• Blog
  • >
  • Insights
  • KPI: o que é e como definir as principais para seu negócio.

KPI: o que é e como definir as principais para seu negócio.

O termo KPI soa familiar para você? Se você possui um negócio ou pretende criar uma empresa do zero, definir bons KPIs será essencial para atingir os seus objetivos e crescer com o seu empreendimento.

Neste artigo você vai entender o que é KPI, saber mais sobre a importância desses indicadores para o seu negócio e ainda aprender a definir bons KPIs de acordo com as necessidades do seu negócio.

O que é KPI?

KPI é a sigla para a expressão em inglês “Key Performance Indicator“, ou seja, Indicador-chave de Performance. Como o próprio nome indica, definições de KPI ajudam a medir a performance de colaboradores e da empresa e devem estar relacionados aos objetivos da organização.

Devido à importância dos KPIs estarem alinhados com os objetivos da empresa, cada organização deve criar KPIs pensando nas métricas necessárias de acompanhar, medir e analisar. Essas métricas serão primordiais para que as estratégias desenhadas para o negócio se tornem efetivas.

Para conseguirem ser medidos, os KPIs precisam ser analisados com resultados numéricos ou de porcentagem. Por exemplo, se o seu KPI é relacionado aos visitantes da sua loja online, meça a quantidade de visitas. Se o KPI for relacionado ao dispositivo usado para a visita, use porcentagem para conseguir medir: 40% dos clientes acessam o site pelo computador e 60% acessam pelo smartphone.

A diferença entre KPI e métrica.

Muitas pessoas costumam confundir KPI com métrica, mas vamos te explicar as particularidades de cada um.

Para começar um KPI não pode ser uma métrica, mas uma métrica pode se tornar um KPI. Isso acontece porque os KPIs são indicadores relevantes para o objetivo do seu negócio, enquanto as métricas se referem a aspectos a serem medidos. Quando uma métrica é muito relevante para a sua estratégia, ela se torna um KPI!

Como escolher um bom KPI.

Para que um KPI seja bom para o seu negócio, antes de mais nada ele deve ser relevante para o seu objetivo. Isso significa que o KPI deve estar relacionado com os seus objetivos macros. Por meio dos KPIs você conseguirá visualizar ações de forma mais micro, mas sempre pensando que tais indicadores farão você atingir o objetivo macro.

Para te ajudar na hora de escolher os KPIs corretos para o seu negócio, listamos algumas dicas que facilitarão esse processo.

1. Capacidade de ser mensurado.

Parece óbvio, mas na hora de escolher os indicadores-chave da sua estratégia é necessário que ele seja capaz de trabalhar. Um KPI só é relevante quando ele é capaz de ser mensurado. É necessário que essa métrica seja mensurada pois é dessa forma que você saberá se a estratégia está dando certo ou se ainda precisa ser ajustada. É por meio dos dados que você saberá isso.

2. Possuir relevância.

Lembre-se de priorizar o que realmente importa e assim conseguir simplificar a análise e a criação dos KPIs que tenham real relevância para o seu negócio.

No início do processo de criação de indicadores chave dentro de uma empresa é comum que hajam erros relacionados a escolha de indicadores com base em vaidade, não por maldade, mas às vezes por falta de conhecimento. Um KPI com base em vaidade não mostra nenhum resultado concreto nem relevante para os objetivos da organização, apenas serve para alegrar a equipe, para que ela se sinta feliz com a ilusão de estar fazendo um bom trabalho, por exemplo.

Com isso, é importante ressaltar que indicadores primários, como é o caso de curtidas e comentários nas redes sociais, podem parecer importantes, mas dependendo do objetivo final, como a concretização em venda de um produto, não servem de indicadores reais.  

3. Ajudar nas escolhas

Escolha KPIs que sejam capazes de te ajudar na hora de fazer uma escolha estratégica.

Quando for necessário tomar uma decisão importante, que pode definir o rumo do seu negócio, faz-se necessário ter o máximo de dados e informações possíveis, para fazer escolhas baseadas em fatos concretos, não apenas em achismos. Isso diminui os riscos e garante mais chances de que a escolha certa seja feita.

Lembre-se que os seus indicadores-chave de performance devem te ajudar a tomar escolhas inteligentes, guiando o seu negócio pelo melhor caminho.

4. Ser periódico.

Um KPI precisa ser medido constantemente. Não adianta nada criar indicadores que serão esquecidos na gaveta! O acompanhamento dos KPIs permite compreender o que funciona e o que não funciona no modelo atual do seu negócio, sendo possível aperfeiçoá-lo a fim de chegar mais perto dos seus objetivos.

Na hora de escolher os KPIs, opte por indicadores que podem ser medidos periodicamente, assim você conseguirá ter uma visão temporal do processo e poderá tomar pequenas decisões periodicamente.

Os KPIs na prática!

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre os indicadores-chave de performance, os famosos KPIs, está na hora de aprender a aplicá-los de forma prática no seu dia-a-dia. Para isso, separamos algumas diferentes categorias de KPIs, as mais importantes são:

KPI de produtividade:

Estes são os indicadores associados com a produtividade dos colaboradores da empresa de acordo com as horas trabalhadas. Ou seja, são indicadores usados para avaliar a capacidade dos colaboradores de entregar demandas rapidamente.  

KPI de qualidade:

Os KPIs de qualidade podem ser usados em conjunto com os indicadores de produtividade pois eles ajudam a entender se houve algum problema na qualidade das entregas ou alguma não-conformidade durante o processo produtivo.

KPI de capacidade:

Já os indicadores-chave de capacidade são utilizados para medir a capacidade de resposta dentro de um processo. Um bom exemplo para ilustrar os KPIs de capacidade, é pensar na capacidade que uma máquina tem de embalar determinada quantidade de produtos em um período específico de tempo.

KPI estratégico:

Por fim, o último exemplo de categoria de KPI refere-se aos indicadores estratégicos. Os KPIs estratégicos devem ser usados para auxiliar na orientação e na tomada de decisão de uma empresa de acordo com os objetivos que foram estabelecidos anteriormente. Este tipo de KPI é capaz de explicitar qual é o cenário atual da empresa e compará-lo com o cenário ideal (que foi colocado como objetivo).

Conclusão

O uso de KPIs na rotina de uma empresa é muito importante para que todos os colaboradores, sócios, funcionários e investidores se mantenham em uma mesma página quando o assunto são as metas do negócio.

Lembre-se que a boa prática na hora de estabelecer os KPIs guiará a sua organização de uma maneira clara e metrificada a fim de atingir as suas metas. Mantenha tudo parametrizado e organizado utilizando as diversas categorias de KPIs, de acordo com as necessidades do seu negócio.

Preparado para colocar em prática o conhecimento que você acabou de aprender e desenhar quais serãos os KPIs da sua empresa? É hora de arregaçar as mangas e pensar no futuro do seu negócio, deixando que os KPIs te ajudem a atingir os seus objetivos.

Quer preparar a sua empresa ainda mais para que ela seja capaz de atingir os objetivos, independente de quais eles sejam? Ter um modelo de negócio bem definido vai te ajudar nesse processo. Além disso, você pode conferir o nosso material sobre negócios digitais. Nele, você vai ver o passo a passo para planejar e executar seus planos de começar um empreendimento digital. Confira:

como planejar seu modelo de negocio digital e estabelecer KPI

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários