• Blog
  • >
  • Insights
  • Infoprodutos: entenda como ganhar dinheiro com produtos digitais

Infoprodutos: entenda como ganhar dinheiro com produtos digitais

Você já pensou em investir em infoprodutos? Com o fortalecimento da internet como maior e principal fonte de busca ao redor do mundo e com a preferência do público por empresas que se preocupam em produzir conteúdos relevantes, o infoproduto tem se solidificado como uma das principais estratégias de quem atua no meio web.

Pensando nisso, vamos passar, neste artigo, por tudo que você precisa saber sobre a importância e as etapas de implementação dessa estratégia!

Vamos lá? 🙂

Infoprodutos: quem são, onde vivem e o que comem?

Como diz o ditado: vamos começar do início! Afinal, antes de conhecer quais são os infoprodutos que você pode produzir, é preciso que você entenda exatamente do que se tratam, não é mesmo?

Bom, a verdade é mais simples do que pode parecer: infoprodutos são nada mais nada menos do que produtos digitais – como e-books, infográficos, video-aulas – produzidos para ajudar, aconselhar e/ou ajudar pessoas.

Vamos explicar melhor. Lembra que a gente falou que a internet – e, principalmente, um site de busca – é, hoje, a maior fonte de pesquisa? Pois é exatamente nessa característica que você vai se apoiar para criar seus infoprodutos.

Vamos supor que você precise editar um vídeo mas não sabe nem qual programa usar para início de conversa – muito provavelmente você vai correr à internet para e digitar algo parecido com “como editar vídeos de forma simples” no Google, certo? E, nesse momento, a salvação pode vir em forma de um tutorial em vídeo, que é um exemplo de infoproduto.

Assim como essa, outras milhares de dúvidas levam as pessoas a pesquisarem na internet e a consumirem materiais voltados para o assunto buscado. E é esse o papel do infoproduto: informar, ajudar, ensinar algo para um público online.

E o melhor de tudo é que esses produtos digitais podem auxiliar os mais diversos nichos de mercado – isto é, aqueles segmentos ou públicos que são pouco – ou nada – explorados pela maioria das empresas e, exatamente por isso, representam baixa concorrência e alta lucratividade. Ou seja, se você domina um assunto e acredita que ele pode interessar outras pessoas, você consegue disseminar esse conhecimento com a ajuda de infoprodutos.

Inclusive, para saber tudo sobre mercados de nicho, é só clicar aqui na imagem para ter acesso ao nosso conteúdo completo sobre o assunto!

nichos de mercado para infoprodutos

As vantagens de apostar em infoprodutos

Produzir para a internet é um mercado que vem crescendo cada dia mais e, definitivamente, os infoprodutos não ficam de fora dessa métrica.

Ao dar início a essa estratégia, você e sua empresa conseguem vários ganhos. O primeiro deles é o baixo custo da sua mercadoria: apostar em infoprodutos é sinônimo de economia em vários sentidos, uma vez que uma mesma “unidade” de produto já pode ser distribuída a inúmeros consumidores. Além disso, você diz adeus para o estoque e o custo de distribuição e, com todas essas características, você passa a ter praticamente 100% do lucro gerado por seus materiais revertido para você.

Outro benefício do infoproduto se encontra, mais uma vez, na magia da internet: por ser vendido no mundo online, ele quebra barreiras geográficas – você consegue alcançar um público muito mais amplo – e pode ser comprado qualquer hora do dia – aqui a internet trabalha por você e, por isso, não existe horário de abrir e fechar seu negócio.

Tirando que, se seu sonho sempre foi trabalhar diretamente de casa, agora você pode: com a produção de infoprodutos você pode criar o seu conteúdo diretamente de casa, seja qual ele for!

Em um resumo simples, podemos concluir que essa estratégia é boa para os dois lados: quem vende e quem compra.

O que você pode produzir

Tudo bem, então agora que já nos entendemos em termos de conceitos e significados, é hora de entender mais a prática: quais os materiais você pode produzir!

São vários os tipos de infoprodutos que você pode criar, mas vamos passar pelos mais usados, hoje, por quem aposta nessa estratégia! Vamos lá?

E-books

Se você tem um conteúdo aprofundado para oferecer, o e-book (livro digital) pode ser a aposta certa para você. Mesmo que aprofundado, a ideia aqui não é ser denso e complicado – muito pelo contrário: o e-book é o momento de explicar de forma prática e leve as informações que você quer passar.

A maior dificuldade do e-book, no entanto, é a parte gráfica: esses infoprodutos vêm sempre acompanhado de um bom design.

Whitepaper

Se o assunto é aprofundado, outra aposta é o whitepaper.

Esse infoproduto é ainda mais focado e específico que o e-book, apresentando dados de pesquisas e relatórios de uma forma mais profunda. Outra diferença vem em termos da apresentação: esse formato dispensa a necessidade de um design complexo e, portanto, é mais simples de ser produzido.

Infográficos

Se o assunto tratado pode ser facilmente explicado por meio de dados estatísticos, você pode apostar no infográfico. Esse é um infoproduto mais visual, então pense em conteúdo que não precisam de muito texto para serem compreendidos.

Cursos em vídeo

Um dos infoprodutos com o mercado mais crescente é o de cursos online. O EAD, os cursos livres e até mesmo tutoriais vem se fortalecendo como uma fonte de renda cada vez mais procurada por empreendedores digitais e até mesmo empresas conceituadas.

Essa é uma forma de conseguir passar um conteúdo que poderia ser massante e complicado de se explicar em um texto, de uma forma mais dinâmica e leve. Exatamente por isso, esse infoproduto já é um dos preferidos do público – no mundo digital consumir conteúdo em vídeo é considerado um dos métodos mais eficazes por quem busca por conhecimento.

E pra saber tudo sobre como dar aulas online, clica aqui e dá uma olhadinha neste artigo 😉

Screencasts

Outro meio de produzir conteúdo em vídeo é usando a estratégia de screencast – isto é, gravar a tela do seu computador.

Esse modelo é muito usado para mostrar, na prática, como operar plataformas online, jogos de videogame.

Webinar

Se você tem um conteúdo que quer transmitir ao vivo, como workshops, palestras ou até mesmo um bate papo entre especialistas em um assunto, o webinar é o seu infoproduto da vez. A Plataforma da Samba Tech, por exemplo, garante que sua transmissão ao vivo ocorra sem problemas e com qualidade.

Podcast

Outro infoproduto conhecido é o podcast. Com ele, você consegue gravar seu conteúdo em forma de áudio e distribuir seu material de formas diversificadas – em formato de entrevista, inserindo em uma narrativa, com debates ou até mesmo bate papos.

Essa alternativa tem popularidade exatamente por por ser mais prático em termos de poder ser consumido, basicamente, qualquer momento e em qualquer lugar.

Ferramentas

Outro formato de infoproduto é o desenvolvimento de ferramentas.

Se você percebe um problema ou uma dificuldade que seu público passa e tem know-how para desenvolver uma solução mais prática e objetiva, essa é a hora!

Aqui na Samba, por exemplo, formulamos um gerador de thumbnail, assim nosso público consegue, de forma simples e fácil, criar miniaturas atrativas para seus vídeos e conseguir conquistar mais clientes para o seu projeto. Clique na imagem abaixo para acessá-lo!

criar thumbnail

Desenvolvendo seu infoproduto: um passo a passo

Não adianta só colocar na cabeça que você vai desenvolver um infoproduto e começar – antes de colocar a mão na massa é preciso que você se planeje.

O que você pode ensinar?

O primeiro passo, apesar de parecer óbvio, é entender o que você pode ensinar. Para isso, você deve tentar casar três pontos importantes: um assunto pelo qual você tenha interesse,  habilidade que apresente demanda.

A importância desses aspectos talvez fique mais clara com um exemplo, então vamos lá.

Vamos supor que você tem interesse em moda, mas não sabe costurar e, apesar de acompanhar desfiles, não sabe identificar designers famosos ou tendências de mercado facilmente. Muito provavelmente, se você decidir ensinar sobre esse assunto, sua concorrência vai facilmente passar na sua frente em termos de conteúdo e você não vai conseguir uma base de público sólido. Esse é o resultado de não casar sua área de interesse com sua área de habilidade.

Por isso, você tem dois caminhos: ou ensinar sobre algo que você já domina, ou estudar até dominar algo que você tem desejo de ensinar! 😉

Foco no público

Tudo bem que a gente falou que você deve ensinar algo que te interessa, mas esse algo tem que interessar, também, um público específico. Por isso, é extremamente importante que você pesquise e entenda a segmentação de mercado escolhida por você!

Esse estudo vai te ajudar não somente no momento de perceber se o seu produto tem um público disposto a comprá-lo, mas também em aspectos como a comunicação com os clientes (qual o melhor canal para se comunicar, por exemplo), a linguagem usada, o melhor tipo de infoproduto para aquela audiência, suas dúvidas, anseios e demandas e muitos outros.

Basicamente, conhecendo bem sua segmentação de mercado você pode otimizar o que é oferecido para que consiga aumentar sua lista de clientes e fidelizar ainda mais pessoas no seu negócio.

E se você quer saber todos os truques de segmentação de mercado clica aqui que a gente te ajuda! 🙂

Preze pelo conteúdo

Outro planejamento necessário é a respeito da qualidade, tanto pensando no conteúdo quanto na sua apresentação.

Primeiro, o conteúdo

O primeiro passo é se certificar de que ele sempre seja produzido da maneira mais completa o possível. Se você escolher falar sobre SEO para vídeos, por exemplo, é interessante que, além de explicar como otimizar seu canal de vídeos pensando nessa estratégia, você aproveite esse infoproduto para explicar, também, outros aspectos, como o que é SEO, qual a sua importância, quais suas vantagens, e até mesmo citar alguns exemplos.

A verdade é que quanto mais completo o seu infoproduto, maior a chance das pessoas consumirem o que você oferece e se fidelizarem no seu site ou canal. Portanto, é importante que você se coloque no lugar do leitor e tente prever quais as dúvidas ele poderia ter a respeito daquele assunto, assim você pode contemplar todas elas em um único material.

Depois, a entrega

Agora que você já sabe o que vai escrever ou gravar é hora de se preocupar com a apresentação do seu produto final.

Primeiro é importante lembrar que a estratégia mais interessante para o seu negócio é tentar se diversificar sempre que possível dentro das possibilidades oferecidas pelo mundo dos infoprodutos. Como cada tipo tem suas especificidades, dê uma estudada no tipo de conteúdo que você quer apresentar, no público que você quer atingir e, então, decida pelo melhor modo de apresentação daquelas informações.

Feito isso, chega o momento de se ater à qualidade do resultado final. Se você vai se aventurar pelo e-book, por exemplo, preze pela qualidade do design e das imagens escolhidas para estarem ali. Se, por outro lado, você escolheu seguir o caminho dos vídeos online, é hora de checar se você tem todos os equipamentos certos ao seu lado – do áudio à edição do vídeo.

E, falando em produção de vídeos, aqui a gente te conta como alcançar a qualidade profissional que o seu conteúdo merece!

montar um home studio para gravar coaching

Tenha uma estratégia sólida

Agora que você já sabe qual a sua segmentação de mercado, o assunto que vai tratar e a forma como vai abordá-lo, é hora de ter em mente uma estratégia mais definida sobre seus infoprodutos.

Lucro direto

O primeiro passo para isso, é entender que um infoproduto pode trazer lucro de duas formas: direta e indiretamente.

Quando falamos de lucro direto é simples e autoexplicativo: a moeda de troca pelo seu infoproduto é realmente dinheiro – ou seja, você cobra pelo material que você produz. Uma das formas mais crescentes no mercado envolvendo essa estratégia é o conteúdo em vídeo. Ao ter seu próprio canal em uma plataforma profissional como o Samba Play, você consegue vender aulas, tutoriais, palestras e muito mais.

Foi exatamente nessa estratégia que o pessoal do Metaflix decidiu apostar e, hoje, com a parceria da Samba Tech, eles têm um faturamento que cresce 130% todo mês!

Lucro indireto

Por outro lado, quando falamos de lucro indireto, queremos dizer que os infoprodutos que você vai produzir, na verdade, não são seu produto principal e sua moeda de troca são dados como e-mail e número de telefone.

“Mas, se o infoproduto não é meu foco, porque eu vou gastar tempo com ele?”, você deve estar se perguntando. Bom, apesar de poder parecer estranho de início, oferecer conteúdo relevante e que interesse seu cliente final é, hoje, uma das formas mais utilizadas por empresas para atrair novos leads e essa estratégia é conhecida como marketing de conteúdo.

Essa tendência vem crescendo exatamente por conta da mudança do perfil do público online: hoje, as pessoas dão mais valor às marcas e empresas que oferecem conteúdo relevante no mundo online do que apenas seu produto final.

Trace metas e objetivos

Por isso, ao escolher em qual dos dois infoprodutos você vai apostar, é preciso que você defina metas e objetivos que você deseja alcançar com este novo investimento.

Isso é importante, pois serão esses dados que vão te orientar na hora de se posicionar no mundo web e rascunhar estratégias de marketing e vendas e escolher os locais de hospedagem do seu conteúdo, por exemplo.

Como conquistar o público

Por ser distribuído especialmente na internet, é preciso que você conheça alguns truques para conseguir disseminar seus infoprodutos e conquistar cada vez mais clientes!

A grande aposta do marketing digital

O marketing digital é, de um modo simples, o método de promoção pautado nas mídias digitais. Esse movimento tem ganhado um número cada vez maior de seguidores e cresceu muito em pouco tempo – foi criado há pouco mais de 20 anos.

Ele passa por estratégias como SEO, otimização das redes sociais para o contexto de interação em que estamos inseridos, e-mail marketing e anúncios online e tem mostrado resultados incrívei para pequenas e grandes empresas que decidem apostar neo modelo.

E aqui nesse infográfico a gente te conta tudinho sobre essa estratégia e como colocá-la em prática! Vem dar uma olhada!

marketing digital para infoprodutos

 Invista nas suas páginas

Aquele ditado de que quem vê cara não vê coração não funciona muito no ambiente online. Sabe quando você entra em um blog mal diagramado ou confuso, cheio de pop ups e links que levam para sites de ofertas e acaba desistindo de permanecer ali? Pois é exatamente isso que você deve prevenir de acontecer nas suas páginas.

Preze por um ambiente harmônico e pela experiência de quem navega pelo seu blog, landing page ou site.

Gere oportunidades

Se você pretende tratar seus infoprodutos como uma fonte de renda direta, outra estratégia é usar de promoções especiais e ofertas irresistíveis. Você já deve ter visto isso na prática: plataformas de serviço streaming, como o Spotify e a Adobe, por exemplo, estão sempre oferecerem oportunidades de venda.

Isso pode ser visto em ofertas como pacotes com valores alternativos para estudantes, planos de pagamento diferenciados, ou até mesmo períodos de consumo gratis do seu conteúdo (um bom test drive para ajudar a atribuir valor ao seu produto e perceber que é um investimento certeiro e necessário)

Com essa estratégia você consegue atingir públicos mais diversos e, principalmente, aquelas pessoas que, mesmo necessitando do seu conteúdo, desistiriam de se inscrever por conta do preço.

Aposte em vídeos

A gente já falou algumas vezes durante esse artigo, mas vamos reforçar: o conteúdo em vídeo tem crescido no gosto do público online, uma vez que significa consumir informação de uma forma mais dinâmica e rápida.

Exatamente por isso, os infoprodutos em vídeo tem feito mais sucesso dentre um público mais exigente e atarefado como o de hoje. E, pensando nesse cenário, hoje é muito fácil criar um canal de vídeos e ter um Netflix para chamar de seu – e é exatamente para te ajudar com isso e garantir que a sua plataforma vai ter qualidade profissional que lançamos a tecnologia do Samba Play.

Se você tem interesse em lançar infoprodutos em vídeo e quer saber mais sobre como a Samba pode te auxiliar com isso, você pode clicar aqui e falar com um de nossos consultores!

Por ultimo (mas não menos importante): monitore seus resultados

É importante que você fique sempre de olho em como seus infoprodutos estão performando. Analise como o público responde e interage com eles, as demandas crescentes e até mesmo possíveis reformulações de conteúdo devido a novidades do mercado.

Assim, você consegue sempre se adaptar às tendências e demandas do seu público.


E agora que você já sabe que o mercado de infoprodutos é um mercado quente e que apostar em vídeos para tirar esse projeto do papel, está na hora de aprender mais formas de ganhar dinheiro com esses vídeos.

Para te ajudar com isso, montamos um Guia completo te mostrando a importância dos vídeos no cenário atual e maneiras de conseguir torná-los sua fonte de renda fixa!  É só clicar aqui no link ou na imagem abaixo e boa leitura! 🙂

ganhar dinheiro com vídeos em infoprodutos

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários