• Blog
  • >
  • EAD
  • Tecnologia na sala de aula: como utilizar para aumentar o engajamento dos alunos.

Tecnologia na sala de aula: como utilizar para aumentar o engajamento dos alunos.

Hoje em dia não se fala em avanço sem se falar de tecnologia. A maior parte dos negócios utiliza da tecnologia para se atualizar constantemente e mais rapidamente, impulsionando suas atividades. Quando a gente fala de educação, o raciocínio deve ser o mesmo, a gente só consegue avançar com tecnologia na sala de aula. 

Em um ambiente educacional, soluções tecnológicas são importantes para otimizar processos ao mesmo tempo em que custos são reduzidos. Além disso, usar tecnologia na sala de aula pode ajudar os professores a reter a atenção dos alunos, fazendo com que estes estejam mais motivados para se engajar nas aulas. 

Neste artigo vamos te dar um panorama geral sobre o uso da tecnologia em um ambiente de sala de aula. Descubra como usar essa poderosa ferramenta para melhorar a comunicação com os estudantes, alavancar o crescimento e desenvolvimento da instituição de ensino e ter alunos cada vez mais engajados.

Dentre as tecnologias mais comuns no EAD hoje em dia, confira como os vídeos online podem ser essenciais para o sucesso do ensino a distância neste material gratuito:

importancia de videos online para o ead

Por que usar a tecnologia na sala de aula? 

As vantagens do uso da tecnologia na sala de aula são diversos e podem ser sentidos por qualquer tipo de instituição de ensino, seja do nível básico ao superior.

É importante que você saiba que a tecnologia aliada à educação permite que o conhecimento seja melhor difundido, gerando cidadãos capazes de pensar criticamente e capazes de fazer com que o processo de atualização e busca de conhecimento seja um processo constante.

Trazendo benefícios para os alunos, o uso da tecnologia na sala de aula também gera, também, benefícios para as instituições, uma vez que elas se tornam cada vez mais desenvolvidas e apresentam um diferencial competitivo frente a outras empresas do ramo.

Use a tecnologia para se conectar mais efetivamente com os seus alunos, criando portais de comunicação com eles, por exemplo. Use para fortalecer a marca da sua instituição, personalizando conteúdos e materiais de ensino. Também use a tecnologia para se adequar ao que a nova geração procura e se dá bem, uma vez que as novas gerações já nascem conectadas e a tecnologia faz parte de seu dia a dia.

Deu para ver como a tecnologia pode ser importante quando usada corretamente, mas como aplicá-la de maneira real em uma sala de aula? Veja as dicas que separamos abaixo para você: 

4 dicas de como realmente usar a tecnologia na sala de aula.

1. Use de gamificação.

Você sabe o que é gamificação? O termo tem se tornado cada vez mais popular por utilizar a dinâmica que os games (jogos) têm para engajar pessoas de acordo com os objetivos das organizações. 

A gamificação, ou gamification, pode ser usada também na sala de aula para engajar os alunos. A ideia neste caso é criar desafios que se tornam cada vez mais complexos, conforme o aluno avança, da mesma maneira que acontece em um videogame. Os desafios devem estimular os alunos a superarem os seus limites e aprenderem os conteúdos através disso. 

Usando a gamificação na sala de aula é possível fazer com que os alunos mantenham o foco nas atividades e tarefas que precisam executar, mas tome cuidado para deixar um clima de competição saudável. 

A principal vantagem dessa dica é permitir que o processo de aprendizagem seja feito de maneira divertida, que os alunos gostem e aproveitem dos desafios para praticar o conhecimento e fixar o conteúdo apresentado na sala de aula. Lembre-se de promover desafios cada vez mais complexos através da gamificação, quando o aluno cumpre um desafio, ele passa para o próximo, avançando em nível de complexidade. 

2. Aproveite os recursos avançados dos livros digitais.

Os livros digitais são cada vez mais acessíveis e esse avanço nos últimos anos se deu pela popularização dos e-readers, como o Kindle, Kobo e Lev. Além dos dispositivos construídos para proporcionar uma boa experiência de leitura de livros digitais, os smartphones e tablets também ajudaram esse formato de livro se popularizar. 

Essa nova tecnologia também está sendo aderida dentro das salas de aula. Por serem mais modernos, os livros digitais conseguem explorar funcionalidades que o livro físico tradicional não consegue, como imagens 3D, vídeos no meio dos conteúdos, dicionários e tradutores dentro dos livros e a possibilidades de fazer recortes, grifos, desenhos ou o que mais for para que o processo de leitura e aprendizado se torna mais efetivo. 

Além de serem mais leves, possibilitando que um mesmo dispositivo carregue milhares de livros dentro de si, os recursos de um livro digital auxiliam a conexão entre os professores e alunos, gerando engajamento e um processo de aprendizagem mais fluido. 

3. Disponibilize conteúdos extras online.

Quando o assunto é aprender, não existe um ponto final, é necessário adquirir conhecimento constantemente para estar sempre atualizado. Isso vale tanto para alunos quanto para os professores. 

Quando falamos do corpo docente pode ser mais complicado manter o processo de estudo e aprendizagem constante, uma vez que se tem uma rotina mais atarefada e muitas vezes o tempo se torna escasso para conseguir conciliar idas a cursos e palestras. Porém, optar por conteúdos disponíveis online pode ser a solução, fazendo cursos online e participando de seminários digitais, por exemplo. 

A mesma lógica se dá com os alunos. Muitas vezes é possível ampliar o conhecimento dos alunos disponibilizando conteúdos extras que os estudantes consigam acessar em um ambiente online, para complementar o que foi ensinado na sala de aula. Assim o aluno também concilia o estudo em casa com a sua própria rotina e ritmo.

4. Aplique atividades avaliativas online.

O processo de aplicação de avaliações online pode ser um grande aliado na hora de medir os resultados dos alunos e poupar o tempo de uma correção manual. Nesse tipo de atividade, é possível fazer uma correção automatizada das questões e gerar relatórios do desempenho dos alunos, mantendo as informações sobre os estudantes cada vez mais atualizadas. 

Por meio das atividades avaliativas aplicadas online, é possível gerar diferentes dados, como as habilidades mais fortes de cada aluno, a porcentagem de alunos que marca cada alternativa, entre outras informações que dificilmente seriam analisadas com um processo de correção manual.

Com os dados gerados é possível pensar em atividades e processos na sala de aula para desenvolver os pontos mais fracos, motivando o aluno a ampliar o seu conhecimento. Assim, todo o tempo gasto corrigindo as avaliações, pode ser melhor empregado no desenvolvimento dos alunos e na aprimoração das práticas pedagógicas do professor. 


A sociedade se transforma e se atualiza constantemente e a tecnologia faz parte desse processo. Podemos falar o mesmo da educação. Quando a tecnologia permeia os processos educacionais, ela permite que as maneiras de obter conhecimento sejam atualizadas e os processos pedagógicos revistos. 

A tecnologia usada de maneira correta aproxima os alunos dos professores e deixa ambas as partes mais motivadas e engajadas a desempenhar as suas funções, uma vez que os resultados positivos podem ser facilmente vistos. 

Chegou a hora de arregaçar as mangas e fazer com que a tecnologia faça parte do dia a dia da sua instituição e dos seus alunos. Vamos nessa? Para conhecer um pouco mais a fundo uma das tecnologias citadas nesse artigo, você pode baixar esse material sobre gamification e aprender como implementar jogos no aprendizado! Confira.


infografico sobre gamification para incorporar tecnologia na sala de aula

Por: Samba Tech

A Samba Tech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários