Músicas para vídeos: dicas, como escolher e bancos gratuitos

Alguns filmes têm trilhas sonoras tão poderosas e marcantes, que acabam sendo tão importantes quanto o próprio filme, a edição ou o cenário, e acabam marcando para sempre um personagem ou uma cena da produção. Já parou para pensar em quais as melhores músicas para vídeos?

Você que foi ao cinema em 2015 assistir ao novo Star Wars, com certeza sentiu falta de ouvir a marcha imperial acompanhando o icônico Darth Vader. Ou se você não é fã da saga, com certeza lembra do famoso tema da cena do chuveiro no suspense Psicose, de Hitchcock, ou da música que acompanha o temido vilão marítimo no filme Tubarão. E quem é que não arrepia quando escuta a trilha macabra que marca o filme O Exorcista, ou se empolga ao ouvir o tema de A Pantera Cor de Rosa?

escolher musicas para videos darth vader marcha imperial

As músicas têm o poder de ativar regiões do cérebro ligadas a concentração e as emoções e, mesmo que você não perceba, é ela que te guia nas cenas de ação, te faz se emocionar com o conflito romântico e te leva às lágrimas nos momentos dramáticos. Experimente ver um filme ou vídeo que te emocionou muito com a música desligada. Você com certeza não terá a mesma sensação e nem se emocionará da mesma forma. Isso é um fato!

Por isso, quando for produzir seus conteúdos, é importante escolher uma boa trilha e efeitos sonoros de acordo com as sensações que você deseja despertar no público e fazer o possível para que seu vídeo tenha uma boa qualidade de áudio.

Vai fazer um vídeo e quer dicas para que ele tenha a sonoridade ideal? É só continuar lendo o artigo para aprender tudo sobre músicas para vídeos!

Antes de começar, você também pode conferir o passo a passo para montar o seu próprio home studio de vídeos – mesmo com baixo orçamento. Confira!

montar estudio para gravacao de musicas para videos


Como escolher suas músicas para vídeos.

Escolher corretamente suas músicas para vídeos é mais fácil do que você imagina. Mas se você não tem familiaridade com esse tipo de ajuste e ainda fica em dúvida sobre qual música escolher para suas produções, ou como inseri-las nos vídeos, a gente tem algumas dicas. Confira:

1. Defina o que você quer passar com seus vídeos.

Em primeiro lugar, é importante pensar naquilo que você quer que sua audiência sinta ao ver seu vídeo. Você quer que ela fique atenta, que relaxe, que se sinta animada, melancólica?… Definido isso, você já pode começar a separar as suas músicas para vídeos da melhor forma.

Escolha músicas tristes, mais lentas e marcadas com instrumentos clássicos como piano e violino, para quando quiser criar um clima triste ou atingir seus espectadores emocionalmente. Opte pelas músicas animadas, com ritmos mais marcados e rápidos, para quando quiser que as pessoas se empolguem ou fiquem mais atentas a sua mensagem.

O que vai te ajudar muito nessa etapa de seleção de músicas, serão suas referências de outras produções.

Você já reparou, por exemplo, que todos os vídeos de superação ou que contam histórias de sucesso, usam músicas com uma melodia crescente, para que o pico da música ocorra justamente no ápice da história ou em seu momento mais emocionante? Se não, basta se lembrar de um dos “temas da vitória” mais conhecidos do mundo. Repare como a música começa tímida e depois vai crescendo até atingir seu ponto alto. Como a música abaixo! Não é emocionante?

2. Cuidado com os hits do momento.

Dependendo do objetivo de seu vídeo e de quem irá assistí-lo, você deve tomar muito cuidado com os hits do momento. Usar uma música muito famosa ou que esteja sendo tocada incessantemente pode ser um risco por quatro motivos principais:

  1. Seu vídeo pode ficar datado e perder a relevância e o aspecto de atualidade assim que a música sair das rádios e da cabeça das pessoas.
  2. A música pode ganhar mais destaque do que sua mensagem e acabar comprometendo a eficácia de seu vídeo.
  3. Como nem todo mundo gosta das mesmas músicas, ou acabam ficando irritadas quando escutam uma música por muitas vezes, você corre o risco de as pessoas rejeitarem seu vídeo por causa da trilha sonora.
  4. Se você não tiver autorização para usar a música em questão, pode acabar sendo punido pelas leis de direitos autorais e, além de perder toda a sua produção, pode ter que arcar com multas e processos.

Portanto, muito cuidado ao utilizar aquela música do momento, que você acha super legal. Sua audiência pode não pensar da mesma forma.

3. Trabalhe apenas com músicas que você tenha autorização legal para utilizar.

Lembre-se: Você jamais deve trabalhar com músicas das quais você não possua os direitos autorais ou que você não esteja autorizado a usar.

Como já citamos, caso você use músicas sem autorização do artista, das gravadoras ou que não sejam de uso livre, sem direitos autorais, você pode acabar tendo muitos problemas judiciais e prejuízos financeiros, além de correr o risco de perder toda a sua produção.

Porém, se você não quer ter que lidar com toda a burocracia de adquirir os direitos das canções, ou pagar uma fortuna para isso, nossa dica é utilizar os bancos de músicas livres disponíveis na internet. Neles, as músicas disponibilizadas são livres de direitos autorais e você pode usá-las sem medo!

A variedade de músicas disponíveis nesses bancos normalmente é enorme e além das canções para trilha sonora, ainda é possível encontrar efeitos e sons diversos para enriquecer sua produção.

Músicas grátis e livres para usar em seus vídeos.

Se você não conhece nenhum arquivo online desse tipo, aqui temos cinco indicações de bancos com músicas e efeitos livres e gratuitos para você utilizar em seus vídeos. Na maioria você só precisa acessar o site, escolher o que precisa e fazer os downloads em MP3. Confira:

Antes de utilizar os arquivos, só fique atento aos termos de uso estabelecidos por cada site, pois alguns bancos pedem que você atribua a música ao autor nos créditos finais ou exigem uma licença especial quando o uso é comercial.

Bancos de trilhas pagas.

Apesar de úteis, os bancos grátis podem não atender completamente às demandas do seu projeto. Então, vale à pena também conhecer alguns bancos pagos. A maioria deles você paga uma assinatura anual e tem direito de utilizar as trilhas que desejar! Nesses casos, é muito mais fácil encontrar trilhas menos usadas – mais exclusivas – e de melhor qualidade.

Confira algumas dessas bibliotecas para adicionar ótimas músicas para vídeos:

4. Cuidado com o volume das canções.

Outro cuidado que você deve tomar é o de ajustar o volume das músicas em seu vídeo, para que elas não fiquem acima de outros elementos importantes ou interfiram na compreensão da sua mensagem.

Afinal, nada pior do que uma música que até te assusta de tão alta que está ou não te deixa ouvir os atores e personagens em uma cena, não é? Ao mesmo tempo, se você não coloca as músicas em um volume alto o suficiente, pode correr o risco de não causar as sensações desejadas no público ou fazer com que ele não capte um momento importante ou algum efeito que seria essencial para a compreensão da mensagem como um todo.

Portanto, sempre controle o volume das músicas e sons que você utiliza em seu vídeo e estabeleça uma ordem de importância sonora, para definir o que deve ficar em primeiro plano ou como fundo em cada cena.

Alguns editores e gerenciadores de áudio, como o Audition e o Audacity permitem que você faça esse ajuste do volume das músicas na sua coleção, antes delas serem incorporadas ao vídeo, mas isso também pode ser feito na parte de edição dos materiais, nesses próprios programas ou em um programa de  edição de vídeos como o Adobe Premiere ou o Sony Vegas.

Como aumentar ou diminuir o volume de uma música ou efeito

Aumentar ou diminuir o volume das músicas e sons que você escolhe para seus vídeos é extremamente simples se você sabe por onde começar. Um dos programas mais utilizados para edição de áudio hoje é o Audition, pela quantidade de recursos que ele disponibiliza e pela fácil integração com o Premiere, ambos programas da Adobe.

Controlar o volume dos sons nesse programa é extremamente simples. Para controlar o volume do arquivo como um todo, basta utilizar o pequeno círculo que fica do lado esquerdo, na parte de controle do áudio. Com ele você pode ajustar os decibéis de forma precisa e aumentar ou diminuir bastante o áudio.

Além do mais, seja no Audition ou na maioria dos outros programas de edição de vídeo, você pode controlar o áudio pela própria linha de volume que aparece na linha do tempo de edição do arquivo.

Se você quer uma instrução visual e detalhada de como controlar o volume dos sons e fazer outras pequenas edições, leia o artigo específico sobre edição áudio clicando neste link!

Aplicativos e programas para colocar músicas em vídeos.

Se você já escolheu suas músicas, mas ainda não sabe como vai integrá-las aos vídeos, temos aqui duas sugestões de aplicativos, para que você faça isso em seu próprio smartphone, e duas de programas de edição, para que você trabalhe no computador.

Aplicativos.

Se você usa o sistema operacional Android, indicamos o aplicativo Video Show. Este app é gratuito e permite que você insira áudios em seus vídeos e ainda faça outras edições básicas, como cortar e juntar arquivos.

Já se você tem um aparelho da Apple, com IOS, a dica é utilizar o Splice. O aplicativo é gratuito e também permite que você faça outras edições básicas, como inserir textos, cortar e adicionar filtros aos vídeos.

Programas de edição.

Já se você tem familiaridade com os vídeos, entende de edição e precisa realizar ajustes mais completos, ou quer uma variedade maior de efeitos e ferramentas, indicamos que você parta para um programa profissional, como o Adobe Premiere ou o Sony Vegas.

Neste outro artigo, você também pode conhecer mais programas de edição de vídeos para diferentes níveis de conhecimento e necessidade.

Não abra mão da qualidade dos sons!

Por fim, mas não menos importante, nossa última dica é: não abra mão da qualidade de suas músicas. Canções com ruído, mal gravadas ou de fontes desconhecidas, podem comprometer toda a sua produção e colocar em dúvida a credibilidade de sua mensagem.


Escolha suas músicas de forma cuidadosa e garanta mais emoção e simpatia para seu vídeo! Grandes trilhas garantem filmes memoráveis e você deve ter isso sempre em mente. Escolha suas músicas para vídeos com cuidado e tenha sucesso com suas produções!

Se você ainda tem dúvidas sobre outras etapas da produção de vídeos, como na filmagem ou edição, fique a vontade para navegar por nossos artigos e materiais. Com certeza tem muito conteúdo que pode te ajudar.

Confira também outros artigos em nosso blog! Você pode começar por este sobre roterização, e também dar uma olhada nesse outro sobre iluminação! Com eles você vai poder começar a fazer seus filmes de forma rápida e simples, sem muitos gastos e com alta qualidade!

Claro, se quiser investir de vez na produção dos seus vídeos, pode se inscrever gratuitamente no nosso minicurso sobre produção de vídeos, mesmo com baixo orçamento!

minicurso de producao de videos e musicas para videos

Por: Nathália Tameirão

Coordenadora de Marketing Digital na Samba Tech e especialista em SEO e conteúdo. Formada em Publicidade e Propaganda pela UFMG, é responsável pela estratégia de conteúdo da Samba, com foco em atração e conversão.

Contribua com este post nos comentários