• Blog
  • >
  • EAD
  • Você sabe a importância da interatividade para o ensino a distância?

Você sabe a importância da interatividade para o ensino a distância?

São vários os aspectos que determinam o sucesso de um curso de educação a distância. Esses indicadores educacionais abrangem diversas áreas de um curso, como a dimensão didático-pedagógica, a dimensão relacionada ao corpo docente e a de infraestrutura. Dentro da área relacionada ao corpo docente e tutores, a interatividade no EAD é extremamente valorizada como um dos indicadores que mais acrescentam valor ao curso. Já pensou no porquê?

O ensino a distância é uma modalidade de ensino que cresce em ritmo acelerado no Brasil e no mundo, mas ainda há muitos obstáculos e muito preconceito que precisam ser enfrentados no mercado do EAD. Uma das questões que fazem com que pessoas não apostem tanto no ensino a distância é exatamente por acreditarem que não há interação entre alunos e professores da mesma forma que no ensino presencial. É claro que essa interatividade não acontece da mesma forma, mas existem diversas ferramentas educacionais e tecnológicas que, hoje, são muito utilizadas para suprir essa deficiência e aumentar a interatividade no EAD.

É exatamente sobre isso que falaremos nesse artigo. Você vai aprender sobre a importância de apostar em um curso a distância de alta interatividade e, claro, dicas de como aplicar isso no seu EAD.

E se você já quer apostar de vez nesse mercado, que tal baixar esse checklist e ver se já tem tudo o que é preciso para lançar seu projeto EAD? Ele pode te ajudar com seu planejamento e te preparar para o lançamento. Para baixar é só clicar aqui ou na imagem abaixo. 😉

checklist ead

Características do ensino a distância

O Ensino a Distância não é uma modalidade de ensino nova. Porém, apesar de décadas de existência, só nos últimos anos podemos dizer que o EAD está se consolidando como uma modalidade educacional acessível e valorizada, não só no mercado educacional, mas também no mercado de trabalho.

Infelizmente, o senso comum ainda acredita que um curso EAD “vale menos” que um curso presencial e você provavelmente já ouviu alguém dizer algo a respeito, certo? Por mais que essa ideia seja disseminada – ainda que em menor escala – até hoje, isso não é verdade. Hoje, um diploma de um curso a distância vale o mesmo tanto que um curso presencial, e em alguns casos pode até ser mais valorizado, por motivo das características que os estudantes EAD costumam possuir para concluir os cursos.

Essas características, por exemplo, costumam refletir nas pessoas enquanto profissionais, afinal, quem estuda na modalidade a distância, precisa ter disciplina, comprometimento e, claro, bastante autonomia e proatividade. Isso acontece por causa das particularidades do próprio método de ensino. Ao contrário do ensino tradicional presencial, o ensino a distância é focado no aluno e não no professor. E claro, são essas próprias características que impulsionam, todos os dias, o crescimento do EAD.

Um dos pontos que mais causam estranhamento no ensino a distância é o fato de não existir interação face a face entre professores e alunos, pois isso vai na direção oposta de tudo que nos foi ensinado na educação tradicional. Muita gente acredita que o aprendizado, por ser a distância, é muito mais complicado. Isso se dá por não ser possível interagir com professores e tutores para sanar dúvidas, resolver questões, e outros, certo? Errado! Hoje, a interatividade no EAD é muito possível e existem diversas formas de trabalhar com ela dentro dos seus cursos online.

Interatividade no EAD

Como falamos lá no início do artigo, a interatividade no EAD é um indicador de qualidade educacional muito valorizado. Segundo os parâmetros do MEC, a forma como os alunos, professores, tutores e coordenadores interagem entre si diz muito sobre a qualidade de um ensino a distância. O fato dos cursos serem remotos não elimina a necessidade de interação entre esses sujeitos, e em vários casos, é exatamente o contrário. Fazer um curso a distância não quer dizer que você irá estudar por conta própria ou ter que “se virar”. Os cursos possuem professores e tutores especializados que, além de montarem a grade de conteúdos, irão auxiliar o aprendizado do aluno, ainda que não tenham um papel protagonista nesse ensino.

Hoje, existem diversas maneiras de trabalhar a interatividade no EAD. As plataformas de cursos online, também chamadas de LMS – ou ainda AVA – já possuem diversas funcionalidades que irão servir exatamente para isso. Entre elas, podemos citar chats, transmissões ao vivo, videoaulas e muito mais.

Tudo isso serve para que o aluno consiga extrair o máximo do conteúdo e ter a melhor experiência de usuário possível, e claro, também para que o gestor tenha todas as ferramentas possíveis para criar um curso de qualidade, dinâmico, interessante e, claro, que leve muito valor aos alunos.

E claro, é importantíssimo lembrar, também, que trabalhar com a interatividade no EAD ajuda a aumentar o engajamento e interesse dos alunos com o curso e, consequentemente, evitar a evasão. Quanto mais motivados e engajados, mais chance desses alunos chegarem até o final do curso.

Veja só algumas formas de se trabalhar a interatividade no EAD:

Fórum de discussão

Um fórum de discussão é uma ferramenta um tanto quanto comum em plataformas virtuais de aprendizado, certo? Quem já fez algum curso ou até mesmo uma disciplina online provavelmente utilizou essa ferramenta em algum momento no seu percurso educacional.

Um fórum de discussão, ainda que bastante simples, é muito efetiva para promover a interatividade no EAD. Como os alunos não estão juntos em uma sala de aula física, os tópicos de discussão não só servem para fazer comentários sobre o conteúdo ou sanar dúvidas, por exemplo, mas também convidam os colegas a participarem das discussões e interagirem, não só com os tutores, mas uns com os outros.

Esse tipo de discussão entre alunos aumenta o engajamento deles com o curso também. Na experiência do aprendizado, é muito importante que alunos tenham relação uns com os outros além dos professores e tutores, e é por isso que um fórum de discussão é uma ferramenta muito útil nesse caso.

Mural de recados virtual

Várias plataformas – LMS – também possuem a ferramenta de um mural virtual de recados. De forma diferente dos fóruns de discussão, o mural de recados é voltado para informações e comunicação rápida e objetiva. Por exemplo, o professor pode soltar datas de provas ou até mesmo colocar materiais adicionais para os alunos.

Pode parecer algo simples e sem muita utilidade, mas um mural de recados facilita muito a organização de um estudante EAD. Cursos a distância exigem bastante organização e disciplina, e mesmo aqueles alunos acostumados podem acabar perdendo uma atividade ou uma data de entrega de algum exercício se essas informações não estiverem claras e com fácil acesso. Então, um mural virtual permite que todos estejam, o tempo todo, a par do que está acontecendo no curso.

Essa forma de interação é extremamente importante para que o aluno tenha um bom desempenho acadêmico e não fique desmotivado com o curso por perder alguma data ou ficar com notas baixas.

Chat

A troca de mensagens entre alunos, professores e tutores também é uma forma importantíssima de promover a interatividade no EAD. Infelizmente, algumas vezes é muito trabalhoso ter que pegar e-mail dos professores, além da demora ocasional desse processo. Os professores, em geral, são bastante atarefados e podem não ver e não responder em tempo hábil, então, a interação fica um pouco comprometida.

Uma alternativa interessante a essa dificuldade de comunicação pode ser a utilização de chats. Ferramentas de mensagens instantâneas e diretas pela plataforma são extremamente úteis para a comunicação entre alunos e professores.

Por exemplo, um professor ou um tutor pode estipular um determinado horário de atendimento de alunos e ficar disponível via chat para sanar dúvidas ou ajudar na resolução de exercícios. Dessa forma, a comunicação é direta, rápida e bastante efetiva.

Videoaulas

Talvez uma das formas mais efetivas de trabalhar a interatividade em EAD e suprir a deficiência de presença física de alunos e professores é a utilização de videoaulas. Isso tem muito a ver, também, com a forma como nós aprendemos melhor. Pense só: você entenderia melhor uma série de instruções passadas a você por meio de um longo texto ou de uma pessoa te explicando? Provavelmente pela explicação oral, certo?

Normalmente as pessoas aprendem melhor visualmente e isso não é anormal. Então, pode ser por isso que algumas pessoas realmente tenham dificuldade na hora de fazer um curso a distância, afinal, não era muito comum que eles apostassem em aulas por meio de vídeos. Porém, nos últimos tempos, o EAD vem avançando bastante nessa questão. Grande parte dos cursos online, inclusive de graduação, já apostam em videoaulas como seu modelo principal de conteúdo.

Esse tipo de conteúdo facilita bastante o aprendizado, é mais interessante, ajuda a engajar mais os alunos e com certeza auxilia bastante a interatividade no EAD.

Para se aprofundar ainda mais no assunto, você pode baixar esse e-book gratuito que vai te mostrar, passo a passo, a importância dos vídeos online para o ensino a distância!

importancia de videos online para interatividade em ead

Transmissão ao vivo

Seguindo a mesma linha de vídeos online, as transmissões ao vivo são bastante interessantes também. A própria característica das transmissões já estimula a interatividade, então, unindo essas qualidades com o EAD é certo que existem vários benefícios.

Assim como no caso das videoaulas, explicar algo oralmente auxilia no aprendizado, fazendo com que a aula seja potencializada. Além disso, durante uma transmissão ao vivo, alunos podem fazer perguntas, tirar dúvidas e participar em tempo real, assim como em uma sala de aula presencial.

Esse tipo de conteúdo é bastante recomendado para fazer uma grande revisão de conteúdo – chamadas também de “aulão” – antes de uma prova importante, por exemplo. Por meio delas, é mais provável que os alunos estejam ligados e realmente tenham interesse em resolver as questões que eles possam ter.

As transmissões ao vivo servem, também, para a atração de novos alunos! Hoje em dia, no mercado do ensino a distância, várias instituições de ensino a distância dos mais diversos níveis já apostam nessas transmissões ao vivo não só para engajar os alunos, mas também para fazer com que mais pessoas conheçam sua instituição. Uma live no Facebook, por exemplo, pode ser bastante efetiva para ser usada como ‘isca’. Os alunos conhecem sua instituição de ensino por lá e, depois, podem se matricular ou comprar o seu curso para ter acesso ao restante do conteúdo.

Gamification

Por último, uma outra forma de ensino que diz respeito também às metodologias ativas de aprendizagem é o gamification. Você sabe o que é?

A palavra gamification vem do inglês game, que quer dizer ‘jogo’. Então, de forma bem resumida, gamification é uma forma de utilizar jogos em contextos educacionais. Esses jogos educativos podem ser trabalhados de diversas maneiras, dependendo do objetivo do professor, das características do curso e, claro do público também.

Os jogos são muito efetivos para a educação e, também, para a interatividade em EAD. Jogos estimulam uma competição saudável entre os alunos e fazem com que eles tenham mais vontade de participar e engajar com o conteúdo. Além disso, esse sistema de recompensa e feedback estimulam uma evolução constante. Os alunos, por meio da competição, sempre tentam superar seus próprios resultados e ter um rendimento cada vez melhor.

Então, o gamification, além de estimular a interatividade no EAD tanto por parte dos professores com os alunos quanto dos alunos entre si, ainda melhora o rendimento dos alunos e ajudam a evitar, novamente, a evasão.


O ensino a distância já é a modalidade que mais cresce no Brasil e promover a interatividade no EAD é um desafio constante para que gestores e instituições de ensino melhorem, cada dia mais, a qualidade do ensino remoto.

Segundo o MEC, a interatividade em cursos a distância é um indicador de qualidade importantíssimo e, ferramentas que auxiliam na interação são benéficas para os alunos, professores e, claro, para a instituição de ensino. Existem várias formas de promover a interatividade mas, claro, sem fazer com que o EAD perca suas características fundamentais, como flexibilidade e protagonismo do aluno.

Para que seu EAD tenha ainda mais sucesso, você pode conhecer um pouco mais sobre as metodologias ativas de aprendizagem, pois elas vão potencializar ainda mais o conhecimento e aumentar o índice de sucesso dos seus cursos. E aí, se interessou? Basta clicar aqui ou na imagem abaixo para ter acesso a este material gratuito! Boa leitura.

metodologias ativas de aprendizagem para interatividade em ead

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários