Método AIDA: o que é e como ele pode potencializar suas vendas.

Você já ouviu falar no método AIDA? O método apresenta o comportamento do consumidor dividido em quatro partes, uma para cada letra do termo AIDA. 

O objetivo do método AIDA é fazer com que as marcas compreendam melhor os seus consumidores. Por meio de um entendimento mais aguçado sobre o comportamento de seus clientes, é possível que as empresas criem ações mais certeiras, melhorando a conversão. 

A metodologia pode ser utilizada em vários campos, desde a publicidade mais tradicional (onde o modelo AIDA foi criado) até nas novas táticas do Marketing Digital. Quer saber como utilizar o AIDA para potencializar os resultados do seu negócio? Nós contamos tudo sobre o método neste artigo. Boa leitura!

O que é AIDA? 

O americano E. St. Elmo Lewis, um dos pioneiros da Publicidade e Propaganda, começou alguns trabalhos sobre o método AIDA durante o século 18. O objetivo era conhecer melhor o comportamento dos consumidores, de maneira a ser possível guiar o cliente por sua jornada até a efetivação da compra. 

AIDA é a sigla para: 

A: atenção, 

I: interesse, 

D: desejo e 

A: ação. 

Cada uma das letras corresponde a uma etapa do consumidor até a compra. Primeiro, é preciso atrair a atenção do potencial cliente. Em seguida, ações devem ser tomadas para manter o interesse no produto ou serviço que será adquirido. Depois, é importante criar desejo para que, por fim, o consumidor tome uma decisão, realmente agindo e efetivando a compra. 

Em seus primórdios, o método AIDA era utilizado principalmente na hora de criar anúncios impressos, funcionando como uma fórmula para a confecção das peças: o anúncio deveria conter um elemento para cada uma das etapas apresentadas pela metodologia: atenção, interesse, desejo e ação. Com isso a ideia era ter no anúncio uma imagem atrativa, um subtítulo que gerasse interesse, o corpo do texto educando o leitor e, por fim, contatos do anunciante que levassem o consumidor ao produto. 

Com o passar do tempo novas tecnologias surgiram, mas o AIDA nunca deixou de ser um método efetivo e hoje esses mesmos princípios podem ser utilizados nas estratégias de propaganda para tv, OOH (mídia out of home), marketing digital e vendas. 

Como o método AIDA funciona?

O AIDA apresenta as etapas que o consumidor passa antes de fechar um negócio. O conhecimento dessa sequência de passos é importante, mas também é importante dominar algumas informações sobre o seu consumidor e esses conhecimentos podem ser transcritos em forma de persona. Nós já falamos sobre persona em outro artigo do blog que você pode ler clicando neste link

Combinando o método AIDA com o conhecimento sobre as personas do seu negócio, os resultados serão ainda mais positivos. 

Com isso em mente, é hora de visualizar cada etapa do AIDA de forma separada:

1. Atenção.

A primeira parte do método AIDA diz sobre a necessidade de atrair a concentração da sua persona. Aqui, é preciso que o cliente note a sua existência. Se você não tem a atenção do consumidor, como ele irá descobrir o valor dos produtos ou serviços que a sua empresa tem a oferecer? 

Por isso chamar a atenção é tão importante e isso pode ser feito de diferentes formas. 

Uma boa dica é utilizar de diferentes linguagens para convencer o consumidor a parar o que ele estiver fazendo para se concentrar na sua marca. Em se tratando de anúncios, por exemplo, a contextualização ajuda muito! Então se a sua empresa vende formas para bolo, é muito melhor anunciar em locais que tenham a ver com culinária, do que em programas que falam de viagens, por exemplo. 

Atente-se aos seguintes pontos para que a atenção do consumidor seja voltada para você: 

  • Localização: vá onde a sua persona está (aqui pode ser tanto uma localização física, quanto online).
  • Momento: saiba o momento certo que sua persona estará disponível. 
  • Impacto: chame a atenção causando um impacto no consumidor. Ele precisa olhar para você. 

2. Interesse.

A atenção do consumidor é sua, agora é preciso que o seu potencial cliente continue focado em você para que a mensagem que você deseja passar seja transmitida corretamente. 

E o segredo para manter o interesse é simples: relevância. É muito importante que a sua marca seja relevante para a persona. De nada adianta chamar a atenção se o produto que você está vendendo não agrega nada aquela persona específica. Por isso ache as pessoas certas! 

Provavelmente a persona acabou de conhecer a sua marca ou produto e está em fase de criar confiança no que você está dizendo. Para acelerar esse processo, tente despertar a curiosidade do consumidor com uma mensagem que ofereça a solução para os seus problemas. Saiba qual é a necessidade do consumidor e foque em resolver. 

Na fase de Interesse, é preciso ter uma comunicação alinhada com a fase de Atenção. Isso significa que, se você chamou a atenção do consumidor falando sobre formas para bolo, não adianta tentar vender óculos de sol. Seja coerente e cumpra a promessa que você fez ao chamar a atenção. 

3. Desejo.

A terceira etapa do AIDA corresponde ao Desafio. Aqui, vale deixar claro que só o interesse não gera compra. Além de deixar a sua persona interessada no produto ou serviço comercializado, é preciso criar desejo. 

Na etapa de interesse a sua marca já demonstrou que o consumidor está com um problema e que o seu produto ou serviço pode ser a solução. Sendo assim, a persona está em fase de avaliar se a sua marca é a melhor escolha, por isso é necessário mostrar todas as suas qualidades e adiantar a sensação de desejo. 

Prove através de exemplos, dados e números as suas vantagens. Deixe claro quais são os benefícios que a sua marca oferece e quais são as qualidades que se destacam nos produtos comercializados. 

4. Ação.

Chegou o momento da etapa final do AIDA: a ação. Se você chegou até aqui, soube despertar a atenção da sua persona, conseguiu manter o interesse dela e gerou desejo. Agora o momento é de criar a sensação de urgência para que a negociação seja efetivada. 

Lembre-se de que a ação nem sempre é uma compra. Tudo vai depender do seu objetivo, seja fazer o consumidor comprar um produto ou serviço, ou fazer com que o lead acesse o seu site, veja um vídeo, faça a inscrição na sua newsletter, preencha um formulário, etc. 

Na última etapa do AIDA é preciso facilitar a maneira como a persona tomará a ação, sendo assim, é preciso deixar o caminho claro para a ação que você, como empresa, quer que a persona tome.


E aí, o que achou do método AIDA? Acha que consegue aplicar no seu negócio? Esse método pode impulsionar as vendas do seu empreendimento, porém, é importante entender que ele deve vir acompanhado de um bom planejamento de marketing digital como um todo.

Quer montar um bom plano de marketing digital de forma simples, intuitiva e gratuita? Acesse aqui o template editável que preparamos para ajudar empreendedores e negócios a melhorarem suas estratégias de marketing.

template editável para plano de marketing digital

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários