Por Em Em 29 agosto, 2018

Chroma key: passo a passo para usar e ter sucesso com esse efeito

O chroma key, apesar de parecer um artigo de luxo utilizado apenas em super produções, é uma ferramenta muito simples e que pode salvar seus vídeos, principalmente caso você não disponha de muitas opções de cenário ou queira fazer algumas coisas interativas e diferentes.

Com o chroma key, que nada mais é do que uma técnica que usa um fundo colorido removível, você consegue deixar seus filmes muito mais profissionais, dinâmicos e bem produzidos e não precisará de uma grande equipe de produção ou de verbas gigantescas para produzir um vídeo de qualidade. Basta criatividade, planejamento e um pouco de estudo.

Muito utilizado em filmes hollywoodianos, em cenas fantásticas e cheias de efeitos especiais, o chroma key não é nenhum privilégio das grandes produções e pode ser utilizado até mesmo em vídeos caseiros bem simples. Quer saber como? Então veja o vídeo e continue lendo!

Confira nosso Guia para montar seu próprio Estúdio de Gravação – mesmo com baixo orçamento – e tenha melhores resultados com seus materiais!

montar estudio para gravacao de video caseiro

O que é o chroma key

Chroma key é uma técnica que consiste em colocar uma imagem sobre a outra por meio do anulamento de uma cor sólida pré-definida. Ela é usada em vídeos em que se deseja substituir o fundo por alguma outra imagem, estática ou em movimento.

Ou seja, caso você esteja gravando em um estúdio, por exemplo, e queira substituir suas paredes por um cenário urbano, você pode cobrí-las com uma cor sólida, como o verde, e, na etapa da edição de vídeo, fazer inserção das imagens desejadas.  

É assim que as grandes produções fazem quando não podem fechar, por exemplo, o centro de uma grande cidade para gravar e é por isso que nas imagens dos bastidores você provavelmente já deve ter visto seus atores preferidos encenando na frente de um fundo verde ou azul, que na versão final, é substituído por um cenário incrível em que os personagens parecem realmente estar.

Em produções mais simples ou caseiras, o chroma key é uma excelente forma de trazer mais dinamicidade para os vídeos e de deixá-los visualmente mais atrativos. Afinal de contas, com essa técnica você pode substituir uma parede colorida por um cenário incrível, de sua preferência.

Exemplos de uso do chroma key

Em nosso dia a dia nós temos mais contato com o chroma key do que pode parecer, mas muitas vezes não damos o crédito à essa técnica. Veja alguns momentos em que o chroma key é utilizado:

Em previsões do tempo de telejornais: aquele mapa interativo que a moça ou moço do tempo utilizam para dar a previsão do tempo na TV, normalmente é feito usando um chroma key. A parede do fundo é sólida e o mapa é inserido digitalmente.

– Em bancadas de programas televisivos: principalmente em telejornais, muitas vezes o cenário do programa é feito usando-se chroma key. Assim é possível ganhar mais em interatividade e atratividade.

– Em videoaulas: é possível contar com o uso da técnica de chroma key também em videoaulas e tutoriais na internet. Muitas vezes esse recurso é utilizado para inserir um exemplo da matéria durante a fala do professor ou para deixar o ensino mais divertido, com cenários diferentes.

– Em filmes e séries: como já citamos, a maior parte das cenas de ação dos grandes filmes e séries é feita usando-se chroma key. Assim é possível fazer as tomadas em um ambiente controlado e seguro e também economizar com deslocamentos e equipe.

chroma key chroma key avengers

Imagens do filme “Vigadores: guerra infinita” de 2018 que contou muito com o recurso de chroma key.

Como usar o Chroma key

Sim, o chroma key é capaz de operar milagres em uma produção, mas você não precisa ser um mágico para trabalhar com ele. Basicamente você só precisa de um bom planejamento; de escolher com cuidado a cor do fundo que será substituído; de caprichar na filmagem; de usar um programa de edição que suporte o efeito chroma key e de fazer a edição. Vamos ao passo a passo.

O planejamento

Antes de começar a gravar seu vídeo e aplicar o chroma key, é importante pensar no objetivo final e em outros detalhes de sua filmagem.

Por qual imagem ou cenário você irá substituir o fundo que você já tem? Há alguma cor predominante nos objetos, pessoas e roupas de sua gravação ou na imagem final que você irá inserir como substituição ao fundo colorido?

Levar em conta esses detalhes é muito importante e vai te ajudar a executar o próximo passo.

Uma boa dica nesse momento é já fazer também um roteiro da produção. Caso você não tenha familiaridade com esse universo ou não saiba por onde começar, pode dar uma olhada neste material completo, com o passo a passo para que você planeje seus conteúdos e produza seus roteiros.

ebooks para criação de roteiro para teaser

Escolhendo a cor do fundo que será substituído

Nas gravações com chroma key, na prática você pode usar qualquer cor como o fundo sólido que será substituído, mas as mais comuns são o azul, ou verde. Quem decide qual dessas cores será utilizada é você e nessa hora vale levar algumas questões em conta (por isso o passo anterior é tão importante).

Frequentemente, a cor do fundo irá refletir um pouco nos objetos de cena, gerando uma espécie de contra-luz colorida, o spill, e, sendo assim, é muito mais aceitável que ela seja de uma cor próxima a da imagem final.

Por exemplo, se você deseja inserir uma imagem de floresta na edição final, o verde é o cenário mais adequado. Caso você queira colocar um céu de primavera, pense no azul; um pôr do sol, o vermelho… Enfim, use sempre essa lógica de aproximação de cores para te auxiliar.  

Veja alguns outros pontos que podem te ajudar a escolher a cor do seu fundo chroma key:

Verde

Ele é o mais usado por normalmente existirem menos objetos verdes nas filmagens, que poderiam se misturar com o fundo e sumir na edição. Além do mais, a tonalidade tem uma grande capacidade de absorção de brilho, ajudando a controlar a luminosidade e facilitando o processo de pós-produção.

Azul

Muito usado quando há algum objeto verde na cena que não pode sumir e também em produções menores e caseiras, por seu spill ser mais aceitável do que o do verde – afinal, ninguém quer ficar verde em uma filmagem, parecendo o Hulk.  Mas tome cuidado ao utilizá-lo em ambientes externos, pois se o céu estiver aberto, ele também poderá ser afetado pelo efeito.

Vermelho

O vermelho é o menos utilizado por estar muito próximo a tonalidade da pele das pessoas, principais protagonistas da maioria dos vídeos, que podem acabar prejudicadas no processo de edição. Porém, dependendo do objetivo de seu vídeo – em vídeos de demonstração de produtos ou em cenas com muitos objetos verdes e azuis – ele ainda pode ser o mais indicado.

Como instalar o chroma key

Quanto a aplicação do fundo, é necessário que ele esteja preenchido de forma sólida e você pode escolher se vai manter uma parede fixa, pintada da cor escolhida, ou se vai utilizar tecidos móveis, específicos para cada ocasião.

Usando tinta

Se escolher pintar a parede, talvez seja mais adequado usar a cor verde, que é a mais versátil, já que você não vai poder trocar de cor a cada nova situação. Lembre-se de manter a parede sempre limpa, de não ter nenhum ponto de interferência como tomadas e parafusos, e cuidado com tintas brilhantes, que reflitam muito a luz, pois isso pode atrapalhar muito na hora de editar.

Existe um tipo de tinta específica para isso e ela pode ser encontrada neste link aqui.

Usando tecidos

Caso escolha utilizar tecidos, você pode adotar uma estrutura móvel, que suporte sempre a cor mais adequada para cada produção. É importante lembrar que, apesar de não existir um tecido específico para usar em chroma key, esse tipo de material requer cuidados maiores, afinal, tecidos que amassem, reflitam muito a luz ou que tenham texturas, podem acabar dando bastante dor de cabeça na hora da edição. Por isso, escolha com cuidado e armazene seus materiais de forma adequada. Na hora de estender o tecido, lembre-se de esticá-lo bem!

Improvisando

Se você precisa de uma solução rápida e não poderá recorrer nem a tinta e nem aos tecidos, uma boa dica é trabalhar de forma improvisada, com cartolina ou outros papéis, por exemplo. Basta fixá-los na parede com cuidado para não amassar, ficar atento para não deixar emendas a vista e pronto! Lembre-se apenas de optar por um papel fosco, que não seja capaz de refletir as luzes do cenário e não interfira na hora da edição.

Dicas para filmar e aplicar o efeito chroma key

Para além do planejamento e do roteiro – que já devem estar prontos – na hora de filmar para fazer o recorte do fundo posteriormente, a principal regra é: cuidado com a iluminação.

Filmagens com sombras ou diferenças de iluminação no fundo podem acabar comprometendo todo o seu trabalho e dificultando a etapa de edição. Portanto, garanta que sua luz está uniforme e bem feita e evite problemas! Para te ajudar, recomendo que você leia este outro artigo aqui que conta tudo sobre como fazer uma iluminação de qualidade para seus vídeos.

Outra dica que pode salvar suas produções é: dê distância entre o fundo e o objeto ou pessoa a serem filmados. Assim, além de minimizar os problemas com a iluminação – caso não seja possível investir nela no momento – você evita que o spill gerado pelo fundo reflita muito nas pessoas e acabe dificultando o processo de edição.

Seguindo isso, basta filmar normalmente e seguir para o próximo passo: a pós-produção.

Editores de vídeos que fazem o recorte de fundo

No final das contas, não basta gravar com o fundo colorido: você precisa de um software de edição de vídeos que suporte o efeito chroma key e faça essa anulação de cores que é a base da técnica. Afinal, o fundo precisa sair, para que as outras imagens entrem!

Hoje em dia existem diversas opções de programas que permitem que você faça esse tipo de edição e elas vão desde as mais simples, como o famoso Windows Movie Maker, até as mais complexas, como o Adobe After Efects, o Sony Vegas e o Final Cut. Neste artigo aqui você pode comparar os prós e contras de alguns deles.

Calcule as necessidades do seu vídeo, pense no resultado final que você deseja obter, leve em conta seu nível de conhecimento das ferramentas, escolha a que mais se adequa a sua realidade e mãos a obra!

Como fazer a substituição do fundo no Adobe Premiere:

Para que você veja na prática como essa substituição funciona e como ela é simples de ser realizada, vamos explicar o passo a passo do processo utilizando o Adobe Premiere, um dos programas de edição mais populares do mercado. Os princípios são os mesmos independentemente do programa que você use, só é preciso encontrar os comandos correspondes na ferramenta que você escolher.

Para começar, abra o vídeo do qual você quer remover o fundo. Feito isso, se o seu Premiere estiver em português, procure por chaveamento e ultra key na aba de efeitos. Se ele estiver em inglês, vá até keying e ultra key.

Então, aplique o efeito no seu vídeo e escolha a cor do fundo que você vai remover. Se o seu chroma key não estiver perfeito, pegue a amostra na parte em que a maior parte do fundo desapareça.

Depois, em configurações ou settings, coloque a predefinição em agressivo. Aqui, o chroma já está praticamente pronto, basta afinar o recorte. Então, aproximando a imagem, acerte as bordas do recorte de forma que fique bem natural.

O último passo é colocar a nova imagem ou vídeo de fundo e fazer os ajustes de cores necessários. Usando a ferramenta Lumetri, em correção de cor, você conseguirá corrigir as cores. Novamente, aproximando um pouco a imagem, veja como está o desfoque e o ruído da imagem recortada e da nova imagem de fundo e tente igualar!

Feito isso, seu vídeo está pronto! Basta exportar o arquivo para o seu computador.

Pronto!

Trabalho feito, é hora de compartilhar seu vídeo com o mundo!

Publique o vídeo em suas redes sociais, em seu site, e faça com que ele chegue ao maior número de pessoas possível. Nesse material aqui nós separamos 10 dicas poderosas que vão te ajudar a atrair mais audiência para seu conteúdo. Ele pode te ajudar muito a ter bons insights nesse momento.

10 formas poderosas de aumentar a audiencia sem trafego pago

E se os vídeos são seu negócio, lembre-se de procurar por formas eficientes de monetizá-los e não fique restrito ao YouTube! O Samba Play, por exemplo, é uma plataforma completa que permite que você venda seu conteúdo em vídeo por assinatura ou de forma pontual, sem complicações! Clique aqui caso queira conhecer mais sobre a ferramenta.

A produção de vídeos não precisa ser um bicho de sete cabeças: com um pouco de estudo você pode produzir conteúdos incríveis para diferentes objetivos e ter uma comunicação diferenciada com seu público – seja em um curso online, dentro de sua empresa ou em uma Web TV.

O chroma key é só um dos muitos recursos que você pode utilizar para enriquecer sua estratégia e agora você já viu que ele não é tão complicado assim de aplicar. Então que tal começar a testar?

E se você já está produzindo vídeos incríveis ou pretende fazer disso o seu negócio, acesse o nosso Guia de Monetização e veja as melhores formas para ganhar dinheiro com seu conteúdo audiovisual – além do YouTube!

ganhar dinheiro com videos

Contribua com este post nos comentários

Assine e receba todas as novidades sobre vídeos online em seu email.