O que eu aprendi com as Olimpíadas

“As olimpíadas deixaram lições que todos deveriam aplicar em sua vida pessoal e profissional.”

olimpíadas

As olimpíadas terminaram faz pouco tempo e deixaram muita gente com saudade.

A festa acabou, as delegações se despediram do país, mas todo o evento me fez aprender muitas coisas.

Então, pra amenizar a falta dos jogos, decidi escrever sobre essas lições que as olimpíadas deixaram pra mim e, com certeza, pra muitas outras pessoas. E o melhor é que elas não servem apenas para o esporte, mas para todos os quesitos da vida de uma pessoa, principalmente o profissional.

Quer ver?

1. As histórias de superação e resiliência

Rafaela Silva: ouro no judô. Diego Hypolito: prata na ginástica. Isaquias Queiroz: recordista brasileiro em medalhas em uma única edição das olimpíadas. Isso tudo depois de ofensas raciais, depressão e de dois deles, inclusive, cogitarem abandonar o esporte.

Estes são apenas alguns exemplos de superação e resiliência que assistimos nas olimpíadas. Difícil encontrar alguém que não se emocione com estas histórias. E o mais bonito disso tudo é ver como elas são inspiradoras!

Atletas que passaram por tantas coisas, quebraram tantas barreiras, venceram dificuldades físicas e mentais, fazem com que nossos problemas muitas vezes pareçam pequenos.

Quantas vezes você não desistiu de um projeto pessoal com medo de fracassar? Quantas vezes você não inventou uma desculpa para começar algo novo? Seja por medo, por comodismo, por não acreditar em si mesmo, com receio de ser julgado por terceiros.

O mais difícil é o primeiro passo, mas depois você já dá o segundo, e já o terceiro acaba virando algo natural.

Que tal sair da zona de conforto e se permitir novas experiências? Pegar o telefone e ligar para aquele cliente que tinha um projeto legal? Ou apresentar para a Diretoria aquelas ideias criativas que podem mudar a cara da empresa? Ou começar aquele hobby que você sempre quis?

A pior das hipóteses: Não dar certo, mas você aprender com isso e ter pelo menos tentado.

A melhor das hipóteses: Dar certo!

2. “Vestir a camisa” do seu time é legal

Copa do mundo e olimpíadas nos trazem aquele sentimento de nação. Todos torcendo por aquele atleta que representa o nosso país.

Eu tive a oportunidade de ir ao jogo das quartas-de-final de futebol feminino, quando o Brasil avançou nos pênaltis e apesar de algumas confusões na entrada, que jogo! Que entrega das atletas! Que entrega da torcida! Sinergia pura. Emocionante ver a torcida unida gritando o tempo todo, apoiando, com orgulho daquela equipe. Torcidas mineiras rivais se unindo para um único propósito. Admito ter ido ao jogo sem muitas expectativas, mais pela possibilidade da experiência de ir num jogo olímpico. Resultado: Saí do estádio com umas das experiências mais prazerosas que vivenciei recentemente!

No dia a dia do nosso trabalho, isso faz mais sentido ainda. Faça parte de uma empresa em que você se orgulhe de trabalhar. Não faça só o seu trabalho. Colabore. Ajude os outros. Tenha espírito de equipe. Apoie novas ideias, procure aprender atividades novas,seja humilde, mas se destaque de alguma forma. “Vista a camisa da empresa”! Não tem nada de errado nisso. E sabe de mais uma coisa: é legal!

Trabalha com esportes e quer revolucionar seu marketing? Dê uma olhada nesse material completo sobre marketing esportivo!

3. O esporte assim como seu trabalho pode contagiar e mudar a vida das pessoas

As olimpíadas nos mostraram mais uma vez como o esporte pode mudar a vida das pessoas. Tanto de quem pratica, dando oportunidade para pessoas mais humildes e menos afortunadas, quanto também incentivando quem está assistindo.

Fico imaginando que como atleta, alcançar seus objetivos superando vários obstáculos deve ser uma experiência fantástica, sensação de dever cumprido. Mas mais do que isso, saber que como um ídolo ele pode mudar a vida das pessoas servindo como inspiração, deve ser uma sensação única!

Ver essas cenas e histórias na televisão deve parecer algo distante. Mas que tal trazermos um pouco desta sensação para o nosso dia a dia!

De alguma forma o seu trabalho faz parte de um ecossistema. Acredite que ele faz a diferença! Se não estiver satisfeito, reflita: o que VOCÊ pode fazer a mais para que o seu trabalho seja mais impactante?

Contribua. Dê idéias! Inspire.

Uma pessoa bem próxima a mim me disse uma vez: “todo dia acordo pensando como posso ser melhor, como pessoa, como profissional, como pai.”

Seja um exemplo para outras pessoas.

4. Planejamento

4 anos de dedicação para talvez participar de 3 provas que vão durar 15 segundos cada. Por de trás disso, não só dedicação e disciplina, mas também planejamento!

Se preparar, traçar metas, estudar o melhor caminho.

O sucesso também requer muito preparo. Conhecer as melhores práticas, conhecer seus concorrentes, entender o que outros vitoriosos fazem para terem sucesso, enfim, se planejar para depois colocar em prática. Planejamento + ação!

5. Carisma e relacionamento fazem toda a diferença

Na minha vida eu sempre tive um apreço especial por pessoas carismáticas. Elas contagiam o ambiente que estão, conseguem atrair aquela energia boa para ela e para os próximos, além acumular de admiradores. Positividade!

Veja a postura e o carisma do mito Usain Bolt com seus fãs! Sempre simpático, com um sorriso no rosto, sambando, tirando fotos, devolvendo todo o carinho.

Alguns podem falar “poxa, mas é fácil ser carismático com todo esse talento”, ou “essa simpatia toda é estratégia de marketing”. Até acredito que, em partes, isso possa ser verdade, mas sendo carismático, ele faz com que grande parte da torcida o apoie. Em contrapartida, veja o seu rival Justin Gatlin, medalhista de ouro em Atenas, que foi afastado e crucificado posteriormente por uso de anabolizantes. Ele deu a volta por cima, foi considerado agora em 2016 com sua melhor forma física e, mesmo assim, foi vaiado várias vezes. Sempre com rosto fechado, considerado bad boy, o atleta não fazia questão alguma de se redimir com a torcida e por mais indiferente que ele tente parecer, ficou claro que isso o incomodava. Até porque ele é um ser humano.

Ser carismático e ter um bom relacionamento internamente no seu trabalho tanto quanto com clientes faz toda a diferença. Saber escutar, saber ajudar, estar sempre com um astral bom.

Já percebeu que algumas pessoas têm mais facilidade de receber ajuda em algum projeto? Ou que as pessoas estão mais predispostas a ouvir uma certa pessoa do que outra? “Para aquela pessoa tudo dá certo.” Muito disso vem de um bom relacionamento.

E não há nada de errado nisso! Dê bom dia para seus colegas. Comprimente da faxineira até o Diretor. Separe um tempo do seu dia para ouvir as pessoas. Encare o dia com um sorriso no rosto. Almoce com pessoas diferentes daquelas que você está acostumado.

Você vai perceber o quanto os pequenos gestos fazem diferença para as pessoas. E além de fazer você se sentir bem com isso, com certeza também vai te ajudar a abrir portas!

6. Honestidade e transparência

A equipe de natação americana mais uma vez foi sensacional dentro d’agua. Mas fora dela, alguns atletas nem tanto, com atos de vandalismo e mentiras sobre o acontecimento para sair ilesos. Como se não bastasse o vandalismo em si, eles contaram uma mentira que prejudicaria outros e provocaria uma imagem negativa para nosso país. Resultado: Ryan Lochte, um dos nadadores envolvidos, perdeu um dos seus principais patrocínios e o acontecimento manchou o nome da delegação do seu país de origem.

Acredito muito em segundas chances e que errar é humano. Mas postura, honestidade e saber assumir seus erros fazem toda a diferença!

No nosso trabalho isso também se encaixa perfeitamente. Eu lido diariamente com clientes e vejo que uma das características que eles mais prezam é transparência. Isso dá credibilidade para a empresa e gera confiança para o cliente, pois ele percebe que está dialogando com uma empresa profissional e íntegra.

Postura e honestidade dentro da empresa também importam, e muito! Aquele funcionário que admite o erro e assume as suas responsabilidades de forma profissional vai longe. Mostra maturidade para encarar os desafios do dia a dia.

Nota final: Se as olimpíadas já foram tão inspiradoras, imagine quando começar as paraolimpíadas! Com todos aqueles heróis do dia a dia!

#somostodosolimpicos

olimpíadas

Por: Samba Tech

A Samba Tech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários