Marketing Esportivo: conheça este mercado que cresce cada dia mais

Marketing Esportivo: conheça este mercado que cresce cada dia mais

“Descubra quais são os cenários e as possibilidades de inovar para as empresas que querem se destacar usando o Marketing Esportivo!”

marketing esportivo

O mundo está passando por transformações que têm contribuído para o crescimento das empresas e, consequentemente, para o aumento da competitividade entre elas. Essas mudanças foram importantes, também, para que diversos setores da economia se reinventassem e buscassem por inovação, tanto em produtos e serviços, quanto em comunicação e canais de relacionamento com seu público.

O esporte é um desses setores que tem passado por transformações, principalmente pela quantidade de dinheiro que este mercado movimenta. O Marketing Esportivo, sobretudo, é o principal responsável por isso. Não somente as marcas esportivas, mas também as de outros segmentos, têm investido no patrocínio de atletas que, hoje, já se tornaram ídolos não somente para amantes do esporte, como para outras pessoas. Neymar e Pelé, por exemplo, são umas das personalidades mais conhecidas do País.  

Um exemplo bem interessante para ilustrar a importância do Marketing Esportivo é o caso do patrocínio do jogador americano de basquete, LeBron James, que fechou um contrato de 44 anos com a marca esportiva Nike. “Nós podemos confirmar que fechamos uma relação para toda a vida com LeBron. Nós construímos uma relação forte de negócios ao longo dos últimos 12 anos e vemos potencial para crescer ainda mais durante a carreira dele e mesmo depois”, disse a marca em comunicado.

Ou seja, quando uma marca decide patrocinar um atleta, ela procura muito mais do que um modelo para uma campanha. É preciso que ele compartilhe dos valores da marca e seja, de fato, um embaixador dela. Quando isso não acontece, é possível que a marca escolha até por retirar o patrocínio, como foi o caso do nadador americano Thomas Lochte, que se envolveu em uma polêmica durante sua passagem pela Olimpíada Rio 2016, no Rio de Janeiro, e acabou perdendo seus quatro patrocinadores.

Mas, hoje, o patrocínio não é a única forma de se fazer Marketing Esportivo. Os grandes clubes, principalmente os de futebol, passaram a investir em outros formatos para envolver cada vez mais os torcedores e, consequentemente, atrair mais receita. E, sabe como eles têm feito isso? Por meio dos vídeos!

O mercado de OTT (Over The Top), que se refere a entrega de conteúdo audiovisual e de outras mídias, através da internet, tem expandido cada vez mais. Somente no ano passado, este  mercado movimentou cerca de US$ 6.3 bilhões e a previsão é que, em 2020, esse valor chegue a US$ 13.7 bilhões. Essa expansão atraiu os olhares dos clubes de futebol, que decidiram entrar em um mercado novo e explorar de forma diferente o Marketing Esportivo.

O Benfica, de Portugal, e o Manchester United, da Inglaterra, criaram Web TVs com conteúdo exclusivo para assinantes e se tornaram, portanto, pioneiros neste mercado. Aqui no Brasil, o Marketing Esportivo, que é utilizado, em sua maioria, para o futebol, ainda caminha a passos pequenos. Mas, se você tem interesse em inovar neste mercado, fizemos um material que vai te ajudar!

O e-book sobre Marketing Esportivo, produzido em parceria com os amigos do Mundo do Marketing, irá te apresentar os cenários e as possibilidades de inovar neste mercado Quer saber mais? É só clicar aqui!

Baixe o e-book sobre Marketing Esportivo e veja:

  • Conceitos e definições de Marketing e Marketing Esportivo
  • Curiosidades sobre como funciona o Marketing de grandes eventos esportivos.
  • Como inovar o Marketing Esportivo por meio dos vídeos!

marketing esportivo

Boa leitura! 🙂

Por: Sambatech

A Sambatech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários

[gs-fb-comments]