• Blog
  • >
  • Insights
  • Digital influencer: como utilizar influenciadores em sua estratégia de marketing

Digital influencer: como utilizar influenciadores em sua estratégia de marketing

Você já ouviu falar no termo digital influencer? A expressão diz respeito aos influenciadores digitais, pessoas que produzem conteúdo para a internet e, por seu alcance e popularidade, são capazes de exercer poder de influência sobre os seus seguidores.

Temos certeza de que se você usa o Instagram, o YouTube ou até mesmo o LinkedIn, você acompanha pessoas nessas redes sociais que não são suas amigas, nem mesmo colegas, mas são pessoas que te inspiram ou que compartilham um conteúdo que te interessa. Acertamos? Essas pessoas são os digital influencers.

Quer conhecer mais sobre o mundo do marketing de influência e aprender como o seu negócio pode utilizar essa tendência de marketing para gerar excelentes resultados? Vem com a gente que te contamos tudo!

Se você está pensando em lançar o seu canal no YouTube, precisa de bastante planejamento para chegar ao sucesso. Para te ajudar, preparamos um mini curso gratuito e completo que vai te ajudar a colocar o seu canal no ar! Confira:

minicurso que ensina a programar divulgar e planejar seu canal no youtube

O que é digital influencer?

Um digital influencer é alguém que, como a própria expressão traduzida diz, exerce influência através de uma plataforma digital.

E você sabia que o mundo dos digital influencers não está restrito apenas para as pessoas?

Lil Miquela, é uma modelo e influenciadora digital com mais de 1,5 milhões de seguidores no Instagram. Seu diferencial? Ela é um avatar digital! Mesmo não sendo humana, a influenciadora já fez publicidade para marcas de roupas e beleza em sua conta oficial da rede social.

Outro bom exemplo de digital influencer é a conta Cansei de ser Gato, do gato Chico que é, como o próprio perfil afirma, um gato ator, modelo, dançarino, escritor, blogueiro, CEO e empresário brasileiro! O Chico possui mais de 414 mil seguidores no Instagram e já fez publicidades para marcas de ração e brinquedos para animais, por exemplo.

O que é marketing de influência?

Apesar da Miquela ser uma avatar digital e do Chico ser um gato eles têm muito em comum com a centenas de outros digital influencers que você já deve ter visto passar pelo seu feed nas redes sociais: eles podem (e são!) usados por marcas para gerar o marketing de influência.

O termo é bastante recente, mas tem se tornado mais popular conforme a popularidade dos influenciadores digitais têm aumentado.

Marketing de influência é uma vertente do marketing com a capacidade de engajar pessoas principalmente de forma digital, usando pessoas (avatares digitais e gatos) que sejam referência em algum assunto. Através do compartilhamento de suas experiências, opiniões e resenhas, os digital influencers são capazes de influenciar diretamente na decisão da sua audiência.

Quem nunca comprou um produto só porque um amigo indicou? Se o seu amigo que ama ouvir música te disse que aquele fone de ouvido da marca X é o melhor, é claro que você vai comprar sem medo!

A lógica é a mesma em se tratando dos influenciadores digitais. Grande parte da audiência acompanha o dia a dia dos seus influenciadores preferidos pelas postagens nos stories, os vídeos do IGTV (se você não sabe o que é IGTV, clica aqui que a gente te explica e ainda te conta como usar essa ferramenta para aumentar o engajamento do seu negócio), as fotos publicadas no feed e os vídeos que são postados em seus canais do YouTube. Essa proximidade gerada pelo conteúdo faz com que o público confie no influenciador de tal forma que o enxergue como um amigo.

Como utilizar os influenciadores digitais em minha estratégia de marketing?

Grandes marcas já têm percebido o potencial e investido há tempos em influenciadores digitais, mas o marketing de influência não está restrito apenas às grandes corporações.

Há digital influencers que possuem uma grande audiência e fazer publicidade com formadores de opinião desse nível pode custar na casa das centenas de milhares de reais! Mas calma, você não precisa fazer um investimento tão alto no início. A ideia é que você procure o influenciador digital mais adequado a sua estratégia e ao porte da sua empresa.

Antes de mais nada, não pense que é só contratar qualquer um para falar do seu negócio e esperar as vendas acontecerem. Você precisa tomar alguns cuidados especiais. Nós separamos as principais dicas para você, veja só:

Faça uma busca por nicho de conteúdo

Neste artigo te contamos da importância de se estabelecer em um nicho de mercado específico, para conseguir oferecer um produto ou serviço que realmente seja valioso para o consumidor. A lógica também vale para os influenciadores digitais: encontre digital influencers que produzam um conteúdo relacionado com o nicho da sua empresa. Se você vende biscoitos veganos, encontre alguém que fale sobre veganismo, por exemplo.

Estude o perfil do influenciador a ser contratado

Continuando com o exemplo do biscoito vegano, imagine que você contrate um influenciador que sempre compartilha em suas redes sociais fast foods, comidas com carne e que leve uma vida sedentária. Isso seria capaz de desmoralizar a sua campanha em segundos, porque o público que acompanha o influenciador sabe que ele não consome biscoitos veganos no seu dia a dia. Ou seja, seria dinheiro desperdiçado.

Antes de contratar qualquer influenciador, analise as redes sociais dele para ver se o digital influencer não tem postagens que fujam aos valores de sua marca.

Sempre solicite o mídia kit do influenciador

O mídia kit é um documento com todas as informações sobre a audiência e os trabalhos que o digital influencer já executou e que são cases de sucesso. Com esses dados você saberá exatamente com que estará falando. Exemplo, se o seu público é majoritariamente feminino, mas possui até 15 anos, não adianta contratar um influenciador digital que, apesar de ter um grande público feminino, quase não tenha seguidoras com menos de 15 anos.

Influenciadores experientes costumam possuir um mídia kit completo, com todas as informações. Caso o influenciador contratado seja menos experiente e não possua um mídia kit, peça para que ele tire prints das informações que as próprias redes sociais dão sobre audiência, isso já será de grande ajuda.

Dê liberdade ao influenciador para gerar veracidade

Dar liberdade para que o digital influencer produza um conteúdo não quer dizer deixar tudo na mão dele para que ele faça como bem entender. Com liberdade queremos dizer que o influenciador também deve ter o seu espaço para pensar e produzir um conteúdo que seja natural para o público.

Uma dica valiosa é escrever um briefing completo com tudo aquilo que você deseja que seja transmitido através da publicação contratada e deixar o influenciador pensar em cima disso. Qual a melhor maneira que o influenciador tem de transmitir a mensagem desejada pela marca?

Depois que o influenciador formular a ideia, você como contratante deve aprovar a postagem antes que ela vá ao ar, para garantir que a mensagem seja transmitida da melhor maneira possível.

Conclusão

Os digital influencers são ótimas opções para quem quer gerar awareness, engajamento com a marca e conversão em vendas. Em sua próxima campanha de marketing, procure incluir os influenciadores como parte da campanha, mesmo que de forma tímida, para que você comece a testar o marketing de influência e veja o resultado que ele gera para o seu negócio.

Gostou desse conteúdo e quer saber como melhorar ainda mais as suas estratégias de marketing digital? Aproveite para baixar gratuitamente nosso template de plano de marketing, completamente editável, pronto para te deixar alinhado nas melhores estratégias de divulgação. É só clicar aqui ou na imagem abaixo!

plano de marketing digital para divulgacao com digital influencer


Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários