7 lições de marketing que aprendi com os vendedores ambulantes de praia

lições de marketing

Olá, eu sou a Izabela e vou estrear o “Enredos da Samba”, seção em que um funcionário que não seja do time de conteúdo, é convidado para escrever um artigo para este Blog. Sou designer de conversão no time de comunicação da Samba Tech e nunca havia escrito nada para a empresa. Porém, a partir do convite e de uma viagem à praia, tive inspiração para criar este artigo.

Recentemente, passei minhas férias no Rio de Janeiro, onde tive contato com vários vendedores ambulantes de praia e, durante esse tempo, observei as estratégias de marketing que eles, mesmo inconscientemente, utilizam para realizar suas vendas. Quando parei pra analisar, reparei que elas dão ótimas lições de marketing e podem ser aplicadas em qualquer negócio relacionado com vendas.

A concorrência entre esses ambulantes é grande, porque várias pessoas vendem o mesmo produto.  Sendo assim, é preciso “quebrar a cabeça” para encontrar meios de se destacar e ganhar a preferência do consumidor, e é nesse momento que ótimas estratégias de vendas são criadas.

Então, com base nessas observações, listei 7 lições de marketing para você se inspirar e aplicar no seu negócio.

Vamos lá!

01. Dê adjetivos para o seu produto para despertar mais interesse no consumidor

Imagine que você esteja na praia, morrendo de calor, e escute alguém gritando: “Olha a cerveja gelada!”. Você pode até não notar, mas o adjetivo “gelada”, provavelmente te remeterá a resolução do seu problema, que é o calor, e aumentará sua vontade de comprar a cerveja.

Esse caso exemplifica como mostrar as qualidades de um produto e a resolução de um problema logo na oferta inicial, é algo que acelera o desejo de compra. Não é sempre que o consumidor sabe o que ele quer comprar e o por quê, por isso, é importante você deixar os benefícios claros.

Além do mais, todo mundo prefere comprar a “cerveja gelada” ou a “empada quentinha”, em vez de somente a cerveja ou a empada. Os adjetivos ajudam a criar mais valor para seu produto, deixando-o claramente mais atrativo e desejado.

Experimente adicionar adjetivos em suas ofertas e meça os resultados!

02. Construa algum detalhe que te faça único

“Eu te darei o céu meu bem e um picolé cai bem”

Esse era o jingle cantado por um vendedor de picolés que conheci em uma viagem à praia que fiz anos atrás. Lembro dele até hoje não pelos picolés, pois vários outros vendedores  ofereciam produtos idênticos, mas pela paródia que ele cantava e que fazia com que eu o identificasse de longe.

Hoje em dia, com o mercado cada vez mais concorrido e com ofertas de mercadorias muito parecidas, é importante que você encontre formas de se destacar além do seu produto ou serviço. Procure algum ponto em que você seja único e inovador e invista nele para se destacar frente aos seus concorrentes.

03. Esteja sempre presente

Se o seu cliente estiver morrendo de sede e você não estiver por perto, mesmo que ele goste muito do seu serviço, provavelmente comprará a água do concorrente. Ele tem uma necessidade e ela precisa ser atendida, seja por você ou por outro.

Por isso é tão importante você estar sempre disponível para o seu cliente. Estar disponível não significa trabalhar de domingo a domingo, 24hrs por dia, mas ter canais, como por exemplo e-mails, sites, anúncios, formulários de contatos e telefones, que possibilitem que o cliente te encontre mesmo que você não esteja fisicamente do lado dele. Isso facilita a aproximação entre sua marca e o cliente, faz com que ele veja que a empresa está sempre presente e evita que ele “beba a água do concorrente.”.

04. Não passe despercebido mas também não incomode o seu cliente na abordagem

Sabe aquele vendedor que te aborda de forma invasiva para oferecer alguma coisa enquanto você está tranquilo curtindo uma praia? Da uma sensação de invasão horrível, né!? Porém se o vendedor passar pela areia mudo, sem mostrar nenhuma placa, e sem abordar ninguém, ele provavelmente não será notado e não fará nenhuma venda.

Assim como ocorre com esses vendedores ambulantes, uma empresa não deve ser invasiva, incômoda, mas também precisa marcar presença frente a concorrência. Ou seja, o segredo é achar um meio termo na divulgação para ser notada sem incomodar o cliente.

Tomar cuidado com a compra e venda de informações de pessoas, com a linguagem dos anúncios e suas estratégias de retargueting e interação, já é um bom começo.

05. Seja bem humorado

Já imaginou andar na praia de ponta a ponta, o dia todo, oferecendo o seu produto com aquele sol escaldante? Deve ser muito desgastante, né?! Mesmo assim é raro encontrar algum ambulante que transmita essa sensação para o cliente. Muito pelo contrário, a maioria dos vendedores de praia são bem humorados e simpáticos, o que ajuda muito nas vendas.

Siga esse exemplo e não leve o estresse do trabalho para suas negociações. Trate o cliente bem, não deixe que ele note qualquer problema interno da empresa e garanta sua satisfação do início ao fim.

06. Caracterize-se

É muito mais legal comprar um acarajé de alguém fantasiado de baiana, certo? E comprar aquela esfiha do vendedor vestido de Árabe? Tem até um gosto diferente!

Com essa caracterização, o vendedor traz toda a experiência do contexto do que ele está vendendo para o cliente e deixa seu produto muito mais atrativo. É como se fosse um storytelling, em que o vendedor utiliza recursos visuais para transmitir a história do seu produto e assim reforçar aspectos como tradição, gosto, cultura e muito mais!.

Seguindo esse exemplo, procure algo que represente a história do seu produto e tente inserir no seu marketing. Essa caracterização humaniza o que você está vendendo, e faz o seu cliente se envolver mais com sua marca.

07. Depois de fazer a venda, ofereça a melhor experiência possível para seu cliente

Não adianta vender um queijo coalho e entregá-lo para o cliente todo queimado, ou ser grosso na hora de se despedir. Afinal, você pode até ter garantido o dinheiro de uma venda, porém se o cliente não ficar satisfeito com o serviço e o tratamento, ele não voltará a comprar de você e nem te indicará para outras pessoas.

Em uma era em que todos estão conectados e o consumidor tem cada vez mais voz e representatividade, principalmente pela internet, não entregar o prometido em sua oferta, tratar as pessoas com indiferença ou rudeza, pode acabar com todas as suas chances de fidelizar um cliente e isso pode representar o fracasso do seu negócio.  

Lembre-se que tão importante quanto realizar uma venda, é garantir uma boa experiência para o cliente para que ele seja fidelizado e nem pense em apelar para a concorrência.


Agora que você já conferiu as 7 dicas, viu como elas não estão tão distantes assim da realidade do seu negócio? Tanto na praia quanto na sua empresa, elas são diferenciais para que você se torne mais competitivo e único.

E você, também aprendeu algumas lições de marketing de forma inusitada? Então compartilhe comigo nos comentários. Vamos trocar experiências!

lições de marketing

Por: Izabela Lima

Coordenadora de Design no time de Marketing da Samba Tech. É especialista de design de conversão e em otimizações para o aumento da geração de leads e oportunidades.

Contribua com este post nos comentários