Tecnologia em recursos humanos: como utilizar ferramentas tecnológicas para aprimorar processos.

Tecnologia em recursos humanos: como utilizar ferramentas tecnológicas para aprimorar processos.

O avanço tecnológico tem trazido benefícios para diversas áreas de atuação e com o RH não é diferente. A utilização de tecnologia em recursos humanos é um artifício poderoso para desenvolver uma área de RH que se mostre cada vez mais capacitada. 

As tendências são diversas e o importante neste ponto é saber identificar dentre todas as novas ferramentas criadas, àquelas que melhor vão suprir as necessidades do RH de sua empresa. A tecnologia em recursos humanos é capaz de proporcionar variados benefícios no processo de gestão de pessoas, tornando atividades rotineiras mais rápidas, aumentando a qualidade do serviço e ajudando o RH a se tornar um setor mais estratégico dentro das organizações. 

Apesar do aumento de popularidade nos últimos tempos, a utilização de tecnologias no RH ainda é um assunto novo e pode gerar dúvidas para empresas que não detém grande conhecimento sobre o tema. Neste artigo nós vamos falar mais sobre a tecnologia em recursos humanos e sanar as principais dúvidas que o tema apresenta. Continue lendo para descobrir como a tecnologia pode ser utilizada para melhorar o RH da sua empresa.

 Neste kit a seguir você pode conferir materiais completamente indispensáveis para profissionais de RH. Para baixar é só clicar aqui ou na imagem abaixo.

kit de materiais indispensaveis para profissionais de recursos humanos

A tecnologia em recursos humanos.

Novas tecnologias são construídas diariamente. Cada novo avanço tecnológico descoberto pode ser benéfico quando bem utilizado e o mesmo acontece no RH. O uso de tecnologia em recursos humanos possibilita um setor de RH mais modernizado e estratégico. 

São várias as tecnologias de RH disponíveis no mercado, cada uma delas pode ser utilizada com um objetivo diferente e por isso é importante conhecer as principais ferramentas: 

1. Sistema de gestão de pessoas.

A primeira tecnologia deve ser utilizada para reunir todas as informações sobre os profissionais de uma empresa dentro de uma mesma plataforma. O sistema de gestão de pessoas é uma tecnologia utilizada em recursos humanos para poder fazer um controle adequado do ponto, banco de horas, relatório de férias, holerites, indicadores de desempenho e quaisquer outros dados que a empresa precise ou deseje armazenar.

Neste sistema é possível reunir em um único lugar informações dos funcionários que podem ser facilmente acessadas através da ferramenta. Com o armazenamento e categorização de tais dados é possível criar visões e análises para que a empresa consiga tomar decisões futuras mais certeiras, uma vez que serão baseadas em dados, além de facilitar o processo de gestão de pessoas. 

2. Crowdsourcing.

Os crowdsourcings também são conhecidos como “plataformas colaborativas” e permitem que a empresa envolva em projetos da organização, tanto profissionais internos como profissionais externos. A ideia com o crowdsourcing é que os participantes de determinado projeto consigam acessar o sistema de qualquer computador, sendo capazes de interagir uns com os outros sobre a demanda vigente. 

Com as plataformas colaborativas é possível que a empresa monitore e selecione as melhores soluções apresentadas, quer seja por seus próprios funcionários, ou por profissionais externos. Por meio dessa funcionalidade mais contribuições dentro de um mesmo projeto são geradas. 

3. People Analytics.

O People Analytics é uma tecnologia em recursos humanos que usa do business intelligence e do big data para mapear dados técnicos e de comportamento dos candidatos a uma vaga e dos funcionários já trabalhando na empresa. 

Cada vez mais importante, o uso de dados é capaz de auxiliar as organizações a identificar padrões de comportamento, deficiências técnicas nos funcionários, tomar decisões estratégicas de investimento, definições de liderança e criar treinamentos que mais sejam vantajosos para a empresa. 

4. Aplicativos.

A popularidade dos aplicativos é uma realidade não só para o usuário comum, pessoa física, como para as empresas. A ideia dos aplicativos nas organizações é ajudar as empresas a terem processos de recrutamento e seleção mais dinâmicos. 

Em resumo, os aplicativos usados para esse fim funcionam da seguinte maneira: quando algum profissional tem interesse em se candidatar a uma vaga, ele baixa o aplicativo da empresa e, por meio dele, se inscreve na vaga desejada e acompanha todas as etapas do processo seletivo no app. 

Além de ser vantajoso para o profissional, que fica informado sobre os avanços da vaga, o uso de aplicativos como uma tecnologia em recursos humanos é vantajoso também para as empresas. Isso se dá pois o app faz a triagem dos currículos, se comunica com os candidatos e abre portas para profissionais mais jovens e tecnológicos, alinhados com a cultura da organização, ingressarem na empresa. 

5. Redes sociais corporativas.

As redes sociais atraem a atenção de milhões de pessoas pelo mundo todo pela facilidade com que elas proporcionam a interação e comunicação entre usuários. 

A dinâmica apresentada pelas redes sociais também pode ser bem utilizada entre de uma organização. Deste pensamento surgiram as redes sociais corporativas, que buscam melhorar o fluxo de comunicação interna. A ideia é que os membros da equipe sejam capazes de vivenciar uma troca de mensagens feita de maneira mais dinâmica, se aproximando uns dos outros, obtendo respostas mais rápidas e criando uma rede de ajuda mútua, tudo isso de forma segura, pois acontecerá dentro de uma rede da própria organização, evitando que informações sigilosas venham a público, por exemplo. 

6. E-learning.

Como último exemplo é possível considerar a tecnologia de e-learning. O e-learning é uma ótima opção principalmente para treinamentos corporativos. Ao invés de despender volumosos gastos com aluguel de espaços físicos, transporte dos funcionários para eventos e palestras, impressão de materiais, entre outras coisas, é possível criar conteúdos de treinamentos e disponibilizá-los em uma plataforma online, que pode ser acessada de qualquer dispositivo, a qualquer hora e por qualquer funcionário. 

Além disso, também é possível acompanhar o progresso dos profissionais nos cursos, fazer avaliações e descobrir os principais pontos de atenção que precisam ser trabalhados em novos treinamentos. 


O uso de tecnologia em recursos humanos traz diversos benefícios para as organizações e é o mais novo movimento da transformação digital dentro das corporações. As tecnologias podem ser utilizadas para otimizar processos, agilizar contratações, consertar falhas mais rapidamente, criar processos seletivos mais eficazes, treinar funcionários e criar profissionais mais capacitados, entre outros benefícios. 

É importante destacar que qualquer empresa pode aplicar a tecnologia em sua área de recursos humanos, seja uma empresa grande ou uma empresa de pequeno porte, o importante é selecionar a tecnologia que mais tenha a colaborar com as necessidades da organização.

No infográfico abaixo você pode conferir 10 princípios para criar bons treinamentos e impulsionar ainda mais as ações de RH da sua empresa!

como criar um treinamento de alto impacto com tecnologia para recursos humanos

Por: Débora Gomes

Especialista em marketing inbound e responsável pela estratégia de conteúdo do Blog da Samba. :)

Contribua com este post nos comentários