• Blog
  • >
  • EAD
  • Nota do MEC: como ela é calculada e como ela afeta sua instituição de ensino.

Nota do MEC: como ela é calculada e como ela afeta sua instituição de ensino.

A nota do MEC é uma avaliação levada em conta por muitos alunos na hora de escolherem a instituição de ensino na qual estudar. É desejo de todo estudante cursar o seu ensino superior em uma instituição, seja ela pública ou privada, que possua boas avaliações e recomendações. Por isso é tão importante que as organizações de ensino se atentem as avaliações e tenham uma boa nota no MEC. 

Neste artigo vamos conhecer mais sobre a nota no MEC e os critérios que são utilizados para que a nota seja definida, além disso, daremos algumas dicas para que você possa melhorar a nota da sua instituição.

O que é o MEC? 

Antes de mais nada é preciso conhecer o MEC, sigla para Ministério da Educação. O MEC é um órgão governamental que olha para as políticas de ensino do Brasil. 

Por meio das políticas de ensino, o MEC visa desenvolver diferentes camadas da educação no país, atendendo desde a educação infantil, passando pelo ensino fundamental, médio, ensino profissionalizante, educação para jovens e adultos (EJA) até a educação superior, tanto em cursos presenciais, como e modalidades de educação a distância (EAD). 

Exemplos de trabalhos e programas desenvolvidos pelo MEC que são bastante conhecidos pela população são PROUNI, SISU e o, talvez mais popular deles, ENEM. Além disso, o MEC também é responsável por fazer campanhas institucionais que incentivam outras esferas da educação, como as artes e a leitura. 

Sendo assim o MEC é responsável por coordenar o funcionamento de toda a política educacional do Brasil. 

Qual é a importância da nota do MEC para uma instituição de ensino?

De forma simplificada, podemos dizer que a nota do MEC é a maior referência que os alunos têm para avaliar a qualidade de um curso e de uma instituição. Com essa avaliação disponível é possível que os estudantes comparem notas de diferentes cursos e escolham aquele que mais lhe agrada, somando nota e os diferenciais oferecidos pela instituição de ensino. 

Por meio da lista de notas disponibilizado pelo MEC, é possível avaliar se uma instituição de ensino está preparada para educar e formar novos profissionais para o mercado de trabalho. Além disso, a nota do MEC também aponta os cursos que estão mais defasados dentro de uma instituição, sendo possível que esta se atente e busque melhorias e investimentos para os cursos de menor nota, além de manter a qualidade dos cursos que já possuem uma nota positiva. 

Sendo assim, a nota do MEC é importante em vários sentidos, tanto para os alunos, que conseguem descobrir as melhores instituições e assim realizar a melhor escolha de onde estudar, quanto para as próprias instituições, que conseguem medir a efetividade dos cursos que oferecem, melhorar o que está ruim e manter o que está bom e, claro, ter uma boa nota também significa ter mais alunos interessados em estudar na instituição.  

Por que os estudantes não devem ingressar em cursos com notas baixas? 

Uma instituição com notas baixas pode enfrentar punições do Ministério da Educação. Alguns exemplos de punições são a suspensão dos vestibulares, impedimento da abertura de novas vagas, supervisão e o sofrimento de sanções em casos sem possibilidade de melhora, e, em circunstâncias críticas, pode haver a necessidade de fechar a organizações de ensino. 

A avaliação para definição da nota do MEC é baseada em quais critérios?

A avaliação do MEC para as instituições de ensino superior é feita pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), levando em consideração critérios como a análise dos cursos, avaliação da instituição e a performance dos alunos. Todos esses pontos são examinados pelas avaliações abaixo: 

1. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade):

O Enade é um exame avaliativo que é aplicado para uma parte dos alunos que ingressaram em um curso superior. O exame é aplicado para alunos que estão em fase final na instituição de ensino, prestes a concluir o curso. 

O Enade avalia os conhecimentos que os estudantes possuem sobre as disciplinas específicas de cada curso, medindo se os alunos foram capazes de adquirir as habilidades necessárias durante a graduação. Os resultados do Enade são usados no CPC e IGC.

2. Conceito de Curso (CC):

O Conceito de Curso é uma avaliação que é feita presencialmente por especialistas do MEC. Quando um curso possui CPC 1 ou 2 (próximo tópico) eles são incluídos de forma automática na lista de cursos que precisam ser visitados pelo MEC.

3. Conceito Preliminar de Curso (CPC):

O Conceito Preliminar de Curso é medido em uma nota que vai de 1 a 5 e leva em consideração o resultado do Enade, o percentual de docentes que preenchem regime parcial ou integral, a titulação dos professores, os recursos didático-pedagógicos que a instituição possui, a qualidade das instalações e a capacidade da infraestrutura física.

4. Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC):

O Índice Geral de Cursos da Instituição é o resumo em um único indicador, da qualidade de todos os cursos de uma instituição, sejam eles cursos de graduação ou pós-graduação stricto sensu (doutorado e mestrado). O IGC também varia de 1 a 5. 

5. Conceito Institucional (CI): 

Por fim o Conceito Institucional acontece de forma cíclica. Quando acontece um novo ciclo avaliativo, as instituições de ensino devem ser avaliadas presencialmente. Os especialistas que estão avaliando a instituição estabelecem o CI com a junção dos elementos avaliados durante a visita e o IGC da organização de ensino. 

Durante o Conceito Institucional são feitas uma avaliação interna (autoavaliação da instituição) e uma avaliação externa por comissões que são estabelecidas pelo Inep. 

A cada ciclo avaliativo, as instituições de ensino são avaliadas presencialmente. Cabe aos avaliadores atribuírem um Conceito Institucional que considera os elementos da visita e os IGCs das instituições. É realizada uma autoavaliação (ou avaliação interna) e uma avaliação externa. A primeira é coordenada por uma comissão própria de avaliação de cada instituição e a segunda é feita por comissões designadas pelo Inep.


A nota do MEC é de extrema importância para as instituição de ensino. Quando uma instituição não alcança a nota mínima da avaliação do MEC ela pode deixar de ser reconhecida pelo Ministério da Educação, prejudicando os estudantes da instituição, já que muitos concursos e empresas não aceitam estudantes que não têm diploma reconhecido pelo MEC. 

Cuidar para que a sua instituição tenha bons professores, uma boa estrutura e um bom ensino para os estudantes é essencial não só para se manter vinculada ao MEC, como para crescer, se desenvolver e capacitar mais e mais alunos, gerando novos profissionais para o mercado de trabalho. 

Quer ter acesso a mais dados importantes sobre o mercado de conteúdos educacionais no Brasil? Fizemos uma pesquisa com mais de 4 mil participantes sobre as preferências em EAD e reunimos esses dados em um relatório especial. Para ter acesso a dados valiosos sobre o mercado, é só clicar aqui ou na imagem abaixo!

relatorio da pesquisa sobre cursos online insight samba

Por: Samba Tech

A Samba Tech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários