Crowd Streaming: a nova tendência da transmissão ao vivo de eventos

Crowd Streaming: a nova tendência da transmissão ao vivo de eventos

Crowd streaming

Post escrito por Vinicius Neris – Diretor Comercial da InEvent

A transmissão ao vivo vem se consolidando nos últimos anos como uma poderosa ferramenta, que estende o alcance dos eventos ao mundo virtual. O live streaming amplia o público dos patrocinadores e apoiadores, gerando canais adicional para suas ações de marketing. Além disso, o acervo de vídeos pode ser republicado na internet como um gerador de leads. A transmissão ao vivo poderá, inclusive, favorecer a monetização dos eventos, através da venda de ingressos virtuais. Mas a principal novidade é a sua utilização pelo público, através do que está sendo conhecido como crowd streaming.

A transmissão de vídeos vai responder por 75% de todo o tráfego de dados móveis da internet até 2020, de acordo com a Cisco. Segundo os dados da empresa, daqui a quatro anos pelo menos 5,5 bilhões de pessoas, ou 70% da população mundial, usará dispositivos móveis. Os usuários requerem resolução e qualidade cada vez maiores, o que é proporcionado pela ampliação da cobertura de 4G.  É fácil verificar esta tendência através das redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, canais que atualmente todos usamos para veiculação ou compartilhamento de vídeos.

Live streaming, uma ferramenta de marketing

A disseminação do 4G e o surgimento de aplicativos especializados tornou a transmissão ao vivo atraente como uma ferramenta adicional de marketing. Não somente os vídeos podem ser acessados por qualquer pessoa, tanto nos celulares quanto na internet, mas também receber comentários e questões que podem ser respondidas em tempo real. O live streaming começou a ser utilizado como ferramenta de marketing por patrocinadores e organizadores de eventos como uma forma de divulgação adicional para um público bem mais amplo do que a audiência presencial.

Entre os principais usos da transmissão ao vivo em eventos estão as entrevistas: ao invés de produzir e editar um vídeo posteriormente, a ação pode acontecer de forma imediata. Pela sua agilidade, também pode abranger outros aspectos do evento, como os bastidores, a preparação e a reação dos participantes que, por sua vez, ganharam nos últimos anos a oportunidade de postar seus próprios vídeos.

Ainda que a qualidade, no caso das transmissões feitas pelos participantes, não atinja os mesmos padrões de um trabalho com equipamentos profissionais, esse é um aspecto que a audiência tende a relevar. Afinal de contas, mesmo em emissoras de TV a transmissão pela internet mostra queda de qualidade, por conta da banda disponível, mas nem por isso os jornalistas vão deixar de usar seus celulares, se necessário…

Ao alcance de todos, mas com certos cuidados

Enquanto o live streaming é o termo utilizado para a transmissão profissional de eventos, sua utilização geral, incluindo os usuários, está sendo denominada crowd streaming. Trata-se de um meio eficaz de encorajar o engajamento e a participação remotos daqueles  que não tiveram condições de comparecer pessoalmente e gostariam de obter impressões sobre o evento.

Um dos atrativos da transmissão feita pelos participantes é seu caráter mais espontâneo, que atingeao público em geral através da divulgação dos vídeos nas redes sociais, como o Facebook e Twitter. Ao elevar a quantidade de acessos a perfis pessoais e profissionais, os vídeos têm o potencial de contribuir para alavancar o networking profissional, demonstrando, inclusive, o grau de especialização de quem está postando.

É preciso observar, no entanto, a possibilidade de existirem impedimentos legais ou de direitos autorais para o uso do material. Nesse caso, os participantes do evento precisam ser orientados sobre esse fato. Os organizadores precisam tornar isso claro, o que evitará futuros problemas. Porém, em grande parte dos casos, a divulgação extra gerada pela transmissão ao vivo vai representar um atrativo adicional para patrocinadores e palestrantes.

Por se tratar de uma novidade, o crowd streaming ainda está sendo encarado com certa cautela. Mas é inegável que o vídeo vem impulsionando o uso da internet e, num meio tão dinâmico quanto o dos eventos, ele certamente terá seu espaço. Por isso, a InEvent está fechando uma parceria com a SambaTech, especializada em transmissão de vídeos multiplataforma e em redes sociais, para agregar uma nova feature ao nosso app. Com isso, esperamos atender à crescente tendência de utilização de vídeos em eventos, com todos os desafios e oportunidades que representa.

Crowd streaming

Por: Nathália Tameirão

Coordenadora de Marketing Digital na Samba Tech e especialista em SEO e conteúdo. Formada em Publicidade e Propaganda pela UFMG, é responsável pela estratégia de conteúdo da Samba, com foco em atração e conversão.

Contribua com este post nos comentários