Como utilizar video analytics para impulsionar sua estratégia de conteúdo

Muito além do entretenimento, os vídeos, hoje, são um formato de conteúdo muito versátil e lucrativo. Negócios baseados em vídeo, como cursos online (EAD) e até mesmo a utilização deles em comunicação empresarial e treinamentos corporativos apresentam uma ótima oportunidade não só de ganhar, mas também economizar dinheiro.

Os vídeos são muito poderosos, podendo servir para aumentar engajamento com a sua marca, melhorar o SEO do seu site, aumentar as vendas, criar uma relação próxima com o público e muito mais. Porém, a utilização de vídeos de forma efetiva exige um pouco de cuidado e bastante estudo e dedicação. Cada objetivo precisa de um tipo específico de vídeo para que sua estratégia funcione, e, para fazer com que seus vídeos impactem cada vez mais seu negócio, é imprescindível que você esteja sempre os mensurando os resultados.

Mensurar resultados é a forma mais eficaz de saber o que está dando certo e o que está dando errado na sua estratégia. Para fazer exatamente isso é preciso aprender um pouco sobre video analytics.

E você sabe o que é Video Analytics? Em resumo, é a ferramenta que te permite analisar informações importantes sobre seus vídeos, como público, retenção, taxas de conversão e muito mais. Em geral, essas estatísticas são geradas automaticamente, e o seu trabalho fica apenas na análise, identificação e entendimento desses dados.

Esse é exatamente o ponto que vamos tratar nesse artigo. Quer saber tudo sobre video analytics e como utilizar esse conhecimento para impulsionar sua estratégia de vídeos? Continue lendo!

E para saber exatamente como utilizar os vídeos para escalar o seu projeto e vender cada vez mais, você pode assistir a esta videoaula gratuita! É só clicar aqui ou na imagem abaixo.

negocios com vídeo e video analytics

Para ilustrar e deixar ainda mais visual, vamos utilizar imagens da plataforma Samba Vídeos e mostrar todas as métricas e funcionalidades que ela oferece! Vamos lá?

Visualizações

Esse dado é bem simples, certo? É o número de visualizações que o seu vídeo teve. Ou seja, quantas vezes as pessoas apertaram o botão play. Simples, não é? Porém, você pode retirar algumas informações importantes apenas com esses dados.

visualizações em video analytics

Quantidade de visualizações em um vídeo específico, nos últimos 30 dias

O que eu faço com esse dado?

A partir do número de visualizações de um vídeo, você consegue medir o sucesso do seu conteúdo e tomar algumas decisões para os próximos materiais.

Por exemplo, se um vídeo específico teve um número de visualizações muito baixo em relação aos outros que você produz, talvez seja o momento de avaliar o que pode ter causado isso, para que não ocorra de novo. Foi o assunto? A forma de divulgação? O dia? O que há em comum entre os vídeos com menores visualizações que pode estar causando essa rejeição?

Inclusive, você pode analisar esse dado de uma forma temporal. Por exemplo, ver como foi o comportamento do público nos últimos dias, na última semana ou até no último mês. Um material de ‘plano de aula’, por exemplo, pode ter um pico de acessos no início de períodos letivos e uma queda em outros períodos, o que é um movimento completamente normal para o tipo de conteúdo em questão.

E claro, a mesma análise vale para vídeos de sucesso! Se o seu conteúdo deu certo, é hora de ver o que você pode implementar nos outros e tentar repetir o impacto deles.

Player Load

Esse é um dado que não há muito o que analisar sozinho, porém, ele é importantíssimo para o entendimento da taxa de conversão, que vamos ensinar em seguida.

Em resumo, a quantidade de player load diz respeito a quantas vezes o player foi carregado em uma página.

Por exemplo, se você coloca um vídeo na sua loja virtual, cada veze que a página que contém esse vídeo for carregada é contada como um Player Load. Literalmente, é cada vez que o player é carregado. Mas atenção: isso não indica o número de visualizações do vídeo! Mesmo se a página for carregada e a pessoa decidir não clicar no play, ainda é contado como um player load.

O que eu faço com esse dado?

Como já dissemos, sozinho ele pode não indicar muita coisa, mas esse dado é extremamente importante para entendermos a taxa de conversão.

Conversão

Chegamos até a taxa de conversão relacionando a quantidade de player loads com a quantidade de visualizações nos vídeos. Afirmamos que uma pessoa ‘converteu’ se ela viu o player do vídeo e, de fato, clicou no play para assisti-lo.

Ilustrando: Imagine que sua página – que possui um vídeo em embed, claro – recebeu 10 visitantes, ou seja, aconteceram 10 player loads. Se desses 10 visitantes, 5 clicaram no play, metade (50%) dos visitantes realizaram a conversão. Logo, a taxa de conversão é de 50%. É por isso que esse dado é sempre representado por meio de porcentagens.

conversao em video analytics

Taxa de conversão de um vídeo específico em 43.5%

O que eu faço com esse dado?

Esse dado é importantíssimo para responder a seguinte pergunta: Por que as pessoas estão (ou não estão) assistindo aos meus vídeos?

Se há um vídeo em uma página mas a pessoa toma a decisão de não assistir, você precisa entender porque isso está acontecendo!

Então, caso seu vídeo esteja com uma taxa de conversão muito baixa, vale repensar algumas questões, como a posição em que ele está sendo exibido na página, o título ou chamada que esse conteúdo possui, seu thumbnail –  aquela imagem miniatura que é exibida – e outros.

Todas essas questões precisam ser atrativas para fazer com que o público fique com vontade de assistir ao vídeo e saber do que se trata! E, da mesma forma, é importante analisar tanto os vídeos com baixa conversão quanto os de alta, para saber o que está e o que não está dando certo.

thumbnail para video analytics

Thumbnails de canal no YouTube

Engajamento (retenção e full views)

Aqui, chamaremos de engajamento a combinação de dois dados: retenção e full views.

retenção para video analytics

A retenção diz respeito ao tempo em que as pessoas, de fato, assistiram ao vídeo. Por exemplo, quando uma pessoa clica no play, é computada uma visualização, mas, se em um vídeo de 5 minutos, essa mesma pessoa o fecha na metade, a retenção é de apenas 50%. Quanto tempo de vídeo as pessoas estão realmente assistindo? É esse o dado que a retenção nos mostra.

retenção para video analytics

Retenção de um vídeo específico em 79.7%

Já as full views (visualizações completas) são exatamente o que o nome sugere. Indica a porcentagem de pessoas que assistiram ao vídeo até o final.

full views para video analytics

64.2% das pessoas assistiram ao vídeo até o final

E o que eu faço com esse dado?

A partir dos dados de engajamento com conteúdo, é possível descobrir como as pessoas estão consumindo seus materiais e pensar em formas de deixá-los ainda mais atrativos e interessantes.

Por exemplo, um vídeo que tem uma taxa de retenção ruim, que as pessoas não assistem mais que os primeiros momentos, deve ser repensado em uma série de aspectos, como tempo de duração, mensagem inicial, qualidade e muito mais.

A maioria das pessoas não assiste a vídeos que sejam muito grandes, portanto, às vezes vale a pena dividir seu conteúdo em mais partes ou tentar reduzir a quantidade de informações. Além do mais, investir em um começo impactante pode fazer com que as pessoas se sintam mais inclinadas a ver o vídeo por inteiro.

Faça testes, acompanhe esse dado e descubra o que funciona para sua estratégia.

Audiência – perfil e interesses

Aqui você consegue ter informações detalhadas sobre o público que consome seus vídeos, como, gênero, idade, interesses e mais. A partir disso, muito pode ser feito em seu conteúdo para gerar melhores resultados.

audiência em video analytics

Dados de audiência do canal nos últimos 30 dias

E o que eu faço com esse dado?

Por meio de uma análise do perfil geral das pessoas que estão acessando seus vídeos, você consegue produzir conteúdos cada vez mais adequados e, desse modo, atingir e engajar mais pessoas.

Além do mais, com esses dados, você pode detectar oportunidades e criar conteúdo segmentado. Por exemplo, se você percebeu que sua audiência feminina entre 15 e 25 anos cresceu muito em determinado período, porque não criar um conteúdo especial para esse público ou dar mais atenção a ele em seus vídeos? Isso pode ser o diferencial da sua estratégia!

Origem de tráfego

Analisando a origem de tráfego você consegue saber como sua audiência chegou até seus vídeos, onde essas pessoas estão (cidade, estado e país) e por meio de quais dispositivos elas estão os acessando. Isso dá muito mais controle e organização para a sua estratégia de vídeos.

origem de tráfego para video analytics

 Dados de localização e origem de tráfego de um vídeo específico

dispositivos video analytics

Dados de acesso por dispositivos

E o que eu faço com esse dado?

Se você sabe a localização das pessoas que assistem seus vídeos, porque não usar esse dado a seu favor? Além de citar as cidades em seus materiais, para que elas sintam ainda mais empatia e carinho por cada vídeo, você pode realizar ações promocionais nos locais de maior relevância, criar conteúdos específicos para suas necessidades e muito mais.

Já a partir dos dados de acesso por dispositivo, duas ações são válidas. A primeira delas está relacionada a capacidade de reprodução em cada um deles. Se um material está tendo muito acesso via mobile, por exemplo, é interessante verificar se ele está sendo reproduzido corretamente, com qualidade, e se o ambiente em que ele está sendo exibido é compatível com esse tipo de dispositivo.

A outra está relacionada ao próprio conteúdo. Pesquisas indicam, por exemplo, que vídeos exibidos no celular tem uma taxa de retenção menor, sendo que materiais mais curtos são mais populares neste dispositivo. Portanto, vale adaptar seu conteúdo e pensar em ações que tornem a experiência do usuário sempre melhor.

Por fim, através dos dados sobre a fonte dos acessos, você pode identificar quais sites ou estratégias estão atraindo mais espectadores para seu conteúdo e investir mais na divulgação deles. Você pode, do mesmo jeito, identificar os que não estão performando tão bem e pensar em ações para que isso seja revertido.

Top conteúdos

Quais foram seus conteúdos mais acessados?

De forma bem rápida, você consegue ver quais os conteúdos de seu projeto estão fazendo mais sucesso em termos de visualização no período que você definir e comparar os conteúdos entre si.

top conteudos para video analytics

Conteúdos mais acessados do canal nos últimos 30 dias

E o que eu faço com esse dado?

Na mesma lógica das visualizações, é válido analisar os conteúdos que fizeram mais sucesso e tentar identificar quais fatores foram responsáveis por ele. A duração? O conteúdo? A abordagem? Os locais em que você divulgou? Feito isso, o próximo passo é replicar nos outros materiais e ver se surte o efeito esperado.

O mesmo deve ser feito com os vídeos de menor relevância, buscando descobrir os fatores responsáveis pelo baixo desempenho, realizando mudanças no conteúdo e, então, aperfeiçoá-los sempre mais.

Novidade: Live Analytics

Já pensou ter esse tipo de informação valiosíssima também para suas transmissões ao vivo? Essa é a mais nova funcionalidade da plataforma Samba Vídeos. Agora, além de todos os analytics já mencionados nesse artigo, você pode analisar dados das transmissões ao vivo que você promover.

live analytics samba videos

Tela do analytics de transmissões ao vivo na plataforma Samba Vídeos

De forma semelhante aos dados apresentados acima, é possível ver, durante a transmissão:

  • Quantidade de usuários online no momento;
    • Você pode acompanhar em tempo real o crescimento ou queda da audiência da transmissão.
  • Picos de acesso simultâneos;
    • Te permite saber exatamente em qual momento da transmissão houve recorde de público.
  • Origem do tráfego;
  • Dados de localização dos usuários (cidade, estado e país);
  • Dispositivos utilizados para acesso (mobile ou desktop).

Dessa forma, você consegue adaptar sua estratégia imediatamente, não deixando a audiência dispersar em nenhum momento.


Viu a diferença que um bom video analytics pode fazer na sua estratégia? Mais do que apenas produzir vídeos em escala, é preciso mensurar os resultados de cada material e encontrar meios de aperfeiçoá-los cada vez mais. E se você tem esses dados disponibilizados de forma fácil, clara e intuitiva, esse trabalho se torna muito mais simples.

Faça um tour pelo Samba Vídeos e conheça uma plataforma que te oferece todos esses dados e muito mais! Quer saber mais? Só clicar aqui. 

tour samba videos para video analytics

Abraços e até a próxima.

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba. Estuda Letras na UFMG e trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários