Professor online: como dar aulas de uma nova maneira.

Você já ouviu o termo professor online? A ideia de existir uma metodologia de ensino por meio de plataformas digitais tem evoluído e se tornado cada vez mais popular. Por conta evolução dessas tecnologias, das mudanças de necessidade do mercado e muitos outros motivos, o ensino a distância é uma modalidade de ensino que vem crescendo de forma exponencial há anos, agregando cada vez mais alunos, instituições de ensino e professores. Com isso, a popularidade dos professores online também cresce.

Mas como uma profissão considerada tão tradicional, como a de ser professor, pode se adaptar a um mundo cada vez mais moderno e cheio de interações feitas no meio digital? Neste artigo te contamos tudo sobre o trabalho de um professor online e, mais importante, se você está com um novo projeto, como dar aulas online.

Quer melhorar ainda mais suas aulas, sejam elas presenciais ou online? Confira nesse material um passo a passo para usar humor em sala de aula de forma efetiva. Para acessar gratuitamente, basta clicar aqui ou na imagem abaixo.

guia para ensinar usando humor de forma efetiva e ser um bom professor online

O que é EAD e qual a sua relação com os professores online?

EAD é a sigla para Educação a Distância, um modelo de ensino online. Isso quer dizer que a aprendizagem é feita a distância, especialmente via internet. Então, os alunos não precisam frequentar o mesmo ambiente que os seus professores.

Esse modelo de ensino é possível graças ao uso de diversos tipos de tecnologias, como os ambientes virtuais de aprendizagem, que permitem a transmissão de conteúdos educativos por meio de plataformas digitais.

Além do EAD ser positivo para os alunos, que, em muitos casos, podem criar a sua própria grade de horários e adaptar o ensino de acordo com as suas necessidades, o mercado de EAD se mostra positivo também para os professores, que podem atuar criando aulas que serão consumidas online.

Quem é o professor online?

Imagine a figura de uma sala de aula cheia de mesas e cadeiras posicionadas lado a lado, ocupadas por alunos diversos que olham para frente, onde um professor ou professora escreve algo sobre a matéria lecionada em um grande quadro negro.

Provavelmente você já deve ter passado pela experiência descrita no parágrafo anterior, seja na infância, no ensino médio ou mesmo na faculdade. Mas e a experiência de ter aulas em casa, no trabalho, no ônibus ou no metrô, diretamente de um computador ou da tela de um celular?

Pouco a pouco, a figura do professor tradicional vem sendo complementada pela de um professor online. Isso não quer dizer que o ensino como conhecemos está acabando ou irá acabar, somente que o EAD está ocupando um lugar bastante relevante na educação do país.

Com as exigências de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e a rotina tão acelerada das pessoas, o ensino online se apresenta como uma alternativa bastante adequada para novos estudos, capacitação e especialização. Por conta disso, os professores online podem encontrar um novo mercado fértil para ser explorado nessa área tão tradicional que é a educação.

Um professor online é bastante parecido com um professor tradicional, uma vez que a responsabilidade de ambos é a de transmitir conhecimento para seus alunos. A diferença é que o professor tradicional dá as suas aulas em salas de aulas físicas e o professor online usa os recursos da internet para dar aulas sem estar fisicamente presente no mesmo ambiente que seus alunos.

Que tipo de conteúdos o professor online ensina?

Fazendo alusão à sala de aula da maneira como conhecemos e vivenciamos por tanto tempo, pode parecer que o professor EAD está restrito apenas às matérias clássicas, como Língua Portuguesa, Matemática, Geografia e Biologia, mas é possível que qualquer tipo de conhecimento seja compartilhado, não só o que é aprendido em uma licenciatura.

É claro que instituições de ensino, especialmente superiores, podem se beneficiar – e muito – do ensino a distância, mas vários profissionais podem se lançar nesse mercado, explorando o potencial dos cursos livres.

A internet possibilitou o rompimento de diversas barreiras para que o compartilhamento de conteúdo e de informação seja facilitado. É por isso que, para ser um professor online, tudo o que você precisa é conhecer um conteúdo a fundo, ter vontade de disseminar o seu conhecimento e encontrar pessoas que se interessem por aquilo que você tem para compartilhar.

Cursos livres.

Em geral, cursos livres são cursos de menor duração e com foco em um aprendizado mais pontual. Eles têm o objetivo de capacitar em torno de algumas habilidades específicas e, por isso, são bastante variados em relação aos temas disponíveis. É possível encontrar cursos livres que vão desde idiomas a artesanato. Por isso, do ponto de vista de mercado, possuem tanto potencial.

A legislação dos cursos livres no Brasil prevê o funcionamento desse tipo de curso e, por não dependerem de aprovação do MEC para estarem em funcionamento, podem ser encontrados nos mais diversos formatos, durações e metodologia.

Pensa em trabalhar com sua paixão e seu conhecimento? Veja só como você pode se tornar um bom professor online.

Como ser um bom professor online?

Assim como um bom professor no modelo tradicional de ensino é extremamente crucial para a aprendizagem dos alunos, um bom professor online será um dos responsáveis pelo sucesso de seus alunos de ensino a distância! Mesmo com todo o avanço da tecnologia, o professor online continua possuindo o papel principal no que diz respeito ao ensino, afinal, é ele quem irá repassar o seu conhecimento e ser a porta de entrada para os alunos adentrarem no conteúdo proposto pelo curso.

Já falamos que com vontade, um conteúdo para ensinar e um pouco de prática, qualquer pessoa tem potencial para ser um professor online. Caso ensinar o que você sabe a outras pessoas e trabalhar com o seu conhecimento seja realmente a sua vontade, separamos algumas dicas de como ser um professor online de sucesso.

1. Saiba quais são as necessidades dos seus alunos.

No modelo presencial, um bom professor é capaz de prestar atenção nos comportamentos de seus alunos, para entender se eles enfrentam alguma dificuldade, se têm medo ou receio de se manifestar em classe para fazer uma pergunta, ou se realmente têm o conhecimento necessário para avançar no conteúdo.

A mesma habilidade é importante para o professor de cursos a distância. É preciso estar atento a maneira como os alunos estão lidando com as aulas, pois nem sempre um aluno será capaz de explicar com exatidão quais são as suas dificuldades. Só assim você conseguirá ajudar os seus alunos, independente de qual seja a situação.

2. Revise o seu método.

Assim como é importante olhar para os seus alunos, também é importante olhar para você mesmo. Tenha esta dica como uma tarefa constante, de se auto analisar, revisar as suas metodologias e buscar ser um profissional cada vez melhor.

Pense na maneira como você leciona e tente entender se o seu método consegue atingir os objetivos que você propõe. Além disso, procure ser aberto para receber feedbacks dos seus alunos para que você se aperfeiçoe com o tempo. Afinal, mais do que ninguém, um professor deve entender que o aprendizado é constante, nunca termina.

3. Planeje as suas aulas.

Para que qualquer objetivo seja alcançado é preciso planejamento! O mesmo acontece na sala de aula, pois lembre-se de que o seu grande objetivo é fazer com que seus alunos aprendam sobre o conteúdo do curso.  

É muito importante que você tenha um bom planejamento do conteúdo que você irá ministrar durante o tempo de curso, assim conseguirá garantir o cumprimento dos prazos e um melhor aprendizado dos alunos. Além disso, com um planejamento inicial, será mais fácil seguir o primeiro passo, de entender os seus alunos e as suas dificuldades e fazer adaptações no planejamento, caso isso seja necessário.

E não só do curso como um todo, o planejamento aula a aula é essencial para o sucesso da sua metodologia. Fazer um plano de aula é tarefa que todo professor deve executar antes de todas as aulas, afinal, é esse documento que irá te guiar durante o processo de elaboração das aulas, durante a lição e até mesmo após, para mensurar se os objetivos estabelecidos foram alcançados.

Confira algumas dicas para fazer planos de aula efetivos!

4. Esteja aberto para dialogar com seus alunos.

Além de gerar uma boa relação com os seus alunos, estar aberto a ouvií-los e conversar com eles pode trazer diversas outras vantagens!

Já falamos sobre a importância de saber ouvir feedbacks, aprender com eles e se desenvolver, certo? Abrindo espaço para dialogar com seus alunos, esses feedbacks virão de forma muito mais natural e positiva!

Não é possível obrigar ninguém a falar se este não for o interesse genuíno da pessoa, por isso o seu papel é apenas o de deixar claro que você está disponível para os alunos e que eles podem te procurar para conversar abertamente sobre as aulas, as expectativas do curso e demais assuntos relevantes para o sucesso do curso.

Conclusão

A internet facilitou – e muito! – as nossas interações. Hoje somos capazes de compartilhar conteúdos com pessoas em diversos locais do mundo e a qualquer hora do dia. Isso é muito positivo e pode ser usado para ajudar pessoas espalhadas por cada canto do planeta.

Já imaginou que o conhecimento que você tem aí, guardadinho dentro de você, pode ser útil para uma outra pessoa?

Que tal começar a se aventurar nesse mundo e ser um professor online? Além de compartilhar conhecimento, você também pode fazer disso uma fonte de renda, sabia? Se você quer entender mais sobre o mundo do ensino a distância, conheça esse infográfico que preparamos sobre os professores online e confira tudo que você precisa saber no caminho para se tornar um.

guia para se tornar um professor online


Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários