• Blog
  • >
  • Insights
  • Trabalhar em casa: como ter sucesso no modelo home office

Trabalhar em casa: como ter sucesso no modelo home office

Trabalhar em casa está se tornando uma realidade cada vez maior no Brasil, principalmente por causa do fortalecimento do empreendedorismo digital no país.

Vantagens como a economia financeira e de tempo são alguns dos pontos mais levantados por quem está abrindo um negócio próprio e tem preferência por esse modelo de trabalho. Além da alegria proporcionada pela possibilidade de flexibilidade de horários, claro.

No entanto, apesar de todos os pontos positivos apresentados pelo estilo de trabalho home office, esse modelo pode ser um pouco difícil de se assimilar no período inicial – afinal, o ambiente de casa apresenta um número bem grande de possíveis distrações quando comparado ao de um escritório, por exemplo.

Pense em todas as vezes em que, durante as horas de trabalho em uma empresa, você teve vontade de tirar um cochilo, ficar horas no feed do Facebook, dar uma pausa para leitura ou até mesmo se render ao Netflix – a má notícia é que trabalhar em casa pode tornar esses desejos ainda mais tentadores. No entanto, isso não é motivo para desistir: com disciplina e foco você consegue fazer da sua casa um ambiente de trabalho perfeito e ainda mais produtivo do que um escritório!

Para te ajudar na jornada de transição para trabalhar em casa, nós separamos algumas dicas para que você consiga montar uma rotina funcional e não caia na sedução dos atrativos que seu lar pode oferecer, além de dar algumas ideias de negócios que você pode trabalhar em home office. Vamos lá?

Quer se inspirar sobre o empreendedorismo digital? Dê uma olhada em nosso artigo e baixe também o material abaixo para ver como criar seu negócio!

Por que trabalhar em casa?

Antes de começar a planejar qual melhor negócio para trabalhar em casa, é bom pensar nas vantagens e desvantagens de se trabalhar dessa forma, certo? Afinal, apesar de muitas vantagens, trabalhar home office pode também apresentar muitos desafios. É claro que não existe uma resposta certa e tampouco uma forma única de se fazer isso, pois cada um se adapta melhor a alguma forma de trabalhar, mas entender quais as vantagens e desafios do trabalho em casa é um excelente primeiro passo para entender melhor se esse modelo de trabalho é o ideal para você

Vantagens de trabalhar em casa

A primeira vantagem e, talvez, a mais considerada é a economia: Essa economia pode vir de diversas formas. A mais óbvia é a economia de gastos de transporte. Trabalhando em casa você não precisa arcar com custos de deslocamento – passagens de ônibus ou combustível – e isso pode fazer uma enorme diferença no final do mês. Além disso, é bom também levar em conta custos com alimentação. Em geral, se alimentar fora de casa, em restaurantes em lanchonetes, possui um custo muito maior do que comer em casa. E, normalmente, quem trabalha em horário integral faz mais de uma refeição fora de casa. Todo esse dinheiro economizado pode ser utilizado para investir no seu negócio e fazê-lo crescer mais. E ah, não se esqueça que não falamos apenas de economia financeira! Trabalhar em casa também significa economizar tempo. Não enfrentar horas no trânsito se traduz em tempo valioso para relaxar e dedicar-se a outras atividades.

Uma outra vantagem é a comodidade: Na sua casa você pode organizar seu espaço da melhor forma para você mesmo. Basicamente, é montar um escritório exatamente da sua forma. E não só o ambiente de trabalho, mas também existe a liberdade de criar seu próprio ambiente de descanso, para aquela pausa depois do almoço ou do lanche da tarde.

Flexibilidade de horário também é uma enorme vantagem de trabalhar em casa: Imagine só nunca estar atrasado!  Trabalhando em casa você pode criar seu próprio horário e organizar suas atividades para cumprir outras tarefas e até ter mais tempo para você mesmo.

Tudo isso junto se traduz em, talvez, a maior vantagem de todas: Qualidade de vida. É possível mensurar economia financeira, horas ganhas e outras coisas, mas uma coisa que é impossível de se medir em números é a melhoria na sua qualidade de vida. Não perder tempo no trânsito, ter seu próprio horário, alimentação saudável e trabalhar no seu próprio espaço podem diminuir – e muito! – o estresse e, consequentemente, fazer com que você trabalhe mais motivado e focado.

Desafios para trabalhar em casa

Apesar de tantas vantagens, é claro que existem alguns desafios que quem quer trabalhar em casa precisa enfrentar. A primeira delas é a falta de privacidade: Como trabalhar em casa ainda não é uma prática muito comum, é normal que algumas pessoas não entendam que você está, de fato, em horário de trabalho. Por isso, é possível ter que enfrentar diversas interrupções, como telefone fixo, vizinhos chamando, familiares pedindo para realizar tarefas de casa e muitas outras. A chave para superar esse desafio é ter bastante paciência e, sobretudo, conversar muito com quem mora com você. Esse ponto vamos ver um pouco mais adiante.

Um outro desafio é superar o impulso de trabalhar em excesso. Em casa você pode ter o impulso de se colocar diponível para o trabalho e/ou clientes 24 horas por dia, o que pode ser, na verdade, contraproducente. Pensando em trabalho o dia todo, você perde muito em qualidade de vida e, ficando mais cansado do que o normal, pode até perder a qualidade do seu trabalho. É claro que, sobretudo se você trabalhar sozinho, vai ser preciso muito foco e muito esforço, mas o desafio é não deixar o seu trabalho interferir de forma negativa na sua vida.

Trabalhar com muitas distrações! Se concentrar em um ambiente com muitas distrações é bem difícil. É preciso se acostumar que, mesmo tendo computador, Netflix, televisão, videogames ao redor e à disposição, o horário de trabalho deve ser livre desse tipo de atividade e focado, integralmente, em trabalho. Afinal, você não pararia para assistir um filme no meio do seu expediente se trabalhasse em um escritório, certo?

Tendo em mente todas essas vantagens e desafios para começar a trabalhar em casa, você deve analisar se está disposto e tem as ferramentas necessárias para começar esse projeto. Se a resposta for sim, está na hora de planejar boas práticas para manter uma rotina funcional e eficiente. Vamos lá?

Melhores práticas para trabalhar em casa

Separe seu cantinho

Uma das primeiras e mais importantes coisas de se entender é que trabalhar em casa não quer dizer passar o dia deitado na cama ou no conforto do sofá da sala de estar – para conseguir sucesso no seu negócio, você precisa levar o ambiente a sério e saber separar o trabalho do lazer.

Por isso, o primeiro passo de quem quer se aventurar pelo home office deve ser reservar um espaço da casa próprio para desempenhar suas tarefas diárias. Dessa forma, você consegue diminuir o número de distrações que sua casa oferece e, consequentemente, aumentar a produtividade.

Quanto mais funcional, melhor

Nada de se preocupar com uma decoração rebuscada ou de ter dor de cabeça para deixar seu espaço de trabalho digno de editoriais de revistas – aqui a lei é funcionalidade! Pense no que você precisa para conseguir trabalhar bem – às vezes uma simples escrivaninha basta – e invista nisso.

Organização

Ter um espaço da casa reservado para trabalhar é a maneira perfeita de conseguir a organização necessária para alcançar um excelente desempenho – afinal, você consegue reunir ali tudo o que precisa para concluir suas tarefas.

Por isso, separe cadernos, canetas, cabos, post-its e  deixe no seu cantinho de trabalho todos os materiais que você pode vir a fazer uso ao longo do dia, assim você não perde o foco tendo que se levantar toda hora para buscar alguma coisa em outro cômodo.

Além disso, é sempre bom tirar um tempinho para limpar seu ambiente de trabalho. Livre-se de tudo o que não for extremamente necessário para o seu dia-a-dia – um ambiente organizado faz com que você consiga se focar melhor. Por isso, papéis e anotações antigos ou  livros e cadernos que você não usar mais, por exemplo, podem ser descartados ou arquivados, deixando o ambiente mais harmônico.

Converse com quem mora com você

Como apontamos nos desafios, trabalhar em casa pode te levar a outros tipos de distração que não apenas o lazer. Se você mora com alguém, por exemplo, essa pessoa pode desviar sua atenção com tarefas diárias – como te pedir para ir ao supermercados, preparar uma refeição e limpar um ambiente -, ou até mesmo recreativas – te chamar para assistir a um filme ou ir curtir um passeio.

Por isso, outro ponto fundamental do home office é conversar com quem mora com você. Para um bom proveito do seu tempo, é preciso que vocês entendam, juntos, que, apesar de você estar no ambiente doméstico, está em horário de trabalho.

Assim como você não estaria disponível para tarefas que não fossem relacionadas ao seu trabalho se não as desempenhasse em casa, você não pode se dar ao luxo de realizá-las agora: isso faz com que seu rendimento caia – e muito! Portanto, não tenha medo de fechar a porta e se reservar enquanto trabalha, se essa for a forma mais eficaz de aumentar sua produtividade dentro de casa.

Crie seu expediente – mas saiba a hora de parar

Trabalhar em casa também não dispensa um horário fixo de produção.

Para conseguir concluir suas tarefas de forma produtiva e ter sucesso nesse novo modelo de trabalho, é importante que você crie uma rotina diária e se esforce para cumpri-la. Aliás, o home office te dá a oportunidade de adequar seu horário ao turno em que você é consegue se concentrar mais, então tire proveito disso na hora de definir seu expediente.

Por isso, estude seu negócio para conseguir medir a quantidade de tempo que ele demanda. Pense nas tarefas que você deve cumprir, em metas e nos seus hábitos de produção – assim você tem uma ideia melhor de quantas horas você deve dedicar ao seu projeto.

Também é de extrema importância que você saiba a hora de parar de trabalhar. Conheça seus limites de produtividade e leve-os em conta na hora de montar seu quadro de horários.

Esse planejamento vai te ajudar a diminuir a chance de ter dias perdidos: sem uma rotina fixa você pode ser facilmente seduzido pelo sofá da sua sala a passar o dia à toa em frente à TV. Lembre-se que agora você é seu próprio chefe, e, exatamente por isso, deve sempre se cobrar pontualidade, cumprimento de tarefas e o melhor trabalho possível.

Utilize seu tempo de forma produtiva

Você já deve ter cansado de ler a palavra produtividade neste artigo, não é mesmo? O motivo por trás da gente falar tanto sobre esse conceito é saber que, para trabalhar em casa, você deve ficar de olho no seu rendimento – afinal, ali não tem ninguém te monitorando e, sem essa preocupação, seus objetivos podem ficar cada vez mais longe de serem alcançados.

Para conseguir ser produtivo, é inevitável criar ou adaptar sua rotina usual dentro de casa, por isso, trouxemos algumas práticas que podem te ajudar nesse processo de transição.

Nada de multitarefa

Estamos ficando cada vez mais programados para ser multitarefas: respondemos e-mail enquanto assistimos televisão enquanto mandamos mensagem… É muita coisa ao mesmo tempo! E isso não é só em casa – estamos nos acostumando a levar esse hábito para o ambiente de trabalho também, nos dividindo entre mais de uma tarefa, ao invés de trabalhar em cada uma delas separadamente.

“Ah, mas se eu fizer mais de uma coisa ao mesmo tempo eu consigo terminar todas mais rápido e, consequentemente, consigo chegar ao objetivo em um prazo mais curto, certo?” – errado.

A verdade é que ser multitarefa diminui seu rendimento ao invés de aumentá-lo. Isso acontece porque quando você foca muitas tarefas, na verdade você não está se concentrando em nenhuma delas completamente. Fazendo uma coisa de cada vez, você consegue se empenhar muito mais em cada uma delas e, assim, consegue um resultado melhor e mais rápido.

Por isso, ao invés de mergulhar de cabeça em mil e uma coisas, organize suas tarefas e cumpra-as separadamente.

Organize suas tarefas

Se você quer aumentar sua produtividade é de extrema importância que você se organize dentro do seu quadro de tarefas, assim você não fica perdido a respeito do que tem que fazer e consegue acompanhar, mais facilmente, como anda seu rendimento.

Fazer esse planejamento usando listas, além de super simples, é uma ótima estratégia!

Planeje sua semana

Pense sua semana em blocos e organize o que vai fazer em cada dia.

Para aumentar a produtividade, tente conciliar tarefas semelhantes em um mesmo dia, pois a troca súbita de contexto pode ser uma fonte de quebra de rendimento, segundo estudos. Portanto, se você precisa escrever relatórios para seus clientes e produzir textos para seu canal de conteúdo, por exemplo, tente agrupar essas tarefas em um dia específico.

Planeje seu dia

Liste tudo o que deve ser feito naquele dia em ordem de importância, mas, para saber por onde começar, pense no que vai demandar mais atenção e energia – essas devem ser as primeiras coisas a serem executadas. Seguindo esse raciocínio, e pensando no cansaço de um longo dia de trabalho, reserve para o final aquilo que é mais leve e simples de ser resolvido.

Essa estratégia vai te ajudar a conseguir concluir mais tarefas diariamente.

Desmembre grandes tarefas

Sabe quando você olha para uma tarefa que parece impossível de ser concluída de tão complexa ou longa? Uma boa dica para se manter motivado à finalizá-la é desmembrá-la em tarefas menores.

Por exemplo, se você tem que gerenciar as páginas digitais do seu negócio, ao invés de listar apenas isso, faça ramificações do que tem que ser feito: postar a imagem no Instagram, programar anúncios no Facebook, fazer postagem do blog de conteúdo, responder comentários na publicação, e assim por diante.

Completar pequenas tarefas diminui a carga do peso total e te dá uma visão mais ampla do balanço entre o que já foi feito e o que ainda falta ser concluído, estimulando, assim, sua produtividade acerca daquele trabalho.

Existem inúmeras ferramentas que podem ajudar a aumentar sua produtividade. Vem conhecer algumas delas nesse artigo.

Utilize a técnica Pomodoro e trabalhe em bloco de tempos

O tempo pode ser seu maior inimigo quando se trata de produtividade e, exatamente por isso, nada melhor do que saber dominá-lo.

Foi tentando conciliar tempo e rendimento nos estudos que, na década de 80, Francesco Cirillo criou a chamada Técnica Pomodoro. Essa estratégia propõe alternar o tempo em blocos de trabalho com blocos curtos de descanso e visa aumentar sua concentração e produtividade e diminuir interrupções.

A ideia é simples: você foca a atenção em alguma tarefa durante 25 minutos (um pomodoro) e depois descansa durante outros 5. A cada quatro pomodoros você tem direito a uma pausa maior, de 30 minutos.

Essa técnica é ótima não apenas para gerenciar seu tempo e aumentar seu rendimento, mas para gerenciar, também, interrupções que você sofre. No pomodoro você deve anotar sempre que acontecer uma interrupção interna (partindo de você) ou externa (partindo do ambiente ou de alguma pessoa). Por isso, durante um pomodoro é importante que você se desligue do que pode desviar sua atenção, como as redes sociais e o WhatsApp, por exemplo.

Para saber mais sobre a técnica e conseguir gerenciar os pomodoros de maneira mais fácil, você pode baixar aplicativos próprios para isso em seu smartphone, como o Meu Pomodoro (disponível para iOS) e o Pomodoido (apto para a tecnologia Android)

Ideias de negócios para trabalhar em casa

E aí, se convenceu que trabalhar em casa é o ideal para você mas ainda não sabe ao certo qual atividade exercer? Olha só algumas dicas que separamos:

  • E-commerce (ou loja virtual):  Uma loja virtual, também conhecida como comércio eletrônico (E-commerce) é um site que oferece serviços de compra e venda de produtos na internet. Uma loja virtual se assemelha muito a uma loja física, como no controle de estoque, logística e formas de pagamento, mas tudo isso acontece sem a presença física do vendedor e do comprador.
  • Blog ou site especializado: Se você é especialista em um assunto, pode montar um blog ou um site sobre ele e vender espaços de anúncios ou parcerias para empresas do mesmo segmento.
  • Franquia digital: Hoje em dia existem inúmeras franquias digitais que você pode investir e trabalhar de casa. O negócio é como uma fraquia física, porém, a maior parte das suas atividades acontece no meio online.
  • Consultoria: Se você é fera em um assunto que considera ser de bastante utilidade para outros empreendedores, você pode prestar consultoria online.
  • Canal de Vídeos/Ensino a distância: Uma outra boa forma de se trabalhar em casa é com vídeos online, especialmente agora que o ensino a distância está em alta e especialistas afirmas que vai crescer ainda mais. É possível montar um pequeno estúdio em casa e, com a plataforma correta, ganhar dinheiro com seu conteúdo em vídeo.

Como o mercado digital está em alta, além dessas, existem muitas outras atividades que você pode fazer caso queira trabalhar em casa. E por falar em ensino a distância, que tal conhecer a plataforma Samba Play? Plataforma completa para vídeos online que já possui sistema integrado de pagamento e garantia de qualidade sempre. Com ela, você não precisa se preocupar com perigo de pirataria e pode focar na parte mais importante do seu projeto, seus vídeos.

Quer conhecer? Clique aqui e faça um tour pelo Samba Play gratuitamente. 😉

tour do samba play


Trabalhar em casa pode parecer mais desafiador do que o esperado de início, mas com o tempo e o costume das práticas que indicamos, você é capaz de fazer do home office um excelente modo de administrar seu negócio!

E agora que você já sabe contornar as adversidades que podem aparecer no caminho de quem decide trabalhar em casa e quer abrir seu próprio negócio, que tal aprender mais sobre como expandi-lo? Não deixe de ler o nosso material para se inspirar!

 

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários