• Blog
  • >
  • EAD
  • Evasão na EAD: motivos que influenciam e como evitar

Evasão na EAD: motivos que influenciam e como evitar

Qualquer negócio, independente de seu tipo, encontra desafios. No caso do Ensino a distância, um dos maiores obstáculos que gestores de instituições de ensino precisam superar é o problema da evasão. Então, além de captar alunos, é preciso também preocupar com sempre encantá-los e mantê-los engajados, para que eles não abandonem o curso antes do final.

Mas é claro, existem diversos motivos para a evasão na EAD e, mais importante ainda, diversas ferramentas e ações que podem ser aplicadas para evitá-la. Neste artigo, falaremos um pouco sobre a evasão no EAD, principais fatores que a causam e alguns métodos que você e sua instituição de ensino podem utilizar para aumentar a retenção de alunos. Continue com a gente!

Aproveite também para baixar nosso ebook gratuito e ler sobre o assunto de forma mais aprofundada quando quiser. É só clicar aqui ou na imagem abaixo!

tendencias para evitar evasao na ead

EAD no Brasil

Para falarmos um pouco de evasão no EAD, primeiramente é preciso entender o cenário do ensino a distância no país, quem estuda nessa modalidade e quais os fatores de atração.

Hoje, o ensino a distância passa por um grande momento de crescente no Brasil. Já são mais de 1 milhão de alunos matriculados nessa modalidade e a tendência é que esse número cresça cada vez mais. Além disso, não só as grandes instituições de ensino estão apostando nesse mercado, mas pequenos produtores individuais de conteúdo também já estão criando seus próprios cursos livres e trabalhando com seu conhecimento.

Podemos citar alguns fatores que estão impulsionando o crescimento do ensino a distância no Brasil:

  • Expansão e facilidade de acesso à internet: Segundo dados do IBGE, mais da metade da população (cerca de 64%) já possui acesso à internet. Além disso, a possibilidade de usar várias plataformas (computadores, tablets, smartphones, etc.) também impulsionou o crescimento desse número.
  • Fator econômico: Em geral, os cursos a distância são mais baratos que cursos presenciais. Além disso, há também uma economia considerável com outros fatores, como materiais, transporte, alimentação e muito mais!
  • Flexibilidade: Quem não gosta de estar em controle de seu próprio aprendizado? A flexibilidade do ensino a distância é um enorme fator, já que o aluno é protagonista em seu processo de aprendizado. Em um curso a distância, você pode estudar onde, como e quando quiser, além de rever aulas quantas vezes for necessário.
  • Menor desconfiança: Antigamente acreditava-se que um diploma proveniente de um curso a distância era menos valioso do que de um curso presencial, mas isso não é verdade! Com o crescimento da confiança da população nos cursos EAD, cada vez mais alunos procuram estudar nessa modalidade.
  • Tecnologia: A tecnologia também impactou muito positivamente o crescimento do EAD no Brasil. Aulas mais interativas, ferramentas voltadas para plataformas EAD e investimento em tecnologias anti-pirataria ajudam tanto alunos quanto gestores de instituições de ensino.

Quem estuda na modalidade EAD?

Qual é, então, o público do EAD no Brasil? Como os cursos a distância são cursos técnicos, livres ou de graduação, majoritariamente o público é formado por adultos. Segundo o CENSO EAD de 2016 a maior parte dos estudantes está nas faixas etárias entre 26 e 30 anos e 31 a 40 anos. Para os cursos integralmente a distância, 37% dos alunos estão entre 31 e 40 anos. Já no caso dos semipresenciais, esse número é de 16%.

E além disso, é claro, é preciso entender que estudantes EAD são pessoas que buscam maior liberdade no ambiente educacional. Flexibilidade, comodidade, economia e inovação são peças-chave de atração para esse público, então, para evitar a evasão no EAD, é preciso sempre ter essas características em mente.

O que é evasão na EAD?

Evasão escolar é um problema sério para a educação do Brasil em geral, mas para o EAD ela parece ser ainda mais impactante.

O termo evasão é considerado quando o aluno abandona completamente o curso sem o completar, independente se chegou ou não a cursar alguma aula. Segundo o último CENSO EAD, instituições de ensino que ofereciam cursos 100%  chegavam a ter uma taxa de evasão de até 50%! Para cursos semi presenciais, esse número é de 25%.

Ou seja, analisando esses dados, cerca de metade dos alunos matriculados não chegam a completar o curso. É um número bastante expressivo e mostra que, de fato, a evasão no EAD é um dos maiores obstáculos para o ensino a distância no país.

Então, vamos ver agora alguns fatores que podem aumentar a taxa de evasão na EAD e como você pode evitar que seus alunos abandonem seus cursos. Vamos lá?

Principais motivos para evasão na EAD

O Ensino a distância ainda é relativamente novo no Brasil, então, a taxa de evasão é um pouco maior do que no ensino presencial. Porém, com o avanço tecnológico e o maior investimento que vem sendo feito no EAD, é possível adotar técnicas que podem minimizar o abandono de cursos EAD por parte dos alunos.

Veja alguns dos principais motivos que fazem com que os estudantes abandonem os cursos online e saiba como evitá-los.

Não atendimento de expectativas

Um dos grandes fatores para evasão na EAD é o não atendimento de expectativas por parte do curso. Se um aluno se matricula em um curso, ele espera algo disso, certo? Caso ele perceba que a expectativa não condiz com a realidade ao longo das aulas, há uma chance muito grande de abandono. Sobretudo pelo curso ser a distância e, em geral, ser mais barato que um presencial, a chance de abandono é ainda maior.

Como evitar?

O primeiro passo para evitar a evasão no EAD por motivo de não atendimento de expectativas é ter uma comunicação bastante clara e sincera com os alunos no momento da atração. Infelizmente, ainda hoje, muitos negócios prometem muito mas, na prática, não cumprem e não entregam o prometido. O consumidor hoje, sobretudo quem está buscando uma formação, já é muito mais exigente e atento aos detalhes. De nada adianta, então, atrair muitos alunos e vender um grande volume de cursos se nem a metade deles irá concluir, certo? Consumidores insatisfeitos fazem propaganda ruim para sua marca e, com certeza, atrapalham vendas futuras.

Então, para evitar essa questão, tenha sempre uma comunicação clara do que o curso será, quais conteúdos serão abordados, como ele irá funcionar, como será a interação entre alunos e professores, quais serão os métodos de avaliação, pagamento e muito mais.

Além de uma comunicação clara, uma vez que o aluno se matricula, é essencial que sua instituição entregue exatamente o que se propôs. É essencial cumprir sempre com o conteúdo programático do curso e todas as metodologias prometidas.

Falta de apoio e interação institucional

Outro fator que pode impulsionar a evasão na EAD é a falta de apoio institucional e de interação entre aluno, professores e instituição de ensino. Um curso EAD possui uma dinâmica bastante diferente de um curso presencial e é preciso atentar-se para esses detalhes. A falta de interação entre aluno e professor ainda é um fator que afasta muitas pessoas do ensino a distância, afinal, estamos muito acostumados com um mediador no nosso aprendizado. Além disso, o aluno se sentir afastado da instituição de ensino e encontrar dificuldades para tratar de questões acadêmicas e administrativas também pode impulsioná-lo a desistir do curso.

Como evitar?

Uma das melhores maneiras de suprir a falta de interação entre alunos e professores no EAD é investindo em videoaulas. As aulas por meio de vídeos são mais próximas e levam uma experiência bastante próxima das aulas presenciais. Videoaulas são mais atrativas e facilitam – e muito! – entendimento. Pense só, você entende um conteúdo com mais facilidade lendo um texto sobre ele ou assistindo a uma aula? Isso ocorre porque nosso aprendizado ainda é bastante visual, então, esses recursos de vídeos e imagens auxiliam bastante no aprendizado.

Além disso, é extremamente importante manter um canal de comunicação simples com os alunos, seja entre professores para tirar dúvidas e resolver exercícios ou entre a instituição de ensino para lidar com questões administrativas mais práticas.

Não é só porque o curso é a distância que o aluno precisa estar sozinho, certo? Além de contribuir para a diminuição da evasão na EAD, esse tipo de interação ainda intensifica o aprendizado e a retenção de conteúdo, o que faz que o seu curso seja um sucesso!

Inclusive, confira nesse material a importância dos vídeos online para o EAD e veja de perto porque você deve apostar em uma estratégia de vídeos online para o ensino a distância.

a importancia de videos online para evitar evasao na ead

Falta de conexão com o curso

Como já dissemos, quem procura um curso a distância está em busca de algumas características específicas em seu processo de aprendizado. Inovação, flexibilidade e comodidade são só algumas delas. Porém, muitas vezes, cursos online acabam tentando implementar metodologias semelhantes às aplicadas em salas de aula presenciais, e isso pode gerar uma certa frustração para os alunos.

É importante, então, entender que um curso online exige um planejamento específico para a modalidade a distância, afinal, é preciso conectar com as preferências e expectativas metodológicas desses alunos.

Como evitar?

Para colocar um curso online no ar, é preciso muito entendimento do que é o EAD, quais são as melhores práticas e qual o público dessa modalidade, assim, é possível criar um ambiente agradável de aprendizado que englobe todas as características atrativas de um curso a distância.

Evite aplicar os mesmos métodos utilizados em uma sala de aula presencial, como aulas no mesmo formato e duração, prazos muito rígidos de avaliações, ensino focado muito no professor e outras práticas do ensino tradicional. Existem muitas outras metodologias que já estão sendo usadas no EAD que você pode conferir nesse ebook que ajudarão seus alunos a aprenderem muito mais. Dessa forma, você evita que a evasão na EAD cresça por falta de conexão dos alunos com essa modalidade de ensino. 

Dificuldade com plataformas

Se lembrarmos do público que estuda em EAD, vemos que ele é composto, em sua maioria, por adultos, certo? Então, a maioria das instituições EAD está lidando com um público que não crescer com tantos avanços tecnológicos e, por isso, não tem tanta facilidade para lidar com essas plataformas quanto adolescentes, por exemplo. Um fator que pode impulsionar a evasão na EAD é a dificuldade para lidar com plataformas de cursos online.

Muitas plataformas clássicas mais antigas não são nada intuitivas e podem causar mais confusão do que facilitar o ensino. Se o aluno começa a perder muitos prazos ou há dificuldade para encontrar aulas, exercícios e avaliações, ele provavelmente irá ficar desanimado com o curso. Por isso, é extremamente importante que o curso esteja localizado em uma plataforma amigável que entregue a melhor experiência possível para esse usuário.

Como evitar?

Na hora de colocar seu curso online no ar, ou até mesmo transformar o seu curso presencial em EAD é extremamente importante investir em uma plataforma profissional que seja voltada exatamente para o ensino a distância.

Uma plataforma para EAD é, basicamente, um site pensado e preparado exatamente para cursos online. Nele, você encontra um ambiente amigável e de fácil utilização pelos alunos, que podem focar unicamente no aprendizado. Hoje em dia, as melhores plataformas para cursos online são as que possuem tecnologia voltada para o trabalho com vídeos, afinal, a presença das videoaulas está crescendo exponencialmente no ensino a distância. Então, considerando o perfil dos alunos que estudam a distância, uma plataforma que ofereça uma excelente experiência do usuário pode contribuir, e muito, para evitar a evasão na EAD. 

Outros motivos de evasão no EAD

Existem também outros motivos que podem levar à desistência de um aluno da modalidade a distância, por exemplo:

  • Dificuldades financeiras: É possível pensar, dentro de sua estratégia de negócios, planos de bolsas e descontos para reter alunos que pensam em interromper o curso por dificuldades financeiras.
  • Baixo desempenho acadêmico: Alguns alunos podem ter chegado até seu curso com um histórico escolar bastante deficiente, então, podem ter dificuldades acadêmicas em diversos conteúdos. É possível, aqui, investir em uma estratégia de materiais extra, tutorias e outras maneiras de incentivar o aprendizado desses alunos, evitando que eles fiquem desmotivados com o curso.

Por mais que o ensino a distância esteja crescendo, a evasão no EAD ainda é um grande obstáculo para gestores e instituições de ensino. No Brasil, existem mais de 1 milhão de alunos na modalidade a distância, porém, algumas instituições têm taxa de evasão de até 50%.

Existem diversas práticas que auxiliam na luta contra a evasão no EAD, e muitas delas estão ao seu alcance! E claro, se você quiser realmente tirar seu projeto de EAD do papel, confira nesse checklist o quão próximo você está de realizar seu sonho! É só clicar aqui ou na imagem abaixo.

checklist ead no brasil e evasao na ead
Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários