Como transformar suas vídeo-aulas em negócio

Como transformar suas vídeo-aulas em negócio

imagens-08

Olá, tudo bem?

O sonho de qualquer professor ou instituição de ensino é ver suas salas de aula repletas de alunos interessados e ávidos pela busca do conhecimento, não é mesmo? Imagine, então, uma imensa sala virtual, com inúmeras possibilidades de interação e cheia de recursos multimidiáticos, que tornam o ensino mais dinâmico e atraente.

Pense ainda em estudantes vindos de várias partes do país, dialogando num espaço sem fronteiras. Este pensamento é uma realidade em diversas partes do planeta. E muitas pessoas estão querendo empreender em EAD, seja através de vídeo-aulas, de cursos preparatórios ou programas de aperfeiçoamento profissional.

A educação a distância vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo em função do aprimoramento das tecnologias voltadas para o segmento. Para se ter uma ideia da expansão desse setor, em 2007 o Brasil possuía cerca de 970 mil pessoas matriculadas em cursos do EAD.

Se antes eram considerados métodos experimentais de ensino, hoje os cursos online permitem o acesso a conteúdo especializado a partir de qualquer lugar, com uma dinâmica de aprendizado muitas vezes superior às dos cursos tradicionais.

Leia agora: Guia Definitivo Para Ganhar Dinheiro Com Aulas Online

Entre os benefícios do ensino nesse modelo estão a flexibilidade para os alunos (que podem assistir às aulas quando quiserem), a redução dos custos (promovida pela dispensa da necessidade da presença física de professores e alunos) e o aumento da oferta de disciplinas sem exigir expansão da estrutura atual.

No entanto, para conseguir entrar nesse mercado de forma competitiva, as instituições de ensino, startups ou profissionais interessados em oferecer cursos pela web devem ser capazes de proporcionar uma infraestrutura mínima adequada para atender às atuais exigências da comunidade virtual.

Para conquistar alunos e ganhar dinheiro com as suas videoaulas você vai precisar de uma boa estratégia para definir um modelo de negócios, o que envolve a produção de conteúdo, gestão das aulas e, claro, a criação de um canal personalizado, que junto com um sistema de gestão de conteúdos de e-learning, funcionará como o Ambiente Virtual de Aprendizagem (também conhecido como AVA).

Bom, fizemos uma pequena lista para indicar alguns pontos que você deve levar em consideração ao iniciar seu projeto.

  • Público-alvo
  • Mercado
  • Modelo de negócio
  • Conteúdo
  • Interação
  • Plataforma
  • Acesso e segurança
  • Escalabilidade
  • Mobilidade
  • Personalização
  • Integração
  • Gestão
  • Divulgação

Para dar sequência a este cenário, recomendo fortemente a leitura do Ebook abaixo. 

Tem mais alguma dica sobre EAD? Compartilhe conosco.

Fique à vontade para navegar em nosso FacebookTwitterLinkedin, e claro, comentar aqui neste post.

Grande abraço e até a próxima.

Por: Sambatech

A Sambatech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários