Não transforme sua Black Friday em uma Black Fraude!

Uma das datas mais esperadas por consumidores hoje em dia, a Black Friday já está marcada nos calendários ao redor do Brasil. Quem não gosta de uma oportunidade de pagar mais barato nos bens de consumo que sempre desejou, certo? Mas será que estão pagando mais barato mesmo?

Aqui no país, a data já até ganhou o apelido carinhoso de “Black Fraude”, devido a tantas reclamações e problemas relacionados às empresas tentando tirar proveito dando descontos falsos ou até mesmo não entregando os produtos ao consumidor final. Com isso, a desconfiança não para de crescer, o que pode acabar freando um pouco as suas vendas

Então, se você é empreendedor, como aproveitar a data para vender bem sem transformar a sua Black Friday em uma Black Fraude?

Confira algumas dicas de boas práticas para ter sucesso na Black Friday como empreendedor e alcançar ainda mais clientes para potencializar suas vendas.

O que é a Black Friday?

Neste artigo aqui já contamos a história de como surgiu a Black Friday lá nos Estados Unidos e porque a data tem esse nome. De toda forma, é importante entender que esse dia é marcado pelo alto volume de compras e vendas, sendo considerada uma data importantíssima para o comércio.

Ela acontece na terceira sexta feira de novembro, por ser logo após o feriado móvel de Ação de Graças. Em 2019, porém, como o feriado vai acontecer na última quinta feira do mês, a Black Friday também será um pouco mais tarde, marcada para o dia 29, última sexta feira do mês.

De modo geral, a Black Friday oferece produtos e serviços (viagens por exemplo) com até 80% de desconto e, por isso, tem se tornado um dia muito importante para movimentar a economia e, possivelmente, até tirar alguns negócios do vermelho. Muita gente aproveita os descontos para adiantar as compras de Natal, por exemplo, então, ela é considerada uma data muito versátil e útil para empreendedores em geral.

Aqui no Brasil, ainda que a tradição ainda seja recente, a Black Friday vem se estabelecendo há alguns anos.

Como é a Black Friday no Brasil?

Você com certeza já viu sites e lojas físicas anunciando a Black Friday esse ano. E em alguns casos, a data deixa de ser apenas um dia e passa a ser Black Week e até Black November. Cada vez mais os negócios aproveitam a onda para impulsionar as vendas e os clientes já deixam a data marcada para comprarem.

Mas como a internet já é um ambiente com maior possibilidade de golpes e descontos consideráveis demais atraem muito, a Black Friday, há alguns anos, chegou a ser chamada de Black Fraude devido a quantidade de golpes e negócios frustrados. 

Você já ouviu falar neste termo?

Black Fraude?

“Tudo pela metade do dobro”. É assim que muita gente descreve a Black Friday até hoje. Esse slogan nada positivo é baseado em um costume comum dos sites de aumentarem o preço de um determinado produto na véspera da BF e, no dia, anunciar com “descontos” exorbitantes, ainda que o preço ainda seja o mesmo ou, em algumas vezes, até maior.

Se no primeiro ano isso funcionou (para os lojistas) e eles foram bem sucedidos em enganar vários clientes e aumentar as vendas, hoje em dia já é quase impossível passar batido. Órgãos como o Procon e sites como Reclame Aqui estão de olho nas práticas dos negócios, buscando proteger os consumidores de serem lesados.

Como um marketing negativo tem o poder de acabar com as vendas de um negócio, é essencial que você não transforme a sua Black Friday em uma Black Fraude! Confira algumas dicas para ter sucesso na data promocional e aumentar suas vendas conquistando novos clientes.

Dicas para não transformar sua Black Friday em Black Fraude.

Confira algumas dicas que podem ajudar sua empresa a aproveitar a Black Friday para vender mais, sem risco de fraudes para clientes.

Conheça seu público.

O primeiro passo para realizar qualquer ação de marketing é saber exatamente com quem você trabalha e quem você quer atingir. Com as informações do seu público em mente fica muito mais fácil direcionar suas ações e saber como você irá conseguir chamar atenção dele.

Então, a primeira coisa que você deve fazer é reunir as informações do seu público e, principalmente, os hábitos de compra dele.

A partir disso é hora de bolar ações personalizadas.

Não dê falsos descontos.

Uma das reclamações mais comuns é a dos falsos descontos (o tal ‘metade do dobro’) que ficaram muito famosos nos últimos tempos. Muitas vezes, estratégias de desconto não têm a ver somente com números de vendas, e sim, de aquisição de novos clientes. Quando você consegue novos clientes, pode criar estratégias de fidelização para garantir que eles continuarão comprando seus produtos ou serviços. Para fidelizar clientes é importante que eles não se sintam enganados, afinal, se caírem em golpes, dificilmente voltarão a comprar contigo de novo e, além disso, farão marketing negativo, diminuindo suas possibilidades de novas vendas. 

Se a estratégia escolhida for dar descontos, dê descontos de verdade para realmente encantar clientes que virarão clientes fiéis.

Certifique-se que consegue entregar todos os produtos.

Se o seu negócio é uma loja virtual, principalmente, ter um excelente controle de estoque é essencial na Black Friday. Promoções que possuem potencial de alto volume de compras podem ser imprevisíveis e você pode acabar vendendo ainda mais do que planejou. Mas isso é algo ruim? Pode se tornar se você não tiver cuidado!

Uma reclamação muito recorrente nos últimos anos em relação a essa data é, exatamente, clientes que compraram produtos, pagaram por eles para, depois de alguns dias, receberem notificações de que os produtos estavam esgotados. Esse tipo de frustração, além de gerar bastante dor de cabeça, pode também acabar com as chances desses clientes voltarem à sua loja. 

Então, a dica é: programe-se! Controle o estoque e acompanhe as vendas de perto. Se um produto estiver esgotado, isso precisa ser atualizado imediatamente.

Segurança é essencial!

Em dias considerados como ‘normais’ a internet já pode ser perigosa para golpes e roubo de dados, não é? Em dias que a expectativa é de ter muitas vendas e transações online esse perigo fica ainda mais evidente. Se você quer garantir que a Black Friday do seu negócio, independente de qual ele seja, se torne um sucesso, tem que pensar na segurança da compra dos consumidores. 

Verifique o seu site ou ambiente virtual quanto à segurança, os certificados, pirataria e muito mais. Quanto menos desconfiança, menos barreiras entre sua empresa e seus futuros clientes.

Treine bem os funcionários.

E se o seu negócio funcionar mais em lojas físicas, qual é uma boa dica para preparar para a Black Friday? Treinamento!

Datas com muito movimento são um prato cheio para clientes insatisfeitos reclamarem e fazerem marketing negativo. Para evitar ao máximo esse tipo de situação é imprescindível que todos os colaboradores estejam alinhados, informados sobre as promoções, os produtos e muito mais. E claro, a melhor forma de garantir que isso aconteça é com bastante treinamento e preparação.

É importante também entender que os treinamentos devem ser voltados exatamente para a Black Friday, já que os processos, normalmente, funcionam de forma bem diferente nesse dia.

Não abra mão da qualidade.

Nada mais frustrante para o cliente do que um produto chegar ou um serviço ser oferecido com qualidade inferior por estar em promoção, não é mesmo? Não é só porque o preço está mais baixo que você deve tentar ‘compensar’ isso abrindo mão da qualidade. Com certeza essa prática é uma das que mais frustra clientes e impede que eles voltem a fazer negócio com você.

Aproveite a Black Friday para encantar novos clientes e mostrando, por meio dos seus produtos, porque você se destaca da concorrência.

Deixe claro as políticas de troca e devoluções.

Outra reclamação muito frequente é em relação às políticas de troca, cancelamentos e devoluções. Muitas vezes os produtos ou serviços não agradam e os clientes que, insatisfeitos, pedem troca ou devolução. Para não criar falsas expectativas e a sensação de que eles estão sendo enganados, já deixe bem claro desde o início qual a política de trocas da sua empresa.

Assim, a sinceridade evita problemas com mal entendidos e garante que os clientes estejam cientes, antes da compra, do que podem esperar em relação a ela.


Seguindo essas dicas é garantido que seu empreendimento não será mais um dentro do mar da Black Fraude! Aproveite essa data que, hoje, já está se tornando tão importante para o comércio no Brasil e estabeleça como referência no mercado, conseguindo conquistar cada vez mais clientes e, claro, encantá-los sempre.

Para alinhar ainda mais suas estratégias, você pode assistir ao webinar que preparamos, com ainda mais dicas para planejar e estruturar a sua Black Friday! Assista gratuitamente aqui e prepare-se!

webinar black friday

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários