Como montar um negócio com pouco dinheiro

Cada vez mais os trabalhadores parecem buscar melhores salários, horários mais interessantes e, no geral, melhores condições de trabalho. Para muitas pessoas isso se traduz em empreender e se tornar seu próprio chefe. Porém, mesmo com muitos benefícios, abrir o próprio negócio ainda parece algo um pouco arriscado financeiramente, e por isso muitas dessas pessoas não tiram o sonho do papel. O que pouca gente sabe é que há como montar um negócio com pouco dinheiro, basta escolher bem o ramo de mercado, planejar muito e botar a mão na massa!

Existem vários empreendimentos que começaram com um investimento inicial abaixo dos R$15.000 e hoje faturam na casa dos milhões! Novas ferramentas na internet tornam muito mais possível e palpável o objetivo de ser dono do próprio negócio, sem que isso signifique o investimento de uma pequena fortuna. Quer conhecer um pouco mais sobre isso? Então confira tudo nesse artigo.

E claro, se você quer começar um novo negócio, nada melhor do que receber conselhos financeiros de quem mais entende do assunto, certo? Para isso, você pode assistir gratuitamente a esse seminário sobre dicas financeiras para quem quer começar a empreender. Confira:

dicas financeiras para quem quer comecar um negocio com pouco dinheiro

Planejamento

O primeiro passo para todo novo empreendimento é um bom planejamento. É na parte do planejamento que você irá analisar a viabilidade do seu negócio, estudar os hábitos do clientes, da concorrência, dos fornecedores e pensar em um plano de marketing. Para colocar todos esses pontos no papel, você pode começar escrevendo um plano de negócio, documento que reúne todas essas informações sobre um possível empreendimento e analisa, um pouco mais claramente, se há espaço no mercado para esse negócio.

Além de deixar todos os detalhes explicitados, um plano de negócios é um documento imprescindível para quem pretende buscar investidores ou parceiros, pois nele também serão apresentados dados de investimento inicial e projeções de lucro e retorno.

Mas atenção: O plano de negócios não é um documento de especulações e “achismos”, para escrevê-lo é preciso muita pesquisa e análise de dados reais. É a forma de analisar como o empreendimento será mais próxima da realidade possível.

Sucesso empreendendo com pouco dinheiro

É claro que para montar um novo negócio será preciso investir alguma quantidade de dinheiro em algumas áreas – como hospedagem de sites, aluguel, equipamentos e estoque -, porém, essa quantia não precisa ser assustadora. Existem, aqui mesmo no Brasil, histórias de sucesso de empreendedores que gastaram pouco e faturaram muito.

Para te inspirar, olha só alguns exemplos de empreendimentos que começaram com investimento inicial menor que 15 mil reais e conseguiram faturar na casa dos milhões!

B2Log: A empresa, considerada “Uber das mercadorias”, começou com um investimento de R$5.000,00 e faturou 2,2 milhões de reais em 2016.

Evnts: O empreendimento para reserva de hotéis online foi criada com um investimento de 10 mil reais e conseguiu faturar 2,2 milhões ano passado.

PremiaPão: A PremiaPão é uma rede de franquias de publicidade em sacos de pão. Criada a partir de um investimento inicial de 10 mil reais, a empresa chegou a faturar 3,5 milhões em 2016.

Balão da Informática: O Balão da Informática foi criado a partir da venda de um veículo. O empresário Fabrizio Marchese vendeu seu carro e, com 15 mil reais provenientes dessa negociação, abriu empresa. Hoje, o Balão da Informática fatura 10 milhões por mês.

Viu que é possível empreender gastando menos do que o necessário para comprar alguns veículos ou fazer uma viagem em família? Agora que você já sabe que pode ser feito, confira algumas dicas de como montar um negócio com pouco dinheiro para finalmente tirar sua ideia do papel! 😉

Dicas de como montar um negócio com pouco dinheiro

Depois do planejamento, está na hora de realmente pensar em botar a mão na massa, não é? Vale a pena conferir algumas dicas que vão te ajudar a abrir um negócio gastando pouco dinheiro.

Trabalhe com um nicho

Na hora de escrever o plano de negócios, você já pesquisou bastante sobre o mercado que quer atuar e como ele se comporta, certo? Provavelmente você já sabe dos benefícios de trabalhar com um mercado de nicho, mas essa é uma das dicas mais valiosas para quem quer empreender, especialmente com pouco dinheiro. Pense na seguinte situação, se você quer abrir um negócio em um mercado de massa, com pouco capital será muito mais difícil competir com empresas já estabelecidas, certo? Por isso o mercado de nicho é tão importante para empreendimentos pequenos e médios.

Basicamente, um nicho é um segmento específico de mercado. Clientes de um mesmo nicho estão buscando a mesma solução ou produtos específicos. Focar nesse pequeno grupo torna muito mais fácil sua empresa ser notada pelos consumidores, o que ajuda seu negócio construir uma base sólida de clientes e, consequentemente, estabelecer sua marca no início do empreendimento.

Trabalhar com um nicho é a melhor forma de empreender com menos dinheiro, e se você quer aprender ainda mais sobre o assunto, baixe gratuitamente esse guia de Nichos de Mercado.

Considere empreendimentos digitais

O mercado digital é um excelente terreno para empreendedores. O crescimento exponencial da internet fala por si só, e é possível ter um bom negócio online sem precisar de grandes investimentos em equipe e estrutura física, por exemplo. Além disso, as possibilidades de negócios são inúmeras!

Com menos necessidade de gastar dinheiro com aluguel, equipe, mobílias e outros, você pode concentrar seus recursos em outras áreas que podem ajudar a ter um retorno maior, como investir em um bom web designer, equipamentos profissionais ou em ações de marketing digital.

O empreendedorismo digital é um excelente ponto de partida para quem quer ter um negócio mas ainda fica um pouco inseguro. Afinal, gastando menos, caso o empreendimento não dê tão certo assim, o empresário perde muito menos dinheiro se comparado a negócios físicos tradicionais. E se você acha que é impossível faturar muito somente na internet, pense em nomes de peso como Netshoes e Dafiti, por exemplo. Empreendimentos de grande porte que alcançaram níveis nacionais sem ao menos possuir uma loja física.

Faça um produto mínimo viável

Já ouviu falar em MVP, do inglês Minimum Viable Product? Basicamente, esse produto mínimo viável é a versão mais simples de um produto. É como se fosse uma versão de teste, para ver como ele se encaixa no mercado, se tem boas vendas ou não, quem é o consumidor ideal e outros detalhes. Mas cuidado, um MVP ainda deve ser um produto funcional e possuir todas as características necessárias para estar inserido no mercado. Não é apenas uma especulação!

O MVP é útil para quem quer empreender com pouco dinheiro pois permite testar certas hipóteses na prática sem precisar investir muito dinheiro em um produto logo de cara. Também, ele exige menor tempo e menor esforço para desenvolvimento, ideal para quem trabalha sozinho ou com equipe pequena, como em startups em etapa de criação, por exemplo.

Além disso, é uma forma ter feedback de consumidores reais, o que irá ajudar a entender melhor o que precisa ser aprimorado no seu produto, caso ele seja uma boa oportunidade de negócio.

Home office

Quem quer saber como montar um negócio com pouco dinheiro precisa considerar trabalhar em regime home office.

Montar um escritório na própria casa traz muitos benefícios financeiros que vão desde descontos fiscais aos benefícios mais óbvios, como economia com aluguel e montagem de escritório. Em casa, provavelmente você já tem os equipamentos considerados mais básicos, como telefone fixo, impressora e acesso à internet, não sendo necessário adquirir nada disso novamente. Além disso, se cadastrado no MEI (Micro Empreendedor Individual), o empreendedor ainda tem descontos fiscais que vão garantir aquele dinheiro extra para investir no negócio.

Estes benefícios financeiros mais óbvios são fáceis de identificar, mas já parou para pensar em outras vantagens de trabalhar em casa? É possível fazer economias importantes com transporte – tanto passagens de ônibus quanto gasolina – e alimentação. Além disso, caso o negócio precise mudar de ramo, é muito mais fácil realizar essa mudança em um home office, sem necessidade de desmontar um escritório ou loja em um local e realizar mudança para outro.

Venda seu conhecimento

Já pensou em transformar o seu conhecimento em produto? Isso é o que muitos empreendedores estão fazendo para ganhar dinheiro pela internet. Dados do Ministério da Educação indicam que cerca de um milhão de pessoas se matricularam em cursos a distância e, segundo pesquisa realizada pela Sagah, a expectativa é que o número de alunos matriculados em EAD supere o número de alunos matriculados em cursos presenciais até 2023. Esses dados mostram como o mercado do ensino a distância pode ser uma excelente área para quem quer empreender com pouco dinheiro e, além disso, lucrar com o próprio conhecimento.

Cursos online estão em alta e é mais do que possível criar um com baixo orçamento. E se você já é professor ou gestor de algum curso presencial, basta pesquisar e planejar a mudança desse curso para a modalidade online para lançar esse empreendimento gastando pouco.

Se você quer saber um pouco mais sobre como se tornar um professor online, pode dar uma olhada nesse nosso artigo sobre o assunto e ver o passo a passo para começar a dar aulas pela internet.

Após gravar seu conteúdo, você precisa escolher uma plataforma de distribuição que seja segura e ofereça formas de monetização para você começar a vender seus cursos. Se você ainda não conhece plataformas para essa finalidade, que tal fazer um tour pelo Samba Play e conhecer um pouco mais sobre essa forma revolucionária de ganhar dinheiro com o seu conhecimento? Basta clicar aqui ou na imagem abaixo.

Invista em marketing digital

O marketing digital é uma das formas mais econômicas, democráticas e abrangentes de se fazer marketing. Para começar, basta ter um computador com acesso à internet, um pouco de conhecimento sobre o assunto – com muita vontade de aprender, claro – e disposição para colocar a mão na massa.

Em geral, é muito mais barato fazer publicidade nas mídias online do que nas mídias tradicionais – como revistas, jornais, rádio e televisão. Além disso, o alcance é muito maior, e, consequentemente, o retorno também pode ser. Ou seja, além de gastar bem menos para investir nesse plano de marketing, você pode lucrar muito mais também! É o sonho de quem quer empreender gastando pouco.

Aprendendo um pouquinho sobre o Facebook Ads, é possível saber as melhores formas de investir um pouco de dinheiro na plataforma de anúncios do Facebook, a maior rede social da internet. Isso pode ser o diferencial na sua estratégia de marketing digital.

Dê consultoria

Montar um negócio de consultoria é uma outra forma de ganhar dinheiro com seu conhecimento que pode ser bem lucrativa!

Consultoria é uma prestação de serviço no qual um profissional qualificado em algum assunto auxilia outros profissionais ou empresas na elaboração de planos, diagnósticos, metas e identificação de soluções para planos de ação.

Além de lucrar com seu conhecimento, consultoria pode ser feita de casa – tendo todas aquelas vantagens do home office que já comentamos – e você também pode aproveitar dos benefícios de um negócio digital.


A internet, entre outras ferramentas, proporcionou mudanças que revolucionaram o mundo dos negócios. É exatamente por isso que, hoje em dia, é totalmente possível empreender e montar um negócio com pouco dinheiro sem muito mistério. Basta ter a oportunidade de negócio, muito foco e dedicação.

E aí, tem uma ideia brilhante e quer tirá-la do papel? Que tal conhecer um pouco mais os passos de montar um Startup?

Você pode baixar esse infográfico e conhecer o Jogo da Vida de Uma Startup. Clique aqui ou na imagem abaixo e bom empreendimento. 😉

manual chamado jogo da vida de uma startup para quem quer montar um negocio com pouco dinheiro

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários