• Blog
  • >
  • EAD
  • Insights
  • SCORM: o que é e como utilizar de maneira eficiente em seu EAD.

SCORM: o que é e como utilizar de maneira eficiente em seu EAD.

O termo SCORM já deve ter aparecido para você em pesquisas sobre plataformas de educação a distância ou metodologias que ajudam na criação cursos online, por exemplo. Mas você sabe o que SCORM significa? 

A palavra é a sigla para a expressão em inglês “Shareable Content Object Reference Model”, ou em português, “Modelo de Referência de Objeto de Conteúdo Compartilhável”.

Como a própria expressão já diz, estamos falando de um modelo que serve de referência. Esse modelo se encaixa nos materiais que são produzidos para serem compartilhados na internet, afinal de contas, quando um material online segue o padrão SCORM, ele se torna mais universal, capaz de ser lido em diferentes plataformas. 

Para saber mais sobre o padrão SCORM, descobrindo as suas vantagens e desvantagens, continue lendo este artigo. 

Qual a relação entre SCORM e LMS? 

Primeiramente, antes de falarmos de SCORM, precisamos relembrar o conceito de LMS. LMS é a sigla para Learning Management System, ou Sistema de Gestão de Aprendizagem, uma ferramenta que torna mais fácil o processo de aprendizagem a distância. 

Imagine uma sala de aula clássica, na qual existe um espaço físico e real para que o conhecimento seja transmitido. Em relação ao ensino a distância, se não houvesse o LMS seria impossível que o professor online, assim como faz o professor convencional, fosse capaz de disponibilizar materiais de estudo. Para além, o LMS também é o responsável por criar um espaço digital para que os professores consigam interagir com seus alunos, assim como acontece em um sistema de ensino presencial.

O que é SCORM? 

Para entender o que é SCORM vamos voltar ao seu ano de nascimento: 1999. O modelo foi desenvolvido pela ADL (Advanced Distributed Learning) após um pedido feito pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que desejava criar um padrão que ditasse o desenvolvimento e o compartilhamento online de conteúdo oficial, para que dessa forma fosse possível criar cursos preparatórios a serem distribuídos digitalmente ao exército americano.

A criação de um padrão para a distribuição de conteúdo se tornou primordial, pois vivia-se em uma época na qual a migração de um conteúdo online de uma plataforma para a outra era bastante trabalhosa. Quanto mais difícil, mais caro se tornava o processo.

A solução foi desenvolver um conjunto de normas e padrões técnicos que deveriam ser seguidos na hora de criar produtos de aprendizagem digital, de forma que as normas permitiam que os cursos online criados tivessem uma comunicação eficiente com a maioria das plataformas LMS. 

Para facilitar a compreensão, vamos pensar em um exemplo prático: Lembre-se da última vez que você acessou alguma das plataformas disponíveis no mercado para ensino a distância. Você, como aluno, deve ter percebido que na plataforma existem uma série de dados sobre você, tantos os seus dados pessoais de cadastro, como os dados relativos aos cursos que você fez ou está fazendo, tais como o módulo do curso no qual você parou ou a nota que tirou em uma determinada atividade avaliativa. Todos os dados que dizem respeito ao desenvolvimento individual do aluno provavelmente são gerenciados por meio do SCORM e armazenados pela plataforma de LMS.

É importante deixar claro que o SCORM não diz respeito à metodologia ou a didática que é aplicada em determinado curso online. Na verdade o SCORM é a maneira como os arquivos que estão armazenados dentro da plataforma que hospeda o curso online são padronizados. 

Como o SCORM funciona hoje em dia? 

Nós já vimos um pouco sobre o histórico do SCORM, sua criação e sua funcionalidade, mas qual é a aplicabilidade desse padrão nos dias de hoje? 

Atualmente existem diversas opções de plataformas para criar e comercializar cursos online, a maioria delas, inclusive, foi desenvolvida com inspiração no SCORM. Porém, apesar da inspiração para a criação, nem todas as plataformas EAD mais modernas utilizam todas as regras que a padronização SCORM propõe. 

Isso acontece porque cada plataforma EAD vai buscar oferecer soluções que sejam mais assertivas e específicas para o seu público alvo e, mesmo que a padronização SCORM já tenha passado por atualizações, já existem novas tecnologias no mercado que são superiores as tecnologias propostas pelo SCORM.

Quais as desvantagens do SCORM? 

Vamos voltar ao passado e relembrar a criação do SCORM. O seu principal objetivo era ter uma padronização que fosse capaz de administrar a relação entre a plataforma LMS e o conteúdo que seria disponibilizado na mesma. Hoje a maioria das plataformas EAD é capaz de oferecer essa solução.

Disso, surgem novas desvantagens que o SCORM possui em relação às soluções mais atuais. A principal delas está na proposição de uma solução limitada para o acompanhamento do aluno dentro de um curso online. 

No SCORM, o foco fica em identificar quem é o aluno de determinado curso e gerenciar o rendimento desse aluno nas avaliações propostas durante o processo de aprendizado. Mas as necessidades de um EAD mais eficiente vão além disso, sendo necessário coletar, armazenar e gerenciar informações mais específicas, como a avaliação que o aluno faz das aulas que está tendo, locais para que os alunos consigam abrir redes de conversas e discussões sobre os conteúdos ministrados com outros participantes dos cursos, entre outras coisas. 

Além disso, uma outra grande desvantagem do SCORM está na necessidade de que os materiais de estudo compartilhados sejam no formato flash. Uma vez que vivemos em uma sociedade que se torna cada vez mais mobile, com a popularização dos smartphones e o uso desses aparelhos para funções de trabalho e estudo, conteúdos em flash não conseguem ser lidos nesses aparelhos, dificultando a experiência do aluno.

Mas então qual tipo de plataforma online escolher: com o sem SCORM? 

Se você chegou até aqui, é muito importante que tenha entendido como o SCORM funciona e o motivo de existir essa padronização. Em resumo, saber sobre o SCORM é essencial porque ele segue o mesmo princípio que hoje em dia encontramos em plataformas de educação a distância. 

Na hora de escolher a plataforma EAD que você vai disponibilizar seus cursos e videoaulas, ou mesmo a plataforma que hospeda um curso que você vai comprar, não se preocupe tanto com a padronização SCORM. 

Lembre-se de escolher um ambiente que permita customizar o layout, tenha um design responsivo (para se adaptar bem tanto no celular como no computador), que seja fácil de usar, mas que mantenha tudo organizado, como o suporte para os alunos e os materiais de apoio das aulas.

Para além do SCORM, os vídeos online também podem ser muito importantes para seu curso online, você já parou para pensar nisso? Confira nesse e-book tudo que você precisa saber sobre como os vídeos impactam o EAD.

importancia de videos online para o ead


Por: Samba Tech

A Samba Tech é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo a Fast Company, e é referência no mercado de vídeos online. Nossa empresa garante infraestrutura de alta qualidade para venda, distribuição, gerenciamento e armazenamento de vídeos e ajuda pessoas e empresas a terem mais sucesso, independentemente do seu objetivo.

Contribua com este post nos comentários