Copy: o que é e como melhorar o seu e ter mais conversões.

Muitas pessoas costumam confundir copy (ou copywriting) com redação publicitária, mas apesar de parecidas, as duas atividades possuem relevantes diferenças, principalmente relacionadas ao embasamento dos dados colhidos e no uso de gatilhos mentais.

Outro erro comum é o de acreditar que as técnicas de copy são aplicadas apenas para a finalidade de vender algum serviço ou produto. Porém, na realidade, o copy pode te ajudar a persuadir o seu público a tomar determinada atitude, mesmo que ela não signifique a compra de algo, como assinar uma newsletter, responder uma pesquisa, ou assistir um conteúdo audiovisual produzido por você.

Já deu para você perceber o quanto o copywriting pode ser relevante para o seu negócio, não é mesmo? Então que tal entender mais sobre o assunto e aprender como melhorar o seu copy, gerando mais conversão? Nós te contamos tudo isso!

O que é copy?

Em resumo, o copy ou copywriting, pode ser definido pela capacidade de persuadir os seus potenciais clientes a tomarem uma atitude estratégica para a sua empresa. Com um bom copy, é possível driblar objeções que possam surgir sobre o seu produto e mostrar como aquilo que o seu negócio oferece é a solução ideal para a dor do cliente.

O copy ajuda o seu negócio a encontrar as palavras corretas para se comunicar com um determinado público e assim engajá-lo a tomar uma decisão, seja a conversão final refletida em venda, ou a conversão que você desejar, dependendo da etapa do funil em que o seu cliente esteja.

Além disso, o copy é um processo tão importante dentro da estratégia de marketing de uma empresa que hoje em dia existem profissionais especializados no assunto, os copywriters, que dedicam as suas horas de trabalho às tarefas de copy.

Qual a diferença entre copywriting, redação publicitária e marketing de conteúdo?

Apesar do copy, marketing de conteúdo e redação publicitária trabalharem com produção de texto para marcas, as técnicas são diferentes e isso acontece por causa dos objetivos que cada uma possui, além das maneiras como são utilizadas.

Um fator que pode contribuir para a confusão entre copywriting, redação publicitária e marketing de conteúdo é que em inglês o termo copywriter serve para denominar qualquer pessoa que escreva textos, mas em português, o termo é utilizado para falar de profissionais que escrevem textos curtos e focados em conversão, como e-mails e anúncios.

O copy utiliza-se de uma ampla pesquisa sobre as necessidades dos compradores para formular os seus textos, além de analisar a performance de diversos detalhes dentro da sentença, focando em gerar cada vez mais resultado. Através de um texto com bom copy, é possível criar anúncios que vão gerar conversão imediata!

O marketing de conteúdo, por sua vez, se preocupa mais com a jornada do consumidor e os seus resultados são visíveis a médio e longo prazo.

Por fim, a redação publicitária é mais voltada para a construção de branding de uma marca, focada em gerar conhecimento de marca no mercado.

4 técnicas de copy focadas em conversão.

Agora que você conseguiu compreender melhor o trabalho de copywriting, é possível pensar em estratégias e técnicas para melhorar o seu copy. Abaixo separamos 4 ótimas técnicas para você colocar em prática na hora de desenvolver um texto focado em conversão.

1. Resolva problemas.

Independente do que você venda, seja produto ou seja serviço, você sempre está vendendo algo para solucionar o problema do seu consumidor.

Pense bem, se você vende vestidos de noiva, é porque existe a demanda de pessoas que vão se casar e precisam encontrar a roupa certa para usar na cerimônia. Caso o seu negócio seja voltado para a venda de serviços e você ofereça aulas de como editar vídeos para a internet, quer dizer que pessoas precisam das suas aulas para aprender sobre o assunto e produzir melhores conteúdos audiovisuais nas suas redes.

Seus produtos ou seus serviços podem ser a solução do problema de alguém, então você precisa deixar isso claro na sua estratégia de copy: seja a solução!

2. Chame a atenção do leitor.

Este deve ser um ponto primordial na sua estratégia de copy. Nada vai adiantar se você seguir todas as outras técnicas, mas não conseguir chamar a atenção do seu público. É preciso que ele te enxergue e tenha os olhos voltados inteiramente para você!

Lembre-se que hoje convivemos com várias mídias, televisão, celular, computador… Enquanto acessamos um, estamos mexendo em outro e dentro disso tudo surgem vários anúncios e chamadas querendo chamar a nossa atenção.

Por isso é tão importante fazer com que o leitor coloque a concentração em você. Seja útil! Mostre o por quê ele deveria ler o seu artigo, comprar o seu produto ou perder o tempo dele com você!

3. Desperte emoção.

Você já tem a solução para o problema do seu público e conseguiu chamar a atenção de um potencial cliente. Grande parte do seu trabalho já foi feita, mas agora está na hora de despertar a emoção de alguma forma.

Lembre-se que chamamos de copy o método de escrita persuasivo, isso quer dizer que você precisa mexer o com seu leitor para que a conversão se concretize. Há diversas maneiras de você executar isso, mas a melhor forma é utilizar de gatilhos mentais. Nós já falamos neste outro artigo sobre esse tipo de técnica de persuasão que será muito útil na hora de melhorar o seu copy.

4. É hora da tomada de decisão.

Chegou a hora de vender! Não adianta nada executar todos os outros passos, mas no final não haver a real conversão.

É preciso direcionar o seu leitor para aquilo que você quer que ele faça! Se ele tiver várias opções, não vai saber por onde ir, por isso seja claro no direcionamento. Esse direcionamento deve ser trabalhado no CTA (ou call-to-action).

Não importa se é para a venda em si, ou para o cumprimento de outro objetivo, como o download de um ebook ou a inscrição em sua newsletter, o importante é que você precisa direcionar o leitor.

Conclusão.

Com uma estratégia de copy bem definida e seguindo as dicas que demos neste artigo, você conseguirá melhorar os seus textos a fim de gerar mais conversão para o seu negócio.

Não se esqueça que, para ter um bom copy, é preciso analisar os resultados e fazer melhorias contínuas. Com a análise de dados será possível ter insumos para melhorar o seu copy e vender cada vez mais!

Para complementar ainda mais sua estratégia, que tal baixar um template que vai te ajudar a fazer um plano de marketing efetivo? Aqui, você irá encontrar o passo a passo para criar um excelente plano de marketing e colocar suas estratégias para funcionar! Confira:

template editável para plano de marketing digital

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários