• Blog
  • >
  • Insights
  • Como escolher a melhor câmera para gravar vídeos

Como escolher a melhor câmera para gravar vídeos

Você já deve ter reparado que o mundo digital está sendo dominado pelos vídeos, certo? São video-aulas, tutoriais, bate-papos e o que mais puder ser gravado. E se você está se preparando para se aventurar nesse mercado, uma das coisas mais importantes a se fazer é encontrar a melhor câmera para gravar vídeos.

Para ter bons resultados nesse processo de adaptação a esse mercado em expansão você vai precisar escolher a melhor câmera para gravar vídeos para seu projeto – afinal, a qualidade do seu vídeo vai ser a chave para o seu sucesso.

Nesse artigo, separamos algumas dicas para te ajudar escolher o melhor equipamento para gravar vídeos de maneira profissional, características e dicas de câmeras nas mais variadas faixas de preço, além de um tutorial em vídeo que vai te ajudar a ter sucesso nas suas produções.

Vamos lá?

Baixe também e-book e saiba do que você precisa para montar seu próprio estúdio de gravação – mesmo com baixo orçamento.

melhor camera para gravar videos e para montar estudio de gravacao

Como escolher a melhor câmera para gravar vídeos

A câmera é uma das partes mais importantes na hora de gravar um conteúdo audiovisual – afinal, sem ela não haveria vídeo – e, exatamente por isso, você deve escolher a que melhor te atende, tanto em termos de orçamento, quanto em termos de objetivos de produção.
Mas é importante lembrar que você não precisa somente de uma boa câmera para gravar vídeos excelentes. Uma câmera que seja boa vai te dar mais possibilidades na hora de criar, porém, é importante também estudar um pouquinho sobre questões técnicas para conseguir extrair o máximo que puder da sua câmera. Por exemplo, para além da câmera, é bom pensar em iluminação do ambiente, edição, qualidade de áudio e até mesmo o cenário. E é claro, o que é mais importante ainda: o seu conteúdo!

Resumindo: A câmera não é tudo na hora de gravar um bom vídeo, mas é uma parte muito importante! Como somos seres bem visuais, uma bela imagem influencia muito na nossa impressão de um vídeo. Uma câmera mais profissional captura uma imagem mais rica, e aliada ao domínio do processo de edição, ela pode se tornar mais nítida, mais cheia de cor e mais viva!

Pensando nisso, esse artigo vai te ajudar a escolher a melhor câmera para gravar vídeos de ótima qualidade. E, mais importante ainda, a câmera que irá funcionar melhor para o seu propósito. Por exemplo, se você quer gravar vídeos de aventura ou esportes radicais, uma câmera grande (que tenha lentes grandes também) não irá te atender, afinal, ela pode sofrer impacto e se quebrar. Mas se o seu objetivo é gravar uma vídeo-aula em um estúdio caseiro, ela pode ser a ideal.

Então vamos lá? Confira algumas dicas de modelos e suas funcionalidades para escolher:

Câmeras de smartphones

Se você não possui ou não quer investir cerca de R$3.000 em uma câmera semi ou profissional, existem outras opções: você também pode gravar seu vídeo usando uma câmera de smartphone!

Hoje em dia a maioria desses aparelhos já grava em HD (1280×720) ou FULL HD (1920×1080) e você pode usar seu smartphone e deixar para focar seu investimento em outros pontos necessários para uma boa filmagem – como iluminação e microfone. Assim, você consegue gastar menos e obter vídeos quase tão bons, em termos técnicos, quando comparados aos gravados com câmeras DSLR.

Uma das principais vantagens, além do preço mais acessível, é o fato de que você pode baixar aplicativos no próprio aparelho para tratar as imagens gravadas e ter mais controle sobre a filmagem e edição.

Dicas: Utilize a câmera traseira que, em geral, grava em melhor qualidade que a frontal. Além disso, coloque o celular na posição horizontal e busque nas configurações do aparelho como obter a melhor qualidade possível.

Além disso, é bom garantir, também, um tripé para o seu smartphone. Assim, além de facilitar o processo de filmagem, você consegue uma imagem estável! 

Câmeras compactas

As câmeras compactas são as mais fáceis de se operar. Elas entraram no mercado para substituir as analógicas. Muitas dessas câmeras compactas possuem a função vídeo também. Com os controles de imagem já automáticos, você não precisa se preocupar em configurar o ISO e a abertura do diafragma, por exemplo, na hora de utilizá-las. Essa falta de acesso às configurações, no entanto, pode acabar restringindo a criatividade de quem tem uma câmera para gravar vídeos compacta.

Em comparação às câmeras mais profissionais, as compactas apresentam uma menor qualidade de imagem, o que pode te deixar na mão em momentos de luzes mais baixas, à noite e até mesmo em ambientes fechados. O ideal é utilizar esta câmera para gravar vídeos caseiros e em ambientes mais iluminados. Dessa forma é possível extrair a melhor imagem possível.

Pequenas, baratas e de fácil transporte, essas câmeras são ideais para fotografar momentos cotidianos daqueles que não se preocupam em atribuir qualidade profissional às imagens. Para o propósito de gravação, no entanto, elas deixam um pouco a desejar quando comparada às chamadas câmeras DSLR.

Nikon Coolpix

Câmeras DSLR

Já a DSLR é uma câmera para gravar vídeos mais profissionais. A sigla DSLR significa Digital Single Lens Reflex. O modelo reflex tem a premissa de que a imagem que está enquadrada diz respeito ao que realmente sairá na foto, ao contrário das máquinas fotográficas antigas, que possuíam um visor que não era ligado ao que seria registrado no filme. As DSLR revolucionaram o mercado da produção audiovisual. Antes usadas apenas para fotografia, essas câmeras ganharam a opção de gravar imagens em movimento e, pelo fato de serem compactas e possuírem muita qualidade, passaram a ser adotadas em quase todos os tipos de produção de vídeos, já que o material gerado possui um aspecto um pouco mais cinematográfico.

Essas câmeras são mais robustas e apresentam um nível superior de imagem, controle e estabilidade se comparadas às câmeras digitais compactas – atrativos que sem dúvida facilitarão suas produções e deixarão seus vídeos com um aspecto mais profissional. Porém, são câmeras um pouco mais complexas de se trabalhar, por possuírem todos os comandos no modo manual. Mas não se preocupe, se essa for a sua escolha, elas também possuem modos automáticos, que geram resultados satisfatórios.

Vale a pena dar preferência às câmeras para gravar vídeos Full HD, pois a qualidade da imagem será a sua maior aliada na hora da gravação. Além disso, optar pelos equipamentos com tela móvel vai facilitar muito a sua vida quando você tiver que gravar sem a ajuda de alguém. Então, dê atenção especial a esse detalhe na hora de comprar sua máquina.

Pensando nessas especificações, os modelos t5i, t6i e t7i são DSLRs bastante usadas e recomendadas, porém, são um pouco mais complexas de se mexer. Para se trabalhar com essas, é importante tirar uns dias para estudar um pouquinho e, com toda certeza, ler o manual de instruções dela.

Uma das maiores vantagens desses modelos é que as Canon T6i e T7i contam com um sistema de Wi-Fi, apresentando uma alternativa de transferência de arquivos para outros dispositivos além do cartão de memória.

Canon T5i e T6i

Você também pode optar pelos modelos da Nikon. A Nikon D5200, por exemplo, conta com um microfone de alta qualidade já embutido e também trabalha com sistema de Wi-Fi.

E se você realmente se preocupa com a qualidade do seu áudio, vai gostar desse artigo aqui, que fala tudo sobre gravação e edição de áudio para vídeo.

Nikon D5200

Todas essas câmeras podem ser encontradas em uma variação de preço entre R$1.500 e R$3.000, aproximadamente.  

E não se esqueça: se optar por gravar seus vídeos com alguma câmera DSLR você também vai precisar de um microfone, cartão de memória, um tripé e uma bolsa de transporte para o aparelho.

Filmadoras

Você pode optar também pela aquisição de uma câmera filmadora. Hoje em dia, podem não ser tão relevantes no mercado, mas ainda têm o seu lugar. Por serem feitas com foco na produção de vídeos, essas filmadoras possuem melhor qualidade de áudio interno e saídas de vídeo limpas (sem informações do equipamento), o que as fazem ideias para transmissões ao vivo. Com lentes integradas com zoom potente, alguns modelos ainda têm entradas de áudio e fone de ouvido, além de suportar várias horas de filmagem.

No entanto, o investimento em câmeras filmadoras é maior: uma filmadora profissional varia em preços que ultrapassam 5 mil reais. Além disso, por serem equipamentos bem mais robustos, necessitam de uma maior habilidade na hora de serem operadas.

Filmadora Sony 4k

Em contrapartida, as filmadoras chamadas Camcorder, apesar de menos profissionais, são mais simples de operar e transportar – além de serem encontradas a um preço mais acessível.

Em termos de qualidade de vídeos, as Camcorder são similares às câmeras DSLR, mas a vantagem das máquinas fotográficas é o maior controle sobre algumas das configurações do equipamento (como profundidade de campo), o que torna as câmeras mais versáteis no sentido criativo da filmagem.

Filmadora Sony HDR-CX45

Câmeras esportivas

Entender qual a melhor câmera para cada ocasião é peça-chave no seu projeto. Como dito anteriormente, câmeras muito grandes não são ideias para gravar vídeos esportivos, por exemplo. Pensando exatamente nisso é que as câmeras esportivas ficaram tão populares hoje em dia.

Muito populares após a GoPro, essas câmeras são pequenas, práticas, versáteis e, melhor ainda, possuem uma qualidade incrível! Pensada exatamente para práticas esportivas, elas são a ferramenta correta para quem deseja documentar suas aventuras. É possível colocar suportes que as encaixam em equipamentos,capacetes e drones, por exemplo.

Muitas delas já são à prova d’água, o que tornam essas câmeras ainda mais especiais para o mercado dos vídeos de aventura e esportes.

Foto retirada da conta da GoPro no Instagram

Dicas para gravar vídeos ainda melhores

Planeje o roteiro

Para gravar um vídeo não basta apenas ligar a câmera – muito pelo contrário: antes de qualquer coisa você tem que planejar todo o conteúdo que ele vai abranger.

O que você quer dizer ao seu público e a forma como vai dizer tem um peso significante na hora da sua produção. A melhor forma de organizar todas as suas ideias é criando um roteiro de vídeo, que servirá como apoio na hora da gravação.

Aqui neste material você encontra o passo a passo para fazer um roteiro de vídeo simples que vai ajudar muito na hora da gravação. Confira!

ebooks para criação de roteiro para bons videos

Pense no cenário

Outro ponto que deve ser levado em consideração é o local onde você vai gravar seu vídeo.

Pense no que funciona mais para o seu objetivo: você pode gravar num estúdio, ao ar livre, ou até mesmo em algum cômodo da sua casa.

O importante aqui, independente da sua escolha, é o que estará aparecendo no quadro, isso é, o que será visto na imagem do vídeo.

Tente não deixar a imagem poluída: um cenário muito cheio pode te deixar perdido no meio da quadro e desviar a atenção de quem assiste – ou até mesmo incomodá-lo ao ponto de fazê-lo desistir de assistir.

Investir em cenários diferentes de tempos em tempos, inclusive, é uma ótima pedida para deixar seu canal de conteúdos mais dinâmico.

Atente ao enquadramento

Junto com o planejamento do cenário, é importante pensar o enquadramento do seu vídeo. Se você está gravando vídeos explicativos no estilo dos que produzimos para este post ou no de chroma-key, por exemplo, para garantir um bom posicionamento dos elementos e evitar que eles fiquem perto ou longe demais, tente sempre manter o ator ou elemento principal no centro da tela, a uma boa distância das bordas laterais e de cima.

Para tornar o processo de enquadramento mais fácil, basta usar os grids ou réguas, recursos disponíveis na maioria das câmeras e também em alguns aplicativos para celular. Essas ferramentas vão te dar uma noção melhor do espaço do quadro e, com elas, fica mais simples a orientação do lugar onde cada coisa aparece na tela.

enquadramento de camera para gravar videos

Saiba usar os controles da câmera ao seu favor

Agora que você já escolheu sua câmera, pensou no roteiro e planejou o cenário e o enquadramento, é hora de conseguir ajustar os controles da câmera para que seu vídeo tenha boa qualidade.

ISO

Primeiro, é preciso controlar o ISO de sua câmera.

ISO, na fotografia, é a sensibilidade do sensor da câmera à luz. Em termos práticos, quanto mais luz disponível na cena que você está fotografando ou filmando, menor deve ser a sensibilidade do sensor e, consequentemente, menor o valor do ISO.

Para ambientes com uma boa iluminação, como os em que foram gravados os vídeos do Pocket, é ideal que o ISO esteja definido entre mais ou menos 100 e 800. Vá fazendo testes e defina o ISO de acordo com suas necessidades.

Apenas tenha em mente que colocar seu ISO em um valor muito elevado, não é a solução perfeita para driblar a falta de iluminação. ISOs muito altos, podem acabar fazendo sua imagem perder em qualidade e deixar o resultado final com a imagem granulada como essa:

Abertura do diafragma

Controlar a abertura do diafragma da câmera também é essencial em termos de configuração do equipamento e é um ajuste complementar ao do ISO, realizado anteriormente. Isso porque um diafragma mais aberto, permite a passagem de mais luz para a câmera e gera imagens mais claras.

Para os vídeos do Pocket, nós usamos algo entre 2.8 e 5.6, mas sempre é bom definir esse número de acordo com suas necessidades.

Como esses ajustes são feitos de forma diferente para cada tipo de câmera, é sempre válido consultar o manual dos equipamentos (ou o Google) para não acabar mexendo naquilo que não devia e perder tempo demais com essas configurações.

Foco

Outro ponto super importante na hora de gravar seus vídeos, é o foco. Uma única cena gravada com o foco errado, pode comprometer toda a sua produção.

Algumas câmeras permitem que você faça o foco de forma manual ou automática. Independentemente da que você escolher, garanta que seus elementos principais- sejam atores, produtos ou um cenário qualquer – estejam totalmente nítidos e sejam o ponto de foco da filmagem.

Configurações de Smartphone

Se você não tem uma câmera, está gravando vídeos com seu celular e ficou preocupado por não poder realizar todos esses ajustes em seu aparelho, fique tranquilo!

Hoje já existem diversos aplicativos para smartphones que reproduzem as configurações e ajustes de uma câmera profissional, como foco, grid, iso, velocidade do obturador e abertura do diafragma, e que podem ser de grande ajuda na hora de fazer seus vídeos.

Alguns exemplos desse tipo de app são o Camera Plus Pro e o ProCamera, disponíveis para o sistema operacional iOS, e o FiLMiC Pro, disponível para o Android.

                                             

Camera Plus Pro e ProCamera

Mas, se você não quer perder tempo fazendo ajustes finos em sua câmera, ou não sabe direito como configurar seu equipamento nessas questões mais técnicas, tudo bem. A configuração automática dá conta do recado!

Só fique de olho no fotômetro, a setinha da câmera, que precisa estar sempre no meio. Caso isso não esteja ocorrendo, ajustes manuais são recomendados, uma vez que você pode acabar perdendo em qualidade de imagem e comprometendo todo seu vídeo.

Pense na iluminação

Com tudo isso pronto, está quase na hora de ligar a câmera e começar a gravar, mas, para que sua filmagem fique excelente falta ainda um passo: a iluminação do seu vídeo!

A iluminação de um vídeo faz mais diferença do que você imagina na hora de gravar, então atente-se a ela o máximo possível!

Aqui neste artigo você encontra um guia completo para iluminar suas produções e, o melhor: até mesmo com baixo orçamento.

Pronto! Agora você já pode escolher a melhor câmera para gravar vídeos de forma profissional e está apto a fazer filmagens dignas de um Oscar, garantindo o sucesso de seus materiais.


E aí, depois de aprender qual a melhor câmera para gravar vídeos incríves que tal conferir nesse infográfico como os produtores de conteúdo têm se adaptado nesse mercado? Confira gratuitamente aqui.

melhor camera para gravar videos do produtor de conteudo

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários