Como utilizar vídeos efetivamente em sua estratégia de marketing de conteúdo

Como utilizar vídeos efetivamente em sua estratégia de marketing de conteúdo

Descubra como, de fato, os vídeos podem gerar resultados na estratégia de marketing de conteúdo!

estrategia de marketing de conteúdo

Por Diego Gomes, fundador da Rock Content.

Os vídeos estão sempre presentes em nosso cotidiano, desde os tradicionais programas de TV aos virais que acessamos na internet. Para se ter uma ideia, o YouTube, sozinho, recebe upload de mais de 100 horas de vídeo a cada minuto. Além disso, os vídeos podem consumidos em praticamente qualquer dispositivo, do smartphone ao sistema multimídia do seu carro. E tudo isso pode se transformar em estratégia de marketing de conteúdo.

Os vídeos, além de serem acessíveis para assistir, estão cada vez mais fáceis de produzir. Por esses e outros motivos, podem e devem ser incluídos em qualquer tipo de ação de marketing. Mas como fazer isso de forma efetiva? Como, de fato, os vídeos podem gerar resultados na estratégia de conteúdo? Isso é o que pretendemos responder nesse artigo!

Por que utilizar vídeos

Antes de tudo, vamos saber por que os vídeos devem ser incluídos em suas ações e estratégias de marketing de conteúdo. Segundo uma pesquisa da Accenture, o Brasil é o segundo país do mundo com maior numero de visualizações de videos por pessoa. São mais de 11 bilhões de visualizações por mês. Além do mais, o relatório aponta que mais de 96% dos usuários de internet no Brasil assistem conteúdo em vídeo. O que acha desses dados? Se não é suficiente, veja algumas outras vantagens:

• Maior autoridade – Geralmente, os usuários valorizam mais conteúdos em vídeo do que outros formatos, por isso as empresas que adotam este recurso tendem a ser vistas com mais respeito, criando maior autoridade no nicho.

• Mais engajamento – Diversas plataformas, inclusive o Facebook, provam que os vídeos são muito mais clicados do que os links para artigos. Os vídeos também geram muitos comentários, compartilhamentos e curtidas.

• Maior tempo do visitante no seu site – Outra grande vantagem de usar vídeos em seu site/blog é que, se um visitante foi realmente cativado pela mensagem do vídeo, provavelmente irá assisti-lo até o fim. Isso aumenta o tempo de permanência em seu site.

• Maior relacionamento e comunicação com sua marca – Vídeos agregam valores mais facilmente do que artigos e outros formatos. Por conta disso, promovem maior comunicação e relacionamento de sua empresa com clientes.

Como criar uma boa estratégia de marketing de conteúdo através dos vídeos

Tudo bem, agora que você já está ciente de algumas vantagens, vamos falar de como criar uma estratégia de marketing de conteúdo efetiva. Separamos alguns pontos importantes para isso. O primeiro é que não adianta pegar sua câmera e sair gravando qualquer coisa, postar no blog, no Youtube, nas redes sociais e esperar isso dar resultado. É necessário definir objetivos detalhados, criar um bom plano e conhecer as melhores formas de publicar seus vídeos. Vamos ao passo a passo.

estrategia de marketing de conteúdo

Definição de objetivos

A primeira coisa que você deve fazer é traçar sua estratégia de marketing de conteúdo com os vídeos. Algo como: onde quero chegar com isso? O que pretendo alcançar? Alguns exemplos:

  • Gerar mais vendas
  • Converter novas leads
  • Atingir um maior posicionamento
  • Aumentar a autoridade
  • Promover audiência
  • Educar clientes
  • Apresentar um lançamento de produto ou serviço
  • Entreter seguidores.

Com esses ou outros objetivos em mente, entra a técnica bastante conhecida de criar buyer personas, ou seja, definir o público que provavelmente irá acessar suas produções. Isso porque com os objetivos claros e um público bem definido, você consegue mensurar os esforços e acompanhar os resultados, tendo ciência se seu investimento está sendo mesmo vantajoso.

Planejamento dos vídeos

Agora é a hora de pensar no planejamento dos vídeos. Decida quais os temas irá abordar, quais formatos irá produzir e a duração de cada vídeo.

Tema

Importante destacar que os temas devem ser relacionados à sua área de atuação. Não caia na tentação de produzir um tema “legalzinho e engraçadinho” se ele nada acrescentar em seu negócio. Por exemplo, se sua empresa é design, você pode fazer vídeos que eduquem seu público, com temas como: “Criação de uma logomarca”, “Porque contratar agências de design é importante”, “Como não errar na criação da logo”, ou seja, falar sobre qualquer coisa relacionado ao seu nicho. Busque temas interessantes para seus visitantes. Você tem bastante liberdade nesse momento, então não se restrinja.

Formatos

Quanto aos formatos de seus vídeos, a primeira dica é testar diferentes antes de escolher um específico. Seu público pode preferir vídeo aulas, guias, entrevistas, demonstrações, entretenimento, etc. Você só irá ter certeza quando testar os formatos. O que trouxer mais retorno deve receber mais atenção. Mas não quer dizer que os outros nunca mais serão usados. Cada formato pode ser inerente ao que você pretende no momento.

Duração

Por último, você precisa pensar no tempo de cada vídeo. Para lhe ajudar, veja o que a Forbes informa: 83% dos executivos que buscam vídeos na internet preferem aqueles que tenham de 1 a 5 minutos. Vídeos com muito mais ou menos que isso, podem não ser acessados ou não assistidos até o fim. Portanto, trabalhe com essa média.

Canais e plataformas

Agora vem a questão: onde os vídeos deverão ser publicados? Muita gente vai ser direta: Youtube. Sim, mas não só nele. Pois existem outros canais a serem consideradas. De fato, o primeiro lugar onde seus vídeos devem estar é em seu site ou blog. Fazendo isso você estará promovendo mais tráfego, oferecendo conteúdo relevante a seus visitantes, ajudando no ranqueamento em mecanismos de busca de sua plataforma e por aí vai.

O Youtube realmente é a escolha óbvia, mas alguns estão fugindo dele por dois motivos sérios: primeiro, é que o site tem muito conteúdo amador. Por isso, seus usuários podem se perder em meio a tantos vídeos irrelevantes. O segundo são os anúncios sem contexto que passam antes do vídeo. Eles podem tirar a atenção de quem clicou em seu vídeo, fazendo a pessoas desistir antes do início do que você produziu.

Uma grande possibilidade, além do Youtube, é ter uma plataforma de gestão de videos online. Com este tipo de solução, você tem controle total sobre o conteúdo e pode distribuir o vide-o de forma mais restrita (exemplo: conteúdo de treinamento interno, aulas, cursos fechados, etc.)

Agora que você já sabe o que é uma estratégia de marketing de conteúdo com a utilização efetiva de vídeos, é hora de colocar a mão na massa. Vamos nessa!

Gostou do post? Não deixe de comentar! E se tiver um tempinho, não deixe de conferir os vídeos que nós, da Rock Content, produzimos para te ensinar um pouco mais de Marketing de Conteúdo!

estrategia de marketing de conteúdo

Por: Sambatech

A Sambatech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários

[gs-fb-comments]