Google Search Console: o que é e como ele te ajuda a ter mais sucesso com seu negócio.

Você já ouviu falar do Google Search Console? Uma das maiores vantagens das estratégias de marketing digital é a capacidade de estabelecer métricas, mensurar resultados e otimizar processos que, no marketing tradicional, levavam um bom tempo para serem executados.

O Google Search Console é uma das soluções que ajudam a otimizar o desempenho de produção de conteúdo de um negócio. Neste artigo vamos conhecer mais sobre a ferramenta e aprender como utilizá-la para potencializar o crescimento da sua organização. 

O que é Google Search Console?

O Google Search Console é um serviço gratuito do Google para que qualquer pessoa ou empresa que possuam uma página na internet consiga compreender como essa página é vista pelos robôs de busca. 

Caso você já tenha ouvido falar da Google Webmaster Tools e pense que os serviços oferecidos pelas plataformas são bem parecidos, não se assuste, a ferramenta teve o nome atualizado e passou a se chamar Google Search Console, afastando o pensamento de que o serviço só podia ser utilizado por webmasters

Algumas das funções do Google Search Console são: 

  • Visualização e análise dos dados de tráfego de pesquisa levando em conta até 16 meses de referência;
  • Visualização do público que acessa a página por meio dos resultados de pesquisa;
  • Detalhamento de informações sobre páginas específicas, como a cobertura de índice, URL canônico e a usabilidade em dispositivos móveis;
  • Fluxos de rastreamento para monitorar e corrigir páginas afetadas por problemas técnicos; 
  • Identificação de problemas de indexação para que seja aplicada uma correção; 
  • Identificação de sites que linkaram para a sua página; 
  • Criação de alertas que apontam aspectos a serem revisados para melhorar o desempenho da página. 

Por que o Google Search Console é importante?

O Google Search Console é uma ferramenta indispensável para pessoas e empresas que possuem blogs, sites e trabalham com estratégias de marketing digital. Isso porque o Google Search Console presta auxílio possibilitando a percepção de quais otimizações serão necessárias para que as páginas ganhem maior visibilidade e melhor rankeamento nos resultados de busca orgânica. 

É importante ressaltar que o Google sempre está preocupado em oferecer uma melhor experiência de busca e navegação para os seus usuários. Por causa de tal preocupação a empresa oferece gratuitamente ferramentas como o Search Console, afinal, ela ajudará as empresas a se posicionarem melhor otimizando suas páginas, e, ao mesmo tempo, melhorarem a experiência do usuário, permitindo que eles tenham melhores resultados em suas buscas. 

E claro, você já sabe que estratégias de otimização (SEO, por exemplo) precisam de atualizações constantes. Então, use o Google Search Console de forma constante para otimizar o seu site regularmente e manter sua página sempre no topo dos sites de busca.

Como usar o Search Console?

Chegou a hora de colocar a teoria em prática e aprender como utilizar o Google Search Console da maneira correta. O seu funcionamento é simples e, aos poucos, os usuários da plataforma começam a se familiarizar mais com o serviço e tudo fica mais fácil. De toda forma, dividimos o texto abaixo em diversos tópicos com o passo a passo para iniciar a utilização do Search Console, veja: 

1. Faça login com uma conta Google. 

O primeiro passo que te levará ao Google Search Console é o login. Antes de começar a utilizar a ferramenta é preciso que você possua uma conta no Google. Com a conta criada, basta realizar o login com ela e você já terá acesso a plataforma. 

2. Inclua uma propriedade e faça a verificação. 

A dica aqui é simples: fez o login? Então é hora de incluir o seu domínio na plataforma. Você também pode optar por incluir um prefixo do URL. 

Depois disso será preciso selecionar a maneira como o Google irá confirmar que a página é realmente de sua propriedade. Nesta etapa será possível selecionar dois diferentes métodos:

Método de verificação recomendado ou Outros métodos de verificação. 

Em Método de verificação recomendado será preciso fazer o upload de um arquivo HTML para o seu site. Gere o arquivo HTML dentro do próprio Google Search Console em seguida faça a inclusão na raiz da sua página. 

Porém, se você optar pela segunda opção, o passo a passo será diferente. Esta opção é recomendada para pessoas ou empresas que já possuam um acesso ao Google Analytics com o mesmo e-mail utilizado para logar no Google Search Console. Dentro da aba Outros métodos de verificação, basta selecionar a opção Google Analytics e seguir as instruções. 

3. Comece a utilizar. 

Depois de ter a conta verifica já será possível começar a utilizar a ferramenta. Dentro do Google Search Console será possível navegar por suas propriedades com a opção de incluir uma nova, ou excluir alguma propriedade existente. 

No menu lateral tenha acesso às funcionalidades da ferramenta para melhorar a indexação de usa página, o volume de tráfego e a qualidade dos links. 

Quais são as principais ferramentas do Google Search Console?

O Google Search Console possui diversas ferramentas que podem ser utilizadas conforme a necessidade do usuário, entre elas é possível encontrar: 

1. Visão geral.

Com relatório que apresenta informações gerais sobre o seu site ou blog. Veja na ferramenta todas as informações consideradas mais relevantes ao mergulhar fundo nos dados da sua página, como: 

  • desempenho da pesquisa; 
  • cobertura do índica;
  • usabilidade em dispositivos móveis; 
  • erros encontrados na página. 

2. Desempenho.

Visualize métricas sobre os resultados de suas páginas, além de palavras-chave específicas que se saem melhor em sua propriedade. 

3. Inspeção de URL.

Com esta ferramenta será possível verificar informações de indexação e os erros da URL buscada. 

4. Resultados de Pesquisa.

Aqui será possível fazer uma análise de cliques, CTR, impressões e posição de pesquisa levando em consideração a opção que você deseja analisar, como: 

  • palavra-chave;
  • página;
  • dispositivo;
  • localização. 

5. Discover.

Nesta ferramenta descubra o desempenho de todas as suas páginas, de forma que seja possível identificar em quais investir e em quais é necessário melhorar. 

6. Índice.

O índice faz a listagem de todas as informações de páginas indexadas assim como os erros de indexação existentes. 

7. Sitemaps.

Aqui será possível criar, organizar e em seguida analisar o mapa do seu site de forma que seja possível melhorar as principais necessidades e, assim, ajudar na rapidez de indexação das páginas. 

8. Cobertura.

Nesta ferramenta será possível visualizar o desempenho do Google ao indexar as suas páginas. Por meio desta ferramenta você pode compreender quantas e quais páginas aparecem para os usuários em suas buscas. 


Além das ferramentas já citadas, o Google Search Console apresenta outras possibilidades de ferramentas para melhorar o seu site. Por isso é importante que você crie uma conta e comece a utilizar o serviço, aprendendo a manipular as ferramentas que são mais interessantes e relevantes para o seu negócio. 

Comece já a utilizar o Google Search Console e saia na frente de diversas outras empresas concorrentes de mercado que ainda não estão com os olhos voltados à ferramenta de busca do Google. E claro, é importante conhecer ferramentas para além do Search Console, para abarcar as diferentes partes do seu negócio.

Se quiser conhecer outras ferramentas essenciais para os empreendedores digitais, você pode conferir a nossa lista clicando aqui ou na imagem abaixo!


ferramentas importantes para empreendedores digitais

Por: Débora Gomes

Produtora de conteúdo no Blog da Samba, trabalha com marketing digital com foco em atração por meio de estratégias de conteúdo e SEO.

Contribua com este post nos comentários