tutorial. Na explicação mais longa, um tutorial, basicamente, é um passo a passo de como fazer algo. Ou seja, se você digitar ‘como fazer torta holandesa?’ na barra de um buscador, os resultados serão tutoriais nos mais diversos formatos. Podem ser vídeos, textos ou imagens, por exemplo. Normalmente, são planejados de forma a ensinar por meio de exemplos, de forma bastante didática, com o conteúdo separado em seções, para facilitar o entendimento.

Com certeza você já assistiu ou leu algum tutorial na vida, certo?

Como tutoriais fazem muito sucesso e uma boa forma de criar um tutorial que atrai as pessoas é gravando vídeos, nós te ensinamos um passo a passo de como gravar um vídeo de tutorial de sucesso, desde a definição do tema até a gravação. Confira essas dicas e comece agora mesmo!

Por que vídeos?

A maioria das pessoas prefere aprender com conteúdo visual do que escrito. Por esse motivo, vídeos são excelentes ferramentas para o aprendizado. Mesmo a distância, assistir a um vídeo cria uma certa conexão e interação humana que nos ajuda a entender melhor. Pense comigo: Se você deseja montar um novo equipamento ou móvel, por exemplo, preferiria ler um longo manual de instruções cansativas e confusas ou assistir a um vídeo te mostrando o que fazer? Exatamente por isso há o crescimento da procura por tutoriais em formas de vídeo.

Veja algumas outras vantagens de se fazer tutorial em vídeo.

  • Conteúdo visual e mais atrativo. Além de bastante procura, facilita o entendimento.
  • Têm maior engajamento e alcance nas redes sociais.
  • Comunicação dinâmica e próxima. De certa forma, os vídeos podem suprir a falta de interação humana cara-a-cara.
  • Fácil acesso em diversas plataformas e rapidez na transmissão do conteúdo.
  • Vídeos são versáteis! Você pode abusar da imaginação e criatividade para engajar seu público e apresentar seu conteúdo.

Agora que você já sabe os benefícios de usar vídeos, você já pode começar o planejamento do seu projeto de tutoriais. Se você estiver pensando “sobre o que eu vou falar?”, nós te ajudamos com a definição do tema!

Escolhendo o tema

Escolher o tema deve ser a parte mais importante do processo. Você deve pensar em um tema que possui bastante conhecimento e afinidade, pois deve demonstrar confiança. Mas para além disso, é preciso pensar em um tema em que faria sentido fazer um tutorial. Você assistiria um tutorial de ‘como mascar chicletes’? Provavelmente ele não seria atraente, muito menos relevante, mas um tutorial de ‘como fazer um plano de aula’ pode ter muita procura de um determinado público. Mas como saber qual o público?

Para avançar na definição do tema, pense na sua persona! Isso vai te dar o direcionamento de quem será o seu interlocutor, o que tornará a tarefa de delimitar o assunto do seu tutorial muito mais fácil. Se você ainda não sabe o que é ou como definir uma persona, você pode acessar este artigo e aprender um pouco mais sobre o assunto.

Definido o tema e a persona, está na hora de pensar em qual tipo de tutorial é mais adequado. Não havia pensado nas diferentes formas de tutoriais em vídeo?

Escolhendo o tipo de tutorial

Vídeo-aula

Tutoriais em formato vídeo-aula são, talvez, os mais comuns pela internet. Neste estilo, o tutor fala diretamente com o público, como em uma relação professor-aluno. Esse tipo de tutorial é melhor indicado para ensinar técnicas um pouco mais complexas, que precisa unir o aprendizado visual com o auditivo. Ou seja, é realmente como um professor te mostrando e, ao mesmo tempo, explicando como se faz algo.
Olha só um exemplo de tutorial estilo vídeo-aula:

Esse tipo de tutorial é bom para:

  • Tutorial de maquiagem.
    • Tutoriais de maquiagem são extremamente populares hoje em dia. Novas técnicas estão sempre surgindo e há sempre muita procura para aprender novos estilos e conhecer novos produtos.

  • Receitas e outros tutoriais de cozinha.
    • Se você é bastante talentoso na cozinha, pode aproveitar e fazer tutoriais de receitas autorais ou reprodução de pratos deliciosos, sobremesas e até drinks. Explore as possibilidades do mundo culinário!
  • Trabalhos manuais estilo faça-você-mesmo.
    • Em geral, fazer algum produto em casa é mais barato do que comprar no mercado. Por isso, tutoriais de ‘faça-você-mesmo’, além de extremamente criativos, são uma excelente forma de ensinar a economizar dinheiro. E quem não gosta de economizar dinheiro, não é?
  • Tutoriais artísticos.
    • Você pode usar esse modelo de tutorial para ensinar como tocar uma música em um determinado instrumento, como fazer algum desenho, técnicas de pintura e muitos outros.

Tutorial visual

Tutoriais visuais também são como vídeo aulas, mas não possuem a imagem do tutor. Nesse tipo, é mostrado apenas a imagem do que está sendo feito, mas sem a explicação auditiva. Mas você também pode abusar da imaginação! Músicas de fundo divertidas são ótimas aliadas na hora de prender a atenção de quem está assistindo.

Mas cuidado! Evite trabalhos muito complexos que podem se tornar confusos pela falta de explicação. Uma pessoa que não está entendendo o que está sendo feito provavelmente vai fechar o vídeo e buscar outro, então, corre o risco de você perder audiência e engajamento.

Esse tipo de tutorial é bom para:

  • Trabalhos manuais e artesanatos simples
    • Tutoriais de dobraduras ou origamis são muito populares dentro desse estilo. Quem está querendo aprender pode assistir e emular os movimentos, sem necessidade de ouvir explicação do que está sendo feito em cada etapa.

  • Algumas receitas simples.
    • A culinária também pode ser explorada nesse caso. Mas lembre-se de deixar no vídeo, por escrito, as quantidades e proporções dos ingredientes da receita.

Screencast

Você já tentou filmar ou tirar uma foto da tela do seu computador? Se sim, provavelmente a qualidade não ficou das melhores, certo? Para isso existe o Screencast. O Screencast é um tipo de gravação que capta exatamente a tela do computador. Este modelo é extremamente útil para ensinar o funcionamento de softwares ou games de forma visual. Aqui, você pode fazer a gravação e adicionar uma narração depois, ou, dependendo do que estiver tentando ensinar, deixar apenas a gravação da tela.

Esse tipo de tutorial é bom para:

  • Funcionalidades de softwares
    • Alguns softwares são tão completos e possuem tantas funcionalidades que ficam complexos de aprender a usar por conta própria. Por isso há tanta procura de tutoriais para eles. Editores de imagem – como Photoshop, editores de vídeos e softwares de tratamento de áudio são sempre populares e possuem muita procura. Se você conhece algum deles bem e é confiante para passar esse conhecimento, é uma ótima área para explorar!

  • Games
    • Jogos são sempre muito populares, independente da idade ou do gênero. Às vezes os gamers precisam de uma ajudinha para passar de fase ou descobrir aquela passagem secreta. Se você é bom nisso, faça tutoriais ensinando e aproveite esse mercado!

Se interessou? Você pode aprender um pouco mais sobre Screencast clicando aqui.

Se você já definiu qual tipo de tutorial é o mais adequado para você, está na hora de escolher o equipamento adequado para começar a gravação!

Escolha de equipamento

Os norte americanos costumam dizer que um vídeo, mesmo quando é ruim, é bom! Mas não é por isso que você vai deixar a qualidade do seu de lado, certo? Um vídeo bem gravado, com boa iluminação e uma ótima qualidade de áudio tem muito mais chance de fazer sucesso do que um vídeo desleixado. A qualidade começa no equipamento, por isso, um passo importante para qualquer gravação é a escolha do material adequado.

Para dar início ao seu projeto de gravação você precisa pesquisar sobre os seguintes equipamentos:

  • Qual a melhor câmera para gravar meu tutorial?
  • Talvez possamos dizer que a câmera é o equipamento mais importante para sua gravação, afinal, sem ela não haveria vídeo, certo? Por isso é tão importante pesquisar qual câmera melhor te atende para seu projeto. Para entender um pouco melhor sobre isto, confira esse artigo sobre a melhor câmera para gravar vídeos.
  • Qual microfone mais adequado para a captura de áudio do meu vídeo?
  • Um dos truques para um vídeo com uma qualidade de áudio excelente é a utilização de um microfone externo – o que não vem embutido na câmera. Para escolher o melhor microfone você pode ler este artigo, que irá te ajudar a selecionar o modelo adequado.
  • Como posso melhorar a iluminação das minhas gravações?
  • Por último, um vídeo com uma boa iluminação atrai muito mais o público. O bom é que existem várias técnicas que você pode aplicar para melhorar a iluminação das suas gravações! Para saber tudo sobre iluminação para vídeos, confira este artigo e comece a filmar com uma qualidade muito melhor!

Escolhido o equipamento, já está tudo preparado para começar a gravar seu vídeo de tutorial!

Antes de seguirmos para a criação do roteiro, que tal baixar esse material gratuito que ensina tudo o que você precisa saber sobre montar um estúdio de gravação?

montar um home studio para gravar tutorial

Elaboração do Roteiro

Já está tudo pronto para começar a gravar, certo? Errado! Estamos quase lá. Um erro muito comum em vídeos de tutorial é a falta de ensaio. Por mais que você seja fera em um assunto, a hora de dar play na câmera é sempre um desafio. A criação de um roteiro para seguir é a melhor forma de contornar isso. Se você praticar bastante, com certeza a fala ficará natural e você irá demonstrar muito mais segurança no assunto.

Mas atenção, se você apenas criar um roteiro e já partir para a gravação, pode dar a impressão que você está apenas lendo e seu vídeo ficar mecânico e artificial. Por isso, não deixe de ensaiar! Pratique muito até que você esteja confortável o suficiente para falar sobre o assunto na frente das câmeras.

Lembre-se que ao gravar um tutorial você está ensinando pessoas a fazerem algo. Portanto, procure segmentar em partes pequenas e bem explicadas. Foque em fazer um passo a passo calmo para facilitar o entendimento da audiência e evite jogar toda a informação de uma só vez. Dessa forma, caso o público tenha dúvida em alguma seção específica, fica mais fácil retornar somente nela para reassistir e tentar compreender.

Para te auxiliar na criação de um roteiro, separamos aqui este artigo que te ensina um pouco mais sobre isso.

Além disso, você pode baixar gratuitamente nosso Kit para produzir roteiros de sucesso e aprender tudo sobre essa etapa tão importante da elaboração de seu tutorial em vídeo!

Gravação

Agora é hora de colocar a mão na massa e começar a gravar seu tutorial! É hora de aplicar tudo que você já aprendeu até agora. Além disso, olhe só algumas outras dicas para seu vídeo se destacar e atrair público.

Ambiente

Para gravar, escolha um ambiente iluminado, calmo e silencioso. Ruídos externos atrapalham muito a qualidade do áudio e são muito difíceis de remover após a gravação. Capriche também no cenário e decoração de fundo! Isto irá compor a aparência do seu vídeo e chamar a atenção do público.

Desenvoltura

Falar corretamente é muito importante para um vídeo de tutorial! Se você já é bastante confortável com falar em público ou em frente câmeras, provavelmente terá facilidade com isso. Mas se isto ainda é uma dificuldade para você, pratique até ficar confortável. Lembre-se que, ao gravar um tutorial, você está ensinando. Tenha paciência e tente falar mais devagar, com pausas planejadas em seu discurso. Não se preocupe se isso não parecer natural de início, com o tempo você pega o jeito!

Para terminar, divirta-se – mas não exagere! Vídeos com muitas interrupções e excesso de piadas, memes e cortes ficam chatos e cansam a audiência. É possível fazer um tutorial usando da criatividade para atrair e reter o público sem que esse conteúdo fique saturado de piadas e trocadilhos!

Edição

A última parte – de forma alguma menos importante – é a edição do seu tutorial em vídeo. Essa parte talvez é a mais assustadora, pois parece uma tarefa impossível de tão complexa. Mas não se assuste, hoje em dia existe uma variedade de softwares que te darão as ferramentas para uma edição de qualidade. Você pode até assistir tutoriais destes softwares, né?

Uma boa dica para ter em mente na hora de editar é o tamanho do seu vídeo. É claro, depende do tema, mas tente evitar vídeos muito grandes. Procure realizar cortes para deixar o vídeo mais objetivo possível.

Lembre-se também, um tutorial é uma aula, edite o vídeo para separá-lo em seções. Você pode colocar alguns efeitos entre as partes e até marcar o começo de cada parte na descrição. Isso irá auxiliar o público a escolher seções específicas para assistir ou reassistir.

Agora você já está pronto para começar a gravar seu vídeo de tutorial! Temos certeza que, aplicando essas dicas, você irá gravar excelentes vídeos para explorar esse mercado que tanto cresce no mundo digital.

Inclusive, que tal aprender um pouco mais sobre o mundo do Screencast? Baixe gratuitamente nosso ebook e saiba tudo sobre como fazer vídeos tutoriais utilizando essa ferramenta! Basta clicar aqui ou na imagem abaixo.

como gravar screencast para tutorial

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.