Como fazer um plano de marketing digital vencedor [com template]

Empreender não é uma tarefa fácil, exige muita dedicação, criatividade e bastante planejamento. A boa notícia é que, hoje, existem várias ferramentas e técnicas que o empreendedor pode utilizar para se destacar no mercado. Uma delas é o marketing digital. Fazer um bom plano de marketing digital pode ser o diferencial entre você e a concorrência na hora de aumentar suas vendas e suas oportunidades de negócio.

Essa vertente do marketing surgiu há cerca de 20 anos, e mesmo em tão pouco tempo já foi capaz de revolucionar a forma de como as empresas promovem suas marcas no território digital. No Brasil, país no qual mais de 58% da população tem acesso a internet em casa e 7 em 10 pessoas possuem um smartphone, a internet é um excelente terreno para se investir em marketing e criar uma excelente presença digital para sua empresa. Quer saber como criar um plano de marketing digital que vai ajudar seu empreendimento alcançar o sucesso? Confira tudo nesse artigo.

E para facilitar ainda mais, criamos um template editável para que você vá preenchendo seu próprio plano de marketing a medida que lê esse artigo. Baixe gratuitamente aqui!

plano de mkt digital

O que é marketing digital?

O marketing digital, basicamente, é o conjunto de atividades desenvolvidas online com o intuito de atrair novas oportunidades de negócio, além de visar desenvolver e solidificar uma identidade de marca.

Na explicação um pouco mais longa, o marketing digital surgiu nos anos 90, juntamente com a expansão da web. Nessa época, a comunicação online não era tão abrangente quanto hoje, portanto, o marketing digital era feito de forma semelhante ao marketing tradicional, pois baseava-se em uma comunicação unilateral, na qual a propaganda ia até o cliente, e não o contrário. Com o desenvolvimento de novas ferramentas online e com o formato da internet se reinventando praticamente diariamente, essa vertente digital do marketing começou a tomar os rumos que conhecemos hoje.

Com uma maior participação do público – e possíveis clientes! – na comunicação online, o marketing digital passa a ser mais focado no interesse do público e menos centralizado na empresa. Além disso, sites como redes sociais, por serem altamente interativos, permitem que o marketing seja feito não só pelo empreendedor, mas também pelos próprios clientes, por meios de comentários, dicas, compartilhamentos e recomendações online. Tudo isso trabalha em benefício dos objetivos do marketing digital que mencionamos antes, além de serem excelentes estratégias para criar e expandir relacionamentos online.

Vantagens do marketing digital

Menor custo

Talvez a vantagem mais atrativa do marketing digital seja o menor custo para alcançar grandes resultados. Para pequenas e médias empresas, isso é essencial! Fazer publicidade em mídias tradicionais, como revistas, jornais e televisão é muito mais caro quando comparado às mídias digitais. Então, se fazer um plano de marketing digital e adotar essa estratégia pode custar bem menos e trazer mais resultados, pode resultar em um aumento no faturamento da sua empresa.

Interatividade e comunicação

As redes sociais permitem estabelecer um canal de comunicação direto entre empresa e cliente. Por isso, é possível responder dúvidas, receber feedbacks e prestar suporte em tempo real. Essa interatividade e facilidade de comunicação aumenta a confiança do comprador no produto – resulta em maior chance de concretizar vendas – e auxilia na fidelização de clientes. Além disso, aumenta a identificação do público com a marca, o que é sempre um excelente aliado para que ele volte a comprar.

Segmentação

Segmentar significa dividir em partes, fazer um plano de marketing digital baseado em segmentações significa garantir que a sua publicidade irá chegar somente nas pessoas certas. Já ouviu o ditado que afirma que quem atira para muitas direções acaba perdendo o alvo principal? É exatamente isso que a segmentação faz pela sua empresa, garante que você foque no alvo principal e o alcance com sucesso. Em termos práticos, o que isso representa? Mesmo suas ações de marketing chegando a menos pessoas, chegará apenas até pessoas relevantes para o seu negócio.

Possibilidade de mensurar resultados

Uma das ações mais importantes em qualquer área de um empreendimento é mensurar resultados e adotar práticas para melhorá-los. O marketing digital permite que tudo seja mensurado de forma prática e em tempo real. Ferramentas como Analytics e RD Station mostram exatamente como sua empresa está indo nas questões de marketing, como as campanhas e o engajamento. Assim, com resultados em mãos, fica muito mais fácil saber o que está dando certo e o que ainda é preciso mudar para alcançar resultados ainda melhores.

Alcance sem fronteiras!

Já parou para pensar na quantidade de pessoas que acessam a internet todos os dias no mundo inteiro? Segundo um estudo anual realizado pelo Facebook, mais de 3 bilhões de pessoas já possuem acesso à internet. E tudo isso sem fronteiras geográficas! Por meio dos sites e das redes sociais, é possível realizar conexões com pessoas do mundo inteiro. Até mesmo a barreira do idioma pode ser superada, uma vez que ferramentas de tradução são muito comuns, além do fato de muitos sites oferecerem suporte para múltiplos idiomas.

Agora que você já viu as inúmeras vantagens que um plano de marketing digital podem oferecer para seu empreendimento, que tal colocar a mão na massa e aplicar esse plano para seu negócio? A seguir, confira um passo a passo que te explica como fazer um bom plano de marketing digital, descomplicado e efetivo. Vamos lá?

Como fazer um plano de marketing digital

O que é um plano de marketing digital?

Antes de começarmos a estruturar o plano, é bom entender o que ele é. Resumidamente, um plano de marketing digital é um planejamento das ações de marketing que uma empresa pretende realizar no ambiente digital. É nesse momento que a estratégia de marketing é construída, os objetivos são estabelecidos e os passos para chegar até eles definidos. É por isso que não existe um plano único que se aplica a todos os empreendimentos. Cada empresa tem suas peculiaridades de mercado que devem ser levadas em consideração na hora de bolar a estratégia de marketing. Por isso, o início de um bom plano de marketing digital é a pesquisa.

Pesquisa

É onde tudo começa! A pesquisa irá te mostrar qual caminho a ser seguido, quais métodos já são utilizados por concorrentes, qual seu público alvo e muitos outros detalhes importantíssimos. É aqui que você deve definir as metas, o que depois servirá de guia para pensar as ações que deverão ser tomadas. Para realizar sua pesquisa, pense nos seguintes pontos:

  • Quais são os meus objetivos? O que eu quero alcançar com essas ações de marketing?
    • Para saber se uma ação deu certo, você, primeiro, deve definir o que quer alcançar por meio dela. Por isso, a primeira parte do planejamento do plano de marketing digital é definir objetivos. Para pensar se esses objetivos são viáveis, entra a sigla SMART, muito comum no área do marketing. A sigla SMART, em inglês, significa que seus objetivos devem ser Específicos, Mensuráveis, Atingíveis, Relevantes e Possuir prazos definidos.
  • Qual é o cenário do mercado?
    • Pesquisar sobre o cenário do mercado irá te ajudar a entender os hábitos online dos clientes e da concorrência também. Assim, fica muito mais fácil ver o que pode dar certo e o que pode dar errado, antes mesmo de começar a aplicar as ações.
  • Quais são minhas personas?
    • Saber qual a linguagem adequada para falar com o seu público torna sua mensagem muito mais efetiva. Entender bem como o seu público se comporta nas redes sociais irá te ajudar a pensar como chegar até eles mais facilmente.

Planos de ação

Após a pesquisa, é hora de pensar nas ações para começar a botar a mão na massa! É nesse ponto que você deve esclarecer exatamente quais ações serão tomadas para alcançar os objetivos definidos na etapa do planejamento. E claro, sempre mantendo em mente as análises feitas na etapa anterior a respeito do público e do mercado. Para definir o plano de ação, faça as seguintes perguntas:

  • Quais canais irei utilizar?
    • Cada canal digital pode ser utilizado de uma maneira diferente para um objetivo diferente. Por exemplo, entre as redes sociais, Facebook e Twitter podem ser usados de forma mais descontraída e informal, enquanto o Linkedin é um meio de relacionamento mais profissional. Para além desses exemplos, ainda é possível criar blogs, utilizar o Instagram, fazer e-mail marketing, utilizar plataformas de vídeos e muitos outros. Algumas redes sociais ainda te permitem criar contas específicas para empreendimentos!
  • Qual vai ser o formato do meu conteúdo?
    • O conteúdo é o que vai, de fato, atrair o público. Ou seja, é preciso criar um conteúdo de qualidade que seja relevante para o seu público. É importantíssimo pensar que cada uma dessas redes sociais possuem peculiaridades e são utilizadas por pessoas bem distintas. Ou seja, para cada uma delas, é necessário trabalhar um formato diferente de conteúdo.
  • Como irei monitorar os resultados dessas ações?
    • É preciso medir se as ações tomadas estão sendo efetivas, para isso, é necessário definir quais serão as métricas que serão mensuradas e como você irá acompanhá-las. Para saber tudo sobre o assunto, você pode clicar aqui e acessar nosso artigo sobre ele.
  • Qual será o cronograma para executar essas ações?
    • O cronograma deve ser feito para sempre deixar claro qual a frequência que o seu conteúdo será veiculado nas redes sociais escolhidas na etapa anterior. Isso é primordial para criar uma regularidade e, claro, uma conexão entre eles. Pesquise sobre os melhores momentos para soltar conteúdo novo em cada rede social e utilize isso! Por exemplo, se você fizer uma postagem no meio da madrugada, dificilmente terá um bom resultado, pois menos pessoas estarão acessando a rede naquele momento específico.

Execução

Agora é hora de executar tudo que foi planejado! Sempre mantendo em mente os objetivos, procure seguir o cronograma e criar conteúdo relevante para o seu público e, claro, de muita qualidade.

Seja criativo! Saiba como cativar o seu público, criar engajamento e fazer com que a identificação com a sua marca cresça. Isso vai ser fundamental para fazer sua marca se destacar da concorrência.

Dica: Uma excelente forma de fazer exatamente isso é utilizando vídeos!

Os vídeos são excelentes ferramentas para o seu marketing digital, e os dados já mostram claramente porque esse formato de conteúdo é bastante efetivo para uma estratégia de marketing.

  • Uma pesquisa da Cisco mostra que, até 2020, vídeos serão responsáveis por mais de 80% de todo o tráfego na internet.
  • Páginas que possuem vídeos podem aumentar até 2 minutos do tempo de permanência do visitante. Isso é uma ótima forma de melhorar o SEO da sua página!
  • 90% das pessoas estão mais dispostas a comprar algum produto após assistir a um vídeo sobre ele. Isso significa que a chance de um cliente concretizar uma compra praticamente dobra se ele tiver assistido a um vídeo!

Basicamente, os vídeos podem te ajudar tanto na hora de fazer o seu plano de marketing digital, quanto na hora de começar a vender seu produto.

Inclusive, a Samba tem utilizado vídeos para gerar oportunidades de venda para o negócio e você pode conferir as melhores estratégias aqui nesse infográfico gratuito. Confira aqui neste infográfico!

infografico videos para gerar oportunidades de venda

Executar as ações é muito importante, mas o marketing digital não para por aqui. Após todas essas etapas, está na hora de mensurar os resultados para ver o que deu certo e o que precisa passar por mudanças.

Análise de resultados

De nada serve um plano de marketing se você não reunir os dados para saber se sua estratégia foi um sucesso ou ainda precisa de melhorias, certo? É para isso que você deve mensurar e analisar os resultados das ações realizadas.

Hoje em dia, existem ferramentas gratuitas, como o Google Analytics, que são ótimas aliadas para mensurar resultados como visitas, cliques e conversões. Assim, é possível verificar de perto todos os dados como:

  • Número de visitas em suas páginas.
  • Taxa de rejeição das páginas.
  • Qual posição nos mecanismos de buscas sua página está no momento.
  • Taxas de conversão e taxas de clique em links.

Isso leva a cálculos um pouco mais complexos mas de extrema importância, como o ROI (Retorno sobre investimento) e o CAC (custo de aquisição de clientes).

Para aprender um pouquinho mais sobre o ROI, você pode baixar – grátis! – esse kit Foco no ROI! Com ele, você aprenderá tudo sobre otimizar sua gestão financeira, adquirir novos clientes e inovar seus canais de divulgação.

Exemplo de planejamento de marketing digital

Agora que você já leu tudo sobre o assunto e sabe os direcionamentos principais para fazer seu plano de marketing digital, com o template que indicamos em mãos, você pode assistir nosso vídeo explicativo e ver o passo a passo para preencher o seu com exemplos práticos e simples de compreender. Confira!

Com o acesso a internet cada vez mais popular, o marketing digital pode ter se tornado o seu maior aliado na tarefa de fazer o seu empreendimento ter sucesso. Começando por um bom plano de marketing digital, é possível aplicar uma excelente estratégia e fazer o seu negócio crescer exponencialmente!

E se você quer aprender um pouco mais sobre o assunto, pode também baixar gratuitamente nosso infográfico sobre marketing digital. Nele, você aprenderá sobre a importância dessa estratégia e formas de introduzi-la em seu negócio! É só clicar aqui ou na imagem abaixo.

infografico mkt digital

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários