• Blog
  • >
  • Insights
  • Margem de lucro: o que é e como calcular para seu negócio.

Margem de lucro: o que é e como calcular para seu negócio.

Você sabe o que é margem de lucro e como ela é calculada? Todos as pessoas e empreendedores que desejam abrir um negócio e começar a comercializar os seus produtos ou serviços, deveria ter a resposta para essa pergunta na ponta da língua.

É comum que no início do processo da abertura de um negócio conceitos como o de margem de lucro ainda estejam nebulosos na cabeça do empreendedor ou empreendedora, de toda forma, buscar por conhecimento é a melhor solução. 

Neste artigo vamos te contar mais sobre margem de lucro, a importância de calculá-la e te dar dicas para encontrar a margem de lucro correta para a comercialização do seu produto ou serviço!

O que é margem de lucro? 

Para entendermos o que é margem de lucro, primeiro é necessário relembrar um conceito anterior: lucro. De forma resumida, podemos dizer que lucro representa o retorno positivo dos investimentos que são feitos por uma empresa.

A fim de exemplificar, imaginemos que você possua uma empresa que vende bolos. Para cada bolo que é produzido é preciso investir 35 reais (mão de obra, ingredientes, energia, aluguel, etc.). Porém, na hora de vender os bolos, você cobra 50 reais por cada unidade. Sendo assim o seu lucro é de 15 reais (50 – 35 = 15) por unidade de bolo. 

É importante relembrarmos o que é lucro para entender um passo ideal na hora de calcular a margem de lucro: estabelecer o preço de venda. Para que o seu negócio cresça e se desenvolva é necessário que você saiba exatamente no que você está gastando dinheiro para calcular o preço de revenda e obter lucro. 

Na hora de estabelecer o preço de revenda, lembre-se que é necessário olhar para vários aspectos do negócio. Voltando ao exemplo do bolo, o preço de custo de uma unidade não é calculado apenas sobre o valor dos ingredientes que são gastos na produção da receita, é preciso também calcular os custos com aluguel, água, luz, telefone, mão de obra, ingredientes, embalagens e tudo mais. 

Ok, lucro entendido, mas e a margem de lucro, o que é? 

É possível classificar margem de lucro como o percentual que você espera receber após a venda de um produto ou a comercialização de um serviço. Sendo assim, para cada produto que é vendido, há um valor percentual aplicado sobre o valor que o produto é comercializado. 

Suponhamos que nos seus cálculos você tenha chegado a uma margem de lucro ideal de 40%. Desta forma, após calcular o valor de produção de um produto, você deve aplicar os 40% sobre este valor, garantindo que a sua margem de lucro estará coberta. 

Qual é a margem de lucro ideal? 

Não existe uma resposta para essa pergunta, uma vez que nem sempre a margem de lucro vai ser igual para todas as empresas. E acredite, não precisa ser a mesma nem para diferentes produtos dentro de uma mesma empresa.

Há alguns estudos que tentam encontrar uma média de margem de lucro de empresas de acordo com os setores que elas atuam, porém os valores podem ser bastante discrepantes ao variar de uma empresa para a outra. Isso acontece pois o preço de revenda leva em conta diversos fatores, como o valor da matéria prima empregada na elaboração de um produto, até valores intangíveis, como o nome da marca e o seu branding no mercado. Uma roupa de grife terá uma margem de lucro maior do que uma roupa revendida em lojas de departamento, por exemplo.

É preciso deixar claro também que dentro de uma mesma empresa diferentes produtos podem possuir margens de lucro diferentes. Ainda sobre o exemplo dos bolos, o bolo de chocolate pode ter uma margem de lucro maior do que o bolo de cenoura, por exemplo. Então, no bolo de chocolate você possui uma margem de lucro de 40% e no de cenoura de 35%, por que os ingredientes do bolo de chocolate são mais baratos, mas o preço de revenda não influencia no montante de unidades vendidas de ambos os sabores. 

Uma outra estratégia envolve um produto que pode ter a sua margem de lucro reduzida de forma que a quantidade de produtos vendidos compense a margem. Ou seja, você pode perceber que ao abaixar o preço de um determinado produto o volume de vendas dele aumenta, consequentemente, isso pode fazer com que, no final, o lucro seja maior. Nem sempre uma margem de lucro maior por produto é a melhor forma de fazer o seu negócio crescer.

De toda forma, apesar de sabermos que não existe uma margem de lucro ideal, antes de estabelecer a sua margem de lucro, pesquise bastante! Tente entender qual é a margem de lucro dos seus concorrentes, como o mercado que você está inserido se comporta e como são os seus consumidores.

Como calcular a margem de lucro? 

Ainda que não exista uma ciência exata por trás de calcular a melhor margem de lucro, existem cálculos que você pode fazer para facilitar esse processo. Para começar, faça uma divisão de três categorias: custo, preço de venda e lucro. 

1. Custo.

Na parte de custo, lembre-se de listar todos os valores que serão investidos na elaboração do produto final. Já falamos neste artigo alguns exemplos de custos fixos e variáveis, como mão de obra, aluguel e materiais necessários para a criação do produto. Esse cálculo também deve ser feito se você vende serviços e não produtos.

2. Preço de venda.

Esta é uma parte muito importante no método de comercialização de produtos e serviços de uma empresa. É o preço de venda que trará lucros ou prejuízos para uma organização ou para um profissional empreendedor. Na hora de estabelecer o preço de venda, lembre-se de fazer uma pesquisa de mercado e entender o preço que os seus concorrentes estabelecem para a venda de produtos similares, lembre-se também de incluir o valor dos custos citados acima e averiguar o valor que os seus consumidores estão dispostos a pagar pelo que será vendido. 

3. Lucro.

Por fim, a melhor parte do negócio: o lucro! O lucro será o percentual que você vai receber sobre as vendas dos seus produtos ou serviços, ou seja, uma gratificação positiva em cima do investimento que foi realizado. Aplique a margem de lucro sobre o preço de revenda para que o seu lucro seja positivo. 

Por fim, você deve buscar entender seus objetivos, curto, médio e longo prazo e, com isso, pegar as informações dos três pontos acima e botar uma meta de margem de lucro.

Uma dica importante que pode ser usada para várias estratégias do seu negócio é: pare e reavalie. Toda ação deve ser avaliada constantemente e o mesmo pode ser dito para estabelecer as margens de lucro. Se o que você coloca como objetivo primeiro não funciona, não há problema nenhum em reavaliar e colocar novas metas. Esse processo fará com que você entenda cada vez mais o seu negócio e seu mercado. Com o tempo, ficará muito mais fácil fazer esses cálculos.


Independente do seu tipo de negócio saber calcular a margem de lucro é um processo ideal para que ele dê certo. 

Agora que você já sabe como fazer esse cálculo, está na hora de começar a aplicar técnicas capazes de te fazer concretizar vendas ainda mais rapidamente. Nós já demos várias dicas nesse sentido aqui no blog, uma delas é sobre os gatilhos mentais, contamos o que são e como usá-los para vender mais. Clique aqui e leia o conteúdo completo.

Para te ajudar ainda mais, que tal aprender nesse e-book como planejar e começar o seu negócio digital do zero? Clique aqui e baixe gratuitamente.

como planejar seu modelo de negocio digital

Por: Samba Tech

A Samba Tech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários