• Blog
  • >
  • Insights
  • Trilha sonora para vídeos: como escolher a mais adequada para suas produções.

Trilha sonora para vídeos: como escolher a mais adequada para suas produções.

Música é algo que costuma nos acompanhar durante todo o nosso dia. Tem gente que escuta música tomando banho, dentro do carro, no metrô a caminho de casa, enquanto trabalha… enfim, as possibilidades são diversas. Há músicas que, de tanto que gostamos, se tornam parte da trilha sonora de grandes momentos em nossa vida, desde uma festa com os amigos até, quem sabe, a música de entrada do seu casamento! Se certas músicas podem ser parte da trilha sonora da nossa vida, porque não usá-las como trilha sonora para vídeos que você gravar?

Durante a produção de um conteúdo audiovisual é necessário pensar em vários pontos, que juntos serão responsáveis pelo sucesso do seu vídeo. Além do enquadramento da câmera, da estruturação do roteiro e da escolha do cenário, também é importante pensar na trilha sonora que será utilizada.

A este ponto você já deve estar se perguntando o por quê de uma simples música parecer tão importante. Saiba que trilha sonora não se resume apenas a uma música e que um bom trabalho de sonografia pode mudar completamente o seu projeto. Para te ajudar a enxergar isso, preparamos um conteúdo especial sobre trilha sonora para vídeos, a sua importância, como escolher e algumas dicas de bancos gratuitos para você compor a suas trilhas.

Antes de começar você pode aprender como montar um estúdio caseiro para gravar seus vídeos com melhor qualidade e aproveitar ao máximo o potencial do seu projeto.

estudio de gravacao

O que é trilha sonora para vídeos?

Uma trilha sonora para vídeos é a escolha de músicas e de sonoridades capazes de transmitir sentimentos, fortalecendo sensações humanas. Ou seja, todas as música e trechos de músicas utilizados em um vídeo fazem parte da trilha sonora do projeto.

Pense em grandes filmes e em como a suas trilhas sonoras podem ficar na nossa cabeça por dias, meses e até anos!

Como não lembrar da música Eye of the Tiger, trilha sonora do filme “Rocky III” com Sylvester Stallone. Até hoje o single lançado em 1982 pela banda de rock Survivor é utilizado para destacar cenas de treino pesado ou para dar mais emoção a uma luta.

Recentemente um outro exemplo de trilha sonora ganhou grandes proporções. A canção Shallow, do filme A Star Is Born, tocou em todas as rádios, alcançou o topo em serviços de streaming como Spotify e iTunes e ganhou prêmios diversos, inclusive o Oscar de melhor canção original.

Ambas as músicas foram utilizadas nos filmes para ajudar o roteiro a contar uma história, sendo capazes de transmitir o sentimento que as cenas dos filmes desejavam passar para seus espectadores.

Como utilizar a trilha sonora em meus vídeos?

Independente do material audiovisual que você produzirá, seja para uma veiculação institucional, para uma campanha publicitária, para uma videoaula ou para o seu canal no YouTube, o som terá papel essencial na produção.

Na hora de escolher uma trilha sonora, escolha canções de qualidade, que sejam bem gravadas, que não contenham ruídos e que sejam provenientes de fontes conhecidas! Músicas de fontes desconhecidas podem conter rígidos direitos autorais e cometer o erro de utilizar uma música assim, pode fazer com que o seu vídeo pode ser bloqueado ou excluído.

Também é importante prestar atenção nos momentos de uso da trilha sonora. Lembre-se que a música te ajudará a contar uma história e ela poderá transmitir diferentes sentimentos dependendo da situação na qual ela for utilizada. Por isso, escolha uma composição mais tranquila para momentos de fala e uma melodia mais climática quando a sua história chegar ao ápice. O uso de diversas músicas te ajudará a potencializar a sua mensagem, dando contexto para cada inserção.

Como escolher a trilha sonora ideal para seus vídeos?

Agora que você já sabe da importância na escolha da trilha sonora na hora da montagem do seu vídeo, é primordial saber como encontrar as músicas ideais para o seu projeto audiovisual.  

Antes de mais nada, saiba qual a mensagem que você deseja passar com o vídeo. O que você quer que o seu público sinta ao visualizá-lo? Com a resposta em mente, é hora de buscar uma trilha que te ajudará a passar esse sentimento. Você quer passar alegria com o seu vídeo? Então busque músicas que também consigam transmitir isso!

Na hora da busca, caso você não tenha recursos para adquirir os direitos de uma canção,  lembre-se de procurar por composições de uso livre, sem direitos autorais. Atualmente existem vários bancos que disponibilizam músicas e efeitos sonoros de uso livre e de fácil download. Abaixo te contamos dos 4 principais, veja!

4 dicas de bancos gratuitos para trilha sonora:

1. YouTube AudioLibrary

A primeira dica de banco de áudio é do próprio YouTube. Com o YouTube AudioLibrary o Google disponibiliza uma série de sons e músicas de uso livre, isso significa que você pode utilizá-las tranquilamente em seus vídeos, mas, dependendo do direito que a música contenha, pode ser necessário citar os direitos autorais dentro do vídeo ou em sua descrição. Mas não se preocupe, caso seja necessário citar os direitos autorais, isso estará especificado na descrição da música, basta copiar os direitos e colar conforme a instrução.

No AudioLibrary é possível pesquisar uma música pelo seu gênero (clássico, jazz, pop…), humor (calmo, feliz, triste, dramático…), instrumento (bateria, guitarra, piano…), duração e nome. Além disso, na própria plataforma há a divisão entre “Músicas gratuitas” e “Efeitos sonoros”, facilitando a sua busca. Outra facilidade é que o AudioLibrary fica dentro do próprio YouTube.

Lembre-se que a plataforma só permite usar as músicas disponibilizadas em trilhas sonoras para vídeos no próprio YouTube.

2. BenSound

Este é um dos bancos de músicas mais utilizados pelos editores de vídeos. No BenSound também é possível fazer uma busca direcionada por estilo musical, como Eletrônica, Pop ou Rock, por exemplo.

O BenSound disponibiliza diversas músicas prontas para que você possa utilizá-las em seus projetos. A navegação no site é fácil e você também pode fazer buscas por palavra-chave. Ao contrário do YouTube AudioLibrary você pode utilizar as músicas baixadas no BenSound em diversas plataformas de vídeo.

3. dig.CC Mixter

O dig.CCMixter funciona como uma plataforma de descoberta musical. Nele é possível ter acesso a músicas que são enviadas pelos próprios artistas e que poderão ser utilizadas como trilha sonora para os seus vídeos.

Ao visitar o site, você conseguirá acessar músicas para diferentes estilos de projeto, como músicas para projetos comerciais, sons para filmes e vídeos ou trilhas para videogames. É possível fazer buscas dentro da plataforma, ouvir o preview e baixar a versão completa.

Lembre-se de, antes de baixar a faixa desejada, ler a política de licenças do site para saber como creditar cada música.

4. Coleção de Sons do Facebook

Para continuar incentivando a produção de vídeos dentro da rede social, o Facebook criou a plataforma Coleção de Sons.

Para acessar a plataforma é preciso ter uma conta no Facebook. Faça login na sua conta e, em seguida, basta acessar a plataforma: www.facebook.com/sound/collection.

Nela é possível fazer buscas por palavra-chave, filtrar os resultados por gênero, humor, duração, vozes, etc. Também é possível seguir os artistas que você mais gosta para acompanhar suas atualizações.

É válido lembrar que a coleção de sons do Facebook está disponível apenas para computador, então você não conseguirá acessá-la via smartphone.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre trilha sonora para vídeos, está na hora de arregaçar as mangas e botar a mão na massa para criar o seu conteúdo audiovisual. Se você quiser saber outros aspectos sobre a produção de vídeos antes de colocar o seu projeto em prática, pode assistir ao nosso minicurso para gravar ótimos vídeos, mesmo com baixo orçamento. Confira!

minicurso para gravar vídeos com baixo orcamento


Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários